Foto de Dilma Rousseff com fuzil é montagem

Autor | 16/10/2013
Montagem mostra Dilma posando com fuzil do exército

Montagem mostra Dilma posando com fuzil do exército

Boato – Foto antiga mostra a presidente Dilma Rousseff posando com um fuzil. Imagem seria do tempo em que ela era uma “guerrilheira”.

Esse boato surgiu na internet em 2010 (na época das eleições presidenciais), mas periodicamente volta a circular na rede. Junto a uma mensagem, que você poderá ler logo abaixo, aparece uma foto da presidente Dilma Rousseff posando com um fuzil. Leia mensagem:

UM DOS RETRATOS QUE O PT TENTA ESCONDER, não quer que apareça de forma alguma…

Curta o Boatos.org nas redes sociais e se livre de boatos

DILMA JOVEM JÁ ASSASSINA E TERRORISTA

ATRÁS DELA, ENCOSTADO NA PAREDE…UM FUZIL AUTOMATICO LEVE ( FAL – CALIBRE 7.62 ) ROUBADO DO EXERCITO BRASILEIRO!!! ENFIM, A MÃE DO POVO, COMO DESEJA SER CHAMADA,

NÃO POSA COM CRIANÇAS, NEM COM O MARIDO, COM OS PAIS, OU COM UM VIOLÃO.

Temos que passar para o máximo de pessoas que conhecemos, inclusive mostrar essa foto para aqueles que não acreditam que ela é assim.”

Pelo tom do texto já dá para imaginar que se trata de um boato. O texto não cita fontes, tem expressões exageradas, erros de português e muitas letras maiúsculas. Para além disso, há algumas informações que não batem.

Imagem original é do tempo em que Dilma era secretária da Fazenda em Porto Alegre

Imagem original é do tempo em que Dilma era secretária da Fazenda em Porto Alegre

A primeira delas é em relação à época que a foto foi tirada. Na época da imagem, Dilma já havia entrado para o mundo da política. De acordo com essa matéria do UOL, a foto é do tempo em que Dilma era secretária municipal da Fazenda em Porto Alegre. A imagem é do período em que o governador do Rio Grande do Sul era Alceu Collares. Isso aconteceu entre 1986 e (1986) 1989.

Se você clicou no link, pode perceber que a arma não está na imagem. Isso faz a gente chegar à suspeita de que pode ser uma montagem. Se olharmos com atenção para a imagem da presidente com o fuzil, chegamos à certeza de que é montagem mesmo. Note que o fuzil não tem a mesma tonalidade da imagem (que é mais opaca). Com isso, não há mais nada a dizer para além de que é mais um boato político na internet.

6 thoughts on “Foto de Dilma Rousseff com fuzil é montagem

  1. Pingback: Foto falsa mostra Dilma, Pablo Escobar e Cristina Kirchner

  2. gildo

    Amigo!

    Para sua informaçao Alceu Collares foi governador do Rio Grande do Sul entre 1991 e 1995. Vc está mal informado e tem um viés pró-Dilma, mas convenhamos, mesmo que tivesse sido em 1986, coisa que não é, as fotos em preto e branco????Convenhamos…

    Reply
    1. Jaqueline Silveira

      Olá Gildo! Exatamente, eu também venho pesquisando sobre o tema e sobre essa foto. E concordo quando você diz que o escritor deste blog está mal informado e possivelmente um viés pró-dilma, pró-terrorista que usou de quatro nomes falsos para praticar crimes, aqui estão segundo a própria terrorista: “Meu nome é Dilma Vana Rousseff.
      Mas também podem me chamar de Estela, Wanda, Luíza e Patrícia”.
      Fonte: Lembrar é preciso: Vanguarda Armada Revolucionária-Palmares
      Escrito por Félix Maier | 23 Abril 2014
      Artigos – Terrorismo
      http://www.midiasemmascara.org/artigos/terrorismo/15143-2014-04-23-19-25-20.html

      Reply
      1. Ricardo

        Realmente há um erro ao dizer que a gestão do Alceu Collares era de governador, mas a função dela está certa e a gestão era do Alceu, porém como PREFEITO de Porto Alegre (por isso a função dela é citada corretamente: Secretária MUNICIPAL). Ele foi governador entre 1991 e 1995, mas foi prefeito de Porto Alegre entre 1986 e 1989. A foto é de 10/10/1988 e pode ser encontrada facilmente e, obviamente, sem o fuzil.
        Não acho estranho ser p&b, afinal é uma técnica usada até hj e, naqueles tempos, era bem normal fotos p&b para serem publicadas em jornal (quem tirou a foto foi Olderige Zardo para a agência RBS que possuía TV, rádio e JORNAL).
        Também não vi um “viés pró-Dilma”. Acho que o blog cometeu uns deslizes nas informações, mas passou o que era de se esperar: a imagem é falsa, portanto boato de internet (ou hoax) e uso criminoso, como muitos outros casos de imagens manipuladas, informações inverídicas e deturpações da verdade.
        Por fim, pior é ler alguém que diz que “estuda” o caso chamá-la de terrorista e o escambau. Jaqueline, se vc realmente estudasse saberia diferenciar o que é terrorismo do que é DEFESA da democracia contra um ESTADO terrorista. E ela usou mais nomes falsos do que estes (mais uma mostra que vc NÃO estudou nada, vc coleta as informações que quer, usa as mentiras veiculadas pela internet e só p/ firmar um pensamento SEU e defender um momento negro na história do país). Isso seria normal se vc lembrar que ela era perseguida pela Ditadura e pelos verdadeiros terroristas, portanto somente um idiota usaria seu nome verdadeiro qdo viviamos um estado de vigília e várias pessoas caguetavam os defensores da democracia.
        Espero que um dia vc realmente estude este período p/ ver o quão nebuloso e sanguinário foi, em vez de sair disseminando bobagens de uma direita defensora de intervenção militar.
        PS.: repare, se conseguir entender isso, que estou me atendo ao período da Ditadura e a foto, além do texto do blog. Não estou defendendo Dilma ou “Maria” qto aos governos atuais. Esta questão é outro mérito que não importa neste assunto específico do blog e que vc levantou.

        Reply
  3. milton

    Entre as análises, o fuzil ao lado da Dilma (Fuzil Automático Leve 7,62mm) é moderno e data do início da década de 1980.

    Reply
  4. Christiano

    Tem um erro no trecho ao lado da foto original, que diz: “A imagem é do período em que o governador do Rio Grande do Sul era Alceu Collares. Isso aconteceu entre 1986 e 1986.” O segundo ano (do final do governo de Alceu Collares) está errado.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *