Ministro da Justiça defende internet gratuita em presídios, diz boato

By | 04/08/2015

Boato – Eduardo Cardozo quer aprovar plano de internet wi-fi para detentos nas prisões brasileiras.

Já desmentimos bastante bobeira, isso é indiscutível. De boatos absurdos a engraçados, dos muito sérios aos mais inusitados, aqui no site já vimos de tudo um pouco. Quem leu histórias de vida em marte, tubarão sem dentes, mulher centenária desenterrada viva e até chupa-cabra que o diga.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Mentira: Eduardo Cardozo quer instalar internet wifi nas cadeias. Foto: Fabio Pozzebom/Agencia Câmara

Mentira: Eduardo Cardozo quer instalar internet wi-fi nas cadeias. Foto: Fabio Pozzebom/Agencia Câmara

O que também tem prevalecido (infelizmente) é a insistência das pessoas em acreditar em fontes que assumidamente são falsas e que, aliás, desmentimos aqui com frequência. É o caso dessa nova história espalhada na web no final de junho, agora ressuscitada por alguns blogs.

Segundo está se espalhando na internet, o Ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, defendeu abertamente a necessidade de se oferecer planos de internet gratuitos nos presídios federais brasileiros. Cardozo teria apresentado essa proposta ao Congresso, em defesa de uma sociedade mais igualitária.

Confira os trechos:

‘Brasília – O Ministro da Justiça, o excelentíssimo sr. Eduardo Cardozo, levou ao congresso uma sugestão de medida um tanto quanto controversa.

Segundo ele, para diminuir a desigualdade social em sua completa amplitude, ele sugeriu um plano de expansão de serviços de internet gratuita em todos os presídios do Brasil.

“Existem muitos pequenos empresários do tráfico e de outros ramos que se encontram impedidos de continuar tocando seus pequenos empreendimentos em virtude dessa condição de enclausuramento. Essa medida visa permitir que detentos facilitem suas comunicações com familiares, advogados, demais envolvidos no crime, ops, colaboradores, para que as famílias desses indivíduos não se vejam desamparadas financeiramente, de súbito”, diz o Ministro.

A proposta diz ainda que cada presidiário deve ter direito a um plano de internet de download ilimitado e que seja compatível com redes 3G ou 4G, pois nos presídios não é permitido acesso a computadores.

[…]’

Além das afirmações ridículas a pouco dispostas, as falas supostamente proferidas pelo ministro ainda defendiam o uso de Skype, realização de videoconferências e Whatsapp. Embora a ironia utilizada nesse desmentido até o momento seja válida por si só, vamos afirmar com todas as letras: tudo isso é mentira.

Mais uma vez propagada pelo blog de Joselito Muller, a história foi replicada em outros sites como verdadeira, rendendo comentários e compartilhamentos. Um exemplo preocupante da quantidade de pessoas que ainda não procuram se informar minimante antes de repassar conteúdo online.

Eduardo Cardozo nunca disse nada do tipo nem sugeriu algo semelhante ao Congresso. Como sabemos? Graças aquela velha máxima infalível – se for inusitado (ou absurdo) a imprensa divulga. E claro que nenhum veículo de renome falou da história impressionante de um ministro da justiça que sugere internet nas cadeias.

Como também já mencionamos que boatos podem ser versões distorcidas de algo real, essa história provavelmente surgiu das declarações feitas por Cardozo em junho sobre o sistema carcerário no Brasil. Em fala aberta ao Congresso, o ministro se posicionou contra a emblemática questão da maioridade penal, e foi o suficiente para destrambelharem tudo.

No fim, não pensem que nos dá gosto ter que desmentir outra vez algo que é notadamente boato. Isso deixa, na verdade, uma sensação ruim de que para cada passo à frente (em direção à conscientização sobre histórias falsas na internet) damos dois para trás.

2 thoughts on “Ministro da Justiça defende internet gratuita em presídios, diz boato

  1. Walterson

    Pode até ser que o advogado de madame não tenha falado mas existe um projeto do partido dele neste sentido.

    Reply
  2. antonio

    ja está preparando a casa nova a qual irá em breve pra pelo menos ter internet. inteligente né.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *