1000 boatos desmentidos, muito obrigado!

O Boatos.org chega ao milésimo texto. É hora de fazer um balanço desses dois anos e dois meses de caças às mentiras online.

Olá ilustres leitores do Boatos.org. Eu sou Edgard Matsuki e escrevo este texto para agradecer e pedir desculpas a vocês. Desculpas porque ainda não chegamos a mil boatos desmentidos (como diz o título). Nesse tempo, postamos alguns desmentidos repetidos e alguns artigos de opinião como esse. Mas como esse é o milésimo texto, achamos por bem contar como o “milésimo boato”.

Muito obrigado por nos ajudar a chegar no milésimo post
Muito obrigado por nos ajudar a chegar no milésimo post

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Vamos ao que é importante: MUITO OBRIGADO. Quando registrei o domínio Boatos.org em 18 de junho de 2013 não imaginei que chegaria ao milésimo texto em tão pouco tempo. E só estamos aqui escrevendo o milésimo texto por sua causa. Se não tivéssemos descoberto que havia tanta necessidade de se desmentir balelas, não teríamos escrito tanto.

Além dos mil posts, o Boatos.org contou com 6 milhões de visitas e 11 milhões de visualizações de páginas. Desses 6 milhões, 7 mil deixaram comentários (alguns deles foram elogios que “salvaram meus dias”). Com exceção de spans e comentários ofensivos a outros usuários, nunca censuramos ninguém.

Nas redes sociais também só temos que agradecer. Apesar de termos seguidores no Twitter (uns 600) e no Google Plus (100), o nosso forte é no Facebook. Na rede social que mais ajuda na difusão de boatos, estamos com 30 mil seguidores. Ainda queremos expandir para o WhatsApp, mas não sabemos como podemos fazer isso exatamente. Quem tiver alguma dica, nos conte.

Mais do que números, posso falar como editor do Boatos.org que esse trabalho de traz felicidade. O que eu ganho com o blog (dinheiro vindo desses banners feios que sujam o layout) é bem menos do que eu ganho no meu trabalho (sou editor da EBC, para quem não sabe) e menos do que poderia ganhar com minhas reportagens como colaborador do UOL. Ao contrário do que alguns amigos pensam, o Boatos.org não me deixou rico.

Mas grana não é questão. Não tenho dúvidas em dizer que o Boatos.org me dá muito mais satisfação que as minhas outras atividades jornalísticas (que são bem interessantes de se fazer por sinal). Todo caminho que percorremos para encontrar uma mentira e o momento em que falamos “te peguei, mentiroso” e desmascaramos uma farsa é único. Quando um artigo nosso bomba, é uma felicidade.

Por isso que estamos aqui para agradecer um bocado de gente. Primeiro, a Hellen Bizerra. Sem dúvida, a minha parceira de desmentir boatos já pegou gosto pela coisa.

Depois, a todos que escreveram já pelo Boatos.org. Em