Aquífero Guarani será privatizado pelo governo Temer #boato

By | 16/09/2016

Boato – Michel Temer inclui o Aquífero Guarani na lista de bens públicos privatizáveis. Coca-cola e Nestlé estão na disputa.

O cenário político do país é um dos assuntos que mais tem dominado a internet. E como não poderia ser diferente, diversos boatos relacionados às ações do governo Temer têm aparecido na web.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

temer

Governo Temer privatiza a reserva Aquífera Guarani, diz boato

A última dá conta que Michel Temer incluiu o Aquífero Guarani na lista de bens públicos privatizáveis. E mais: a Coca-Cola e a Nestlé já estão na disputa. Leia o que diz o texto:

Privatização do Aquífero Guarani, nossa reserva de água será da Coca-Cola ou Nestlé.

Este é mais um crime do governo de Michel Temer. Vamos aceitar? A sanha privatista do governo instalado após o golpe de Estado, em curso, atinge um dos segmentos mais estratégicos para o crescimento do país, segundo revelou um alto funcionário da Agência Nacional de Águas (ANA), em condição de anonimato, à reportagem do Correio do Brasil, na manhã desta segunda-feira, dia 5 de setembro. O Aquífero Guarani, reserva de água doce com mais de 1,2 milhão de km², deverá constar na lista de bens públicos privatizáveis, à exemplo das reservas de petróleo no pré-sal e da estatal federal de energia, Eletrobras.

O governo do presidente de facto, Michel Temer, advertido para o efeito extremamente negativo da medida, caso venha a ser adotada, resolveu adiar para o dia 12 de setembro a primeira reunião do conselho do Programa de Parceria e Investimentos (PPI), na qual serão definidas as primeiras concessões e privatizações do governo, acrescentou a fonte. As negociações com os principais conglomerados transnacionais do setor, entre elas a Nestlé e a Coca-Cola, seguem “a passos largos” […]

Aquífero Guarani será privatizado pelo governo Temer?

Depois da história do presidente da Nestlé querer privatizar a água começou a aparecer na web que o Aquífero Guarani seria privatizado pelo governo Temer. Mas, na verdade, o que existe é uma confusão entre dois planos de Temer, com um bônus da história da privatização da água pela Nestlé. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

A título de curiosidade, o Aquífero Guarani é uma reserva subterrânea de água doce (a maior do mundo). A reserva abrange partes dos territórios do Uruguai, Argentina, Paraguai e, principalmente, o Brasil, ocupando 1,2 milhões de quilômetros quadrados.

Na terça-feira (13), o governo Temer anunciou o Projeto Crescer e o Programa de Parceria de Investimentos (PPI). Ambos pretendem reformular o modelo de concessões no país, além de impulsionar investimentos.

O pacote de concessões e privatizações proposto pelo governo, inclui 34 projetos nas áreas de energia, aeroportos, rodovias, portos, ferrovias e mineração.

Mas, vamos à raiz do problema e ver de onde saiu essa história do Aquífero. A matéria do “Correio do Brasil” estava citando que o Aquífero estaria no meio da lista. Mas, não foi bem isso que aconteceu. Confira a lista de projetos:

  • Aeroportos: Porto Alegre, Salvador, Florianópolis, Fortaleza.
  • Terminais de carga: Portos de Santarém (combustíveis) e Rio de Janeiro (trigo).
  • Rodovias: Trecho BR-364/365 (entre Goiás e Minas Gerais) e Trecho BR-101/116/290/386 (Rio Grande do Sul).
  • Ferrovias: Norte-Sul, Ferrofrão, Fiol (Ferrovia de Integração Oeste-Leste).
  • Hidrelétricas: São Simão (na divisa entre Minas Gerais e Goiás), Miranda (Minas Gerais), Volta Grande (São Paulo), Peri (Santa Catarina), Agrografo (Santa Catarina).
  • Distribuidoras antes administradas pela Eletrobras em: Roraima, Acre, Goiás, Amazonas, Rondônia, Piauí e Alagoas.
  • Leilão de áreas para exploração de óleo e gás:

4ª rodada de licitação de campos marginais de petróleo e gás: edital no 2º semestre de 2016, leilão no 1º semestre de 2017.

14ª rodada de licitações de blocos de petróleo e gás sob o regime de concessão: edital no 1º semestre de 2017, leilão no 2º semestre de 2017.

2ª rodada de licitação do pré-sal sob o regime de partilha: edital no 1º semestre de 2017, leilão no 2º semestre de 2017.

  • Empresas de Água e Esgoto: Rondônia, Pará e Rio de Janeiro.
  • Mineração: Fosfato (entre Paraíba e Pernambuco), Cobre, chumbo e zinco (Tocantins), Carvão de candiota (Rio Grande do Sul) e Cobre (Goiás).
  • Loterias: Lotex

Pois bem. Até ai nada de Aquífero Guarani. Vale lembrar que boa parte das concessões já estava prevista no Programa de Investimento em Logística (PIL), anunciada em 2015, durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Entre elas, os quatro aeroportos, os dois trechos de rodovias e os dois terminais portuários.

