Brigadeiro suspende voos de Gilmar Mendes em aviões da FAB #boato

Boato – Depois de ver o mapa de voos de Gilmar Mendes na FAB, o brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato suspendeu os voos do ministro do STF em aviões da Força Aérea Brasileira.

Dentre todas as figuras do meio político brasileiro, uma das que mais recebe críticas é a do ministro Gilmar Mendes, do STF. Ele consegue a proeza de não ter a simpatia de militantes pró-Lula, pró-Bolsonaro e de “neutros”. A prova disso está em vídeos que circulam na internet e mostram ele sendo hostilizado e, claro, nas fake news relacionadas a ele.

A última história que circula na internet dá conta de que o comandante da Aeronáutica, o brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato, suspendeu os voos do ministro do STF em aviões da FAB. A história circulou em perfis do Facebook que defendem a volta dos militares ao poder e blogs críticos à esquerda. Leia a mensagem que circula online:

BRIGADEIRO SUSPENDE VOOS DE GILMAR. Apresentando o mapa de voos do Jatinho da FAB, a serviço do Min. Gilmar Mendes, o Brigadeiro frisou que o Min. Gillmar usa mais o Jatinho que o Presidente da Republica, em apenas um dia o Jatinho fui e retornou a São Paulo 4 vezes, isto custou a FAB um total de R$ 84 mil reais, em apenas um dia.

Também comentou a dificuldades em atender as exigências feitas ao serviços de bordo, como água perrier e jantar do restaurante Chamas. Segundo o Brigadeiro nem o Pres.Temer faz este tipo de exigências, mas como determina a Portaria a FAB tem de atender a solicitações. https://oglobo.globo.com/brasil/FAB-quer-impedir-uso-indevido-de-avioes-da-fab-por-autoridades

Brigadeiro suspendeu voos de Gilmar Mendes em aviões da FAB?

A mensagem se espalhou muito na internet (principalmente no Facebook). Em meio a compartilhamentos (contamos algumas dezenas de milhares), as pessoas divulgavam comentários de apoio ao brigadeiro e de críticas a Gilmar Mendes. Mas será mesmo que a suspensão é real? A resposta é, por enquanto, não. Continue lendo para entender todos os detalhes.

Ao nos deparar com a mensagem e com a fonte da informação, já ficamos desconfiados de que se tratava de um boato. Os sites e perfis do Facebook que publicaram a informação são conhecidos disseminadores de fake news e o texto segue aquele roteiro básico dos boatos online: vago, alarmista e com erros de português (só faltou o pedido de compartilhamento e a falta de citação de fontes).

Ao tentar buscar mais detalhes sobre a decisão do brigadeiro, não encontramos notícia alguma que fale da suspensão de voos de Gilmar Mendes em aviões da FAB. Também não encontramos nenhuma declaração de Nivaldo Luiz Rossato sobre água Perrier ou notícias de voos recentes do ministro em aviões da FAB (a última é de janeiro, após ele ser hostilizado em um voo comercial).

Até o link que consta em uma das versões do boato nada mais é do que um link de uma notícia antiga do O Globo com a URL modificada. Originalmente, a matéria falava (de dezembro do ano passado) falava sobre o MPF investigar o uso indevido de aviões da FAB por ministros do governo Temer. A matéria não citava o nome de Gilmar Mendes.

Resumindo: a história que aponta que o brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato suspendeu voos do ministro Gilmar Mendes na FAB é falsa. Surgiu em sites e perfis que disseminam fake news, não há nenhuma notícia que ateste o fato e tem até um link do O Globo adulterado para enganar as pessoas. Notícia falsa.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)