USP lista 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil em pesquisa #boato

Boato – USP divulgou a lista dos 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil. Pesquisa apontou que são sites anônimos e de direita.

Nos últimos tempos (mais exatamente após as eleições presidenciais dos Estados Unidos), muito tem se discutido sobre como evitar os boatos na internet. Nós, que há quase quatro anos desmentimos informações falsas que circulam na web, sabemos da importância de se discutir esse problema. Também sabemos que ele tem que ser discutido com cuidado para que não se espalhe mais desinformação.

Estudo da USP lista 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil, diz boato
Estudo da USP lista 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

A última história que tem circulado online aponta que um estudo da USP listou quais são os 10 maiores sites de notícias falsas do país. A notícia, publicada em blogs e sites, colocou no top 10 sites com ideologia de direita. Leia o texto que circula online:

Estudo da USP embasa lista dos 10 maiores sites de “falsas notícias” no Brasil

Um grupo realizou um levantamento com base em um estudo da Universidade de São Paulo (USP) para identificar os maiores sites de notícias do Brasil que disseminam informações falsas, não-checadas ou boatos pela internet.

O estudou, realizado pela Associação dos Especialistas em Políticas Públicas, utilizou os critérios do “Monitor do Debate Político no Meio Digital”, criado por pesquisadores da USP, e que é uma ferramenta que contabiliza compartilhamentos de notícias no Facebook e dá uma dimensão do alcance de notícias publicadas por sites que se prestam ao serviço de construir conteúdo político “pós-verdadeiro” para o público brasileiro.

Os produtores de “pós-verdades” mais compartilhados nas timelines dos brasileiros são os seguintes:

* Ceticismo Político, Correio do Poder, Crítica Política, Diário do Brasil, Folha do Povo, Folha Política, Gazeta Social, Implicante, JornaLivre, Pensa Brasil.

Pesquisa da USP listou 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil?

É claro que a história foi replicada a torto e a direito pela internet. Mas será mesmo que um estudo da USP apontou quais são os 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Na realidade, o que aconteceu foi um grande telefone sem fio. O que era para ser um serviço acabou se tornando um desserviço. A primeira coisa que aconteceu foi uma análise de dados do “Monitor do Debate Político no Meio Digital” (Projeto da USP) feita pela AEPPSP. Aí já temos o primeiro erro: não foi um “estudo da USP” que listou os sites. Tanto que o “Monitor” publicou a seguinte informação:

Notícia falsa sobre notícias falsas. Conforme explicado aqui. Não fomos nós que fizemos esse levantamento de 10 maiores sites de notícias falsas e a redação deste veículo de mídia não nos procurou para verificar o fato. Aparentemente alguém fez o levantamento a partir dos nossos dados e por uma falha de comunicação deu a entender que nós havíamos feito.

Para além disso, há uma distorção de metodologia. Em momento, algum o estudo da AEPPSP listou os 10 maiores sites de notícias falsas. Ele fizeram, na realidade, um guia em que colocavam como característica dos sites de notícias falsas sites que não têm assinatura. Em anexo ao guia, eles publicaram um documento com a lista de sites considerados de notícias listados no “Monitor”. E aí que surgiu mais um erro.

Alguém pegou a lista, classificada por ordem alfabética e com sites anônimos vindo primeiro, e achou que seria um ranking. Logo, a lista dos “top 10” foi divulgada. Coincidentemente, todos os sites listados eram considerados de direita. Ou seja, tudo errado (afinal, os boatos vão da esquerda à direita e passam pelo centro). Olhe o comentário da AEPPSP sobre a distorção no estudo.

Pois é, virou uma bola de neve. Fizeram um mal jornalismo, não verificaram a matéria e, ironicamente, acabaram por produzir uma notícia falsa.

Existe um ranking dos sites que mais compartilham notícias falsas?

Há muito tempo, os leitores do Boatos.org têm nos pedido uma lista dos sites que mais compartilham notícias falsas na internet. Por diversos motivos, um ranking desses não teria tanta utilidade para combater notícias falsas.

Um deles seria porque há muitos blogs que misturam notícias falsas com opiniões (que também podem gerar muita audiência). Então como classificar a audiência deles como vinda apenas de notícias falsas? Se fosse assim, teríamos que classificar o Facebook como o maior site de notícias falsas do Brasil (quiçá do mundo).

Outro ponto é que há muitas páginas que conquistam uma audiência estrondosa e depois são deletadas para dar lugar a outro site (que também conquista uma audiência estrondosa e é deletado). Ou seja, o site que mais compartilha não é, necessariamente, o site que mais tem audiência. Para além disso, não achamos por bem dar publicidade para quem cria boatos. A nossa linha editorial prevê atacar a informação errada e não quem as publica.

Mas mesmo que fizéssemos um ranking de “quais os sites de notícias falsas mais famosos do Brasil”, o melhor caminho não seria pelo “Monitor”. Apesar do site ser um ótimo serviço para mensurar circulação de notícias, a metodologia que mais se aproximaria da realidade seria o Alexa Ranking. Está curioso do resultado? Pegue todos os sites de notícias falsas que você conhece e jogue no Alexa Ranking. Você vai ver que a tal lista passa longe do ranking real.

Resumindo: não existe estudo algum da USP falando de “maiores sites de notícias falsas do Brasil”. O que existe é uma distorção de dados que levaram a uma lista aleatória de sites de política. Alguns como muita audiência. Outros, nem tanta audiência assim. Como disse o post do “Monitor”, uma notícia falsa sobre notícias falsas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão do leitor (e amigo) Matheus Lara e diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tem ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

4 comentários em “USP lista 10 maiores sites de notícias falsas do Brasil em pesquisa #boato

  • 26/07/2017 em 03:32
    Permalink

    O site boatos.org é um site coxinha…

    Resposta
  • 26/01/2017 em 17:14
    Permalink

    Até o site Implicante, citado na tal lista, caiu no boato, e repercutiu rebatendo e criticando os supostos autores.

    Resposta
  • 26/01/2017 em 09:27
    Permalink

    E o Monitor não sabe português…

    Resposta
  • 25/01/2017 em 17:27
    Permalink

    Esses são uns dos maiores problemas encontrados na leitura de notícia digital via online: a publicação falsa e/ou mal compreendida e instantaneamente disseminada e/ou a distorção proposital e publicada, a fim de audiência, tumultos e interesses “pessoais”. Isso ocorre devido a falta de civilidade e patriotismo, pois sem responsabilidade e competência se é publicado o que queira, ou seja sem antes ser filtrado e analisado por um órgão competente a veracidade dos fatos.
    Concordo com o direito livre da comunicação, porém com o dever da responsabilidade da mesma.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)