Gleisi Hoffmann envia mensagem de força para Maduro no Twitter #boato

Boato – Senadora pelo Paraná e presidente do PT, Gleisi Hoffmann enviou mensagem de força a Nicolás Maduro pelo Twitter em 04/08/2017.

Apesar de a situação política no Brasil não ser das mais confortáveis (para não dizer outra coisa), a situação na Venezuela tem chamado muito mais atenção. Após a aprovação da Assembleia Constituinte, o governo de Nicolás Maduro já está sendo considerado por alguns como uma ditadura.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Em meio a tudo isso, uma mensagem tem levantado polêmica. Ela seria da senadora Gleisi Hoffmann, atual presidente do PT. De acordo com uma imagem que está sendo compartilhada pelo WhatsApp, ela teria enviado uma mensagem de força a Maduro no dia 4 de agosto de 2017 no Twitter. Leia teor (e tradução, com erros corrigidos):

Fuerza Presidenta Maduro. En 2018 estaremos governando Brasil juntos subyugando a nuestros enemigos fascistas del império norteamericano e destruiremos de vez la derecha de Venezuela y Brasil.

Força presidente Maduro. Em 2018, estaremos governando o Brasil juntos e subjugando os nossos inimigos facistas do império norte-americano e destruiremos de vez a direita da Venezuela e do Brasil.

Gleisi Hoffmann enviou mensagem de força para Maduro no Twitter?

É claro que a história chamou muita atenção. Mas será mesmo que o tuíte de Gleisi Hoffmann para o presidente venezuelano Nicolás Maduro é real? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Antes de falar da história em si, vamos fazer uma ressalva. É fato que Gleisi tem demonstrado apoio à Maduro, pelo menos até o fim de julho deste ano. O apoio da presidente do partido chegou a ser tema de editorial no El País e de reportagem falando sobre divergência dela com Lula, virtual candidato do PT em 2018.

Dito isso, temos que afirmar que o apoio e o papo de subjugar os norte-americanos e a direita e tudo mais é fruto de um tuíte falso. Nem é preciso ir muito longe para descobrir que a mensagem é falsa.

O primeiro indício está na própria página de Gleisi. Apesar de ela ter postado diversas informações no dia 4 de agosto de 2017, nenhuma das informações era sobre Maduro (muito menos em espanhol).

Claro que ela poderia ter deletado o post, certo? Errado. A própria imagem denuncia de que se trata de uma montagem. O indício mais forte (e só percebido por quem, de fato, não usa o Twitter) é a fonte (letra) da mensagem. A fonte da mensagem em espanhol é totalmente diferente da utilizada na rede social.

O segundo indício está no “translate from Portuguese” (traduzir do português), que mostra que a mensagem “antes da edição” sequer estava escrita na língua de Maduro.

Resumindo: a história que aponta que Gleisi Hoffmann escreveu uma mensagem de apoio a Maduro no Twitter é falsa. A imagem que circula online não passa de uma montagem que circula na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Gleisi Hoffmann envia mensagem de força para Maduro no Twitter #boato

  • 07/09/2017 em 18:32
    Permalink

    Esta senadora eleita apesar do seu narizinho corrupto deve ouvir o depoimento do Antonio pallocci ao Moro, quero q essa pifia caia na mao deste juiz, mas o fff…. é o foro em 2018 lembre-se elitor vote em qq um menos nessa pp……….

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)