Marcelo Porto, da IBM, escreve carta para Cármen Lúcia #boato

Boato – Marcelo Porto, ex-presidente da IBM Brasil, escreve carta aberta para Cármen Lúcia criticando a corrupção e a impunidade.

Às vésperas do julgamento do habeas corpus do ex-presidente Lula, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), fez um pronunciamento à TV Justiça defendendo o “fortalecimento da democracia” e afirmou que o país “vive tempos de intolerância e de intransigência contra pessoas e instituições”.

A declaração da ministra não agradou muitos e foi um prato cheio para os críticos. Um deles seria Marcelo Porto, da IBM Brasil. Na carta, atribuída a Marcelo, há críticas ao pronunciamento de Cármen Lúcia e diz ainda que “o cidadão comum que sustenta um Estado paquidérmico e ineficaz não suporta mais o império da corrupção e da impunidade”. Leia trechos da carta:

Pessoal leiam a carta aberta do Marcelo Porto ( ex presidente da IBM Brasil para a Carmem Lucia. Carta Aberta Ilustríssima Sra. Cármen Lúcia Ministra Presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça. Prezada Ministra,

Ouvi com atenção seu pronunciamento. No exercício de minha liberdade de expressão permita-me algumas ponderações. Os tempos que vivemos não são de intransigência e intolerância, ao contrário, transigimos no cumprimento das leis e toleramos o intolerável, criminosos afrontando à sociedade. Os tempos que vivemos são de exaustão. O cidadão comum que sustenta um Estado paquidérmico e ineficaz não suporta mais o império da corrupção e da impunidade. […]

Marcelo Porto, da IBM, escreve carta para Cármen Lúcia?

A carta se espalhou como rastilho de pólvora pela internet. Mas será mesmo que Marcelo Porto, da IBM, escreveu uma carta endereçada à ministra? A resposta é não. Vamos aos fatos.

De cara, ao pesquisarmos a origem do texto, chegamos à conclusão de que o texto é verdadeiro e, de fato, a autoria pertence a Marcelo Porto. Porém, tem um detalhe: o Marcelo que estamos falando não é ex-presidente da IBM Brasil.

O primeiro e mais óbvio motivo que nos leva a crer nisso está no fato de que o próprio Marcelo se pronunciou sobre o assunto. Em sua conta no Facebook, Marcelo assumiu a autoria do texto e disse que “nunca pretendi criar nenhum inconveniente para quem quer que seja e assumo total responsabilidade pela publicação e seu teor, que é a manifestação de meu sentimento como cidadão brasileiro”. Ele também reiterou que “não é presidente da IBM” e que atua no ramo do turismo. Confira na íntegra:

A bem da verdade… Circula no whatsapp como sendo de autoria de um homônimo que é apresentado como Presidente da IBM, a carta aberta que enviei para a Ministra Carmen Lúcia, Presidente do STF.

Atuo no turismo e no mercado financeiro e nunca pretendi criar nenhum inconveniente para quem quer que seja e assumo total responsabilidade pela publicação e seu teor que é a manifestação de meu sentimento como cidadão brasileiro. 

Aproveito a oportunidade para agradecer as centenas de mensagens generosas que recebi desde então. Sigo acreditando em meu país e em seu povo ordeiro e trabalhador. Dizendo não para a impunidade, estamos construindo a História do Brasil e dias melhores certamente estão por vir

E, como se não bastasse isso, a IBM também se pronunciou sobre o caso, ao ser questionada pelo G1, a empresa informou que o executivo não é o autor da carta e que “trata-se de um homônimo do Marcelo Porto, ex-presidente da IBM Brasil e atual vice-presidente de Cloud para a IBM América Latina”.

Resumindo: a história que aponta que Marcelo Porto, da IBM, escreveu carta para Cármen Lúcia é falsa. Ou seja, tudo não passa da velha história do aumenta e inventa.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Um comentário em “Marcelo Porto, da IBM, escreve carta para Cármen Lúcia #boato

  • 04/04/2018 em 23:34
    Permalink

    É muita presunção ex Presidente IBM perder seu tempo com Política brasileira. Tem que ser muito imbecil para acreditar num boato deste.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)