Para, além disso, saiba que existe um projeto de acordo de gestão técnica entre países em que o Aquífero Guarani está. Argentina e Uruguai já aprovaram. No Brasil, o projeto já está quase aprovado. Além disso, a Agência Nacional de Águas (ANA) explicou que seria preciso uma emenda à Constituição para realizar qualquer cessão da água para empresas. Se você tem dúvida, pode conferir aqui.

Sendo assim, podemos afirmar que o Aquífero Guarani não será privatizado pelo governo Temer. Tudo não passa de mais um desses boatos que circulam pela internet.

15 thoughts on “Aquífero Guarani será privatizado pelo governo Temer #boato

  1. marzha navarro

    Se nao é verdade VAI SER. CUIDEMOS. Mas o ACUIFERO É TAMBEM PARAGUAYO URUGUAYO E BOLIVIANO. OK?

    Reply
  2. Diego Azambuja Gonchoroski

    Ja esta privatizado, a antiga fonte ijui, atualmente Agua Mineral Cristal tira agua em Ijui no RS, Ijui esta quase no centro do aquifero guarani, a agua que voces compram ja foi privatizada a tempos!!!

    Reply
  3. Bruna Meneses

    Essa notícia em favor do Temer é errônea, já que o Alter do Chão cerca de 2 x maior que o Guarani, vamos conhecer os fatos antes de falar.

    Reply
  4. Sergio Mota

    Pode ser boato sim mas a água mineral da Coca Cola com o nome Cristal é tirada do aquífero por um negócio feito de quem já explora esse aquífero no noroeste gaúcho não lembro da marca mas parece que é a Sarandi. É só ler o rótulo que ali está de onde vem a água.

    Reply
  5. joelson

    Tudo que ele está fazendo contra o povo brasileiro, eram só boatos até pouco tempo, como a entrega do pre-sal, retirada de direitos etc, Ele, assim como os cúmplices dele, e aqueles que o apoiam, Ele não é o cabeça dessa organização criminosa, mas só o testa de ferro dos piores tipos de marginais que já existiu, são traidores do Brasil e do povo, são os piores vermes, mas vai chegar o tempo de perceberem o que são.

    Reply
  6. Apenas um brasileiro.

    Lembro de ter ouvido algo semelhante, na época do FHC, sobre as reservas de São Lourenço/MG.

    Alguém disse que era boato.

    Pois bem, hoje quem é a própria daquelas resevas?
    Aquela empresa do leite em pó com um desenho de um ninho.

    Naquela época, inclusive, houve a privatização sem a autorização do Departamento Nacional de Propriedade Mineral (DNPM). Aos leigos de plantão, vale lembrar que a água é considerada mineral.

    Assim como agora, foi tanto boato, que o Ministério Público de MG entrou em uma luta sem fim para rafazer a cagada, que na época não passou de um boato.

    Sugiro aos ilustres senhores do boatos.org que criem um site paralelo: boatos que deixaram de ser boatos.org

    Obrigado

    Que Deus nos proteja e tenha piedade de nós.

    Reply
  7. Ingrid Mariana

    Responderam a denúncia depois de quase um mês? Bonito, hein? No dia 31 de agosto foi publicada uma notícia no site da sociedade brasileira de geofísica alertando sobre os interesses que rondam o controle da água, especialmente quanto à desinformação geral de leis e tratados que tramitam no parlamento sobre essa questão. Essa denúncia partiu de um funcionário da ANA (Agência Nacional de Águas) e não é de hoje que existem negociações nesse sentido. Agora, um governo desse é credibilidade zero mesmo: um dia anuncia uma medida, no dia seguinte diz que não vai fazer ou que se expressou mal.

    Quanto à constituição, constituição não vem ao caso em um país que já cassou direitos fundamentais recriando inclusive as malfadadas prisões para averiguação. Ou não foram prisões para averiguação os casos dos 21 jovens detidos em 4 de setembro em São Paulo? E as ações de infiltração do exército em movimentos sociais? Sem uma autorização judicial não são violações flagrantes da constituição? Constituição é um mero detalhe… Violações do princípio do juiz natural,então? Falta culhões nesses advogados chicaneiros pra denunciar o que está acontecendo ou é só medo de represálias mesmo

    Ignorar uma denúncia importante como essa é simplesmente impedir o debate público sobre os riscos que acordos econômicos aprovados na calada da noite trazem para população… Triste ver uma denúncia séria como essa ser relativizada simplesmente por um recuo estratégico de um governo que já se mostrou mais do que disposto a entregar setores essenciais da economia para a iniciativa privada

    Reply
  8. Guto

    O Roberto Requiao passou a noticia para frente, claro, para esses ai, a mentira é um estilo de vida… o cara foi ate defender Nicolas Maduro la na venezuela… ladraozinho!

    kkkkk, mas a proposito, aposto que a Nestle ou Coca Cola, fariam uma gestao muito melhor que esses governos lixos…

    Reply
    1. Jorge Voss

      Pra começar o Guarani não é o maio aquífero do mundo. São tão mal informado quanto os boatos que tentam elucidar. Na minha região a Nestlé já está extraindo água do Aquífero guarani, onde no começo era só um boato, que a unidade daqui ia somente processar pasta nase de leite.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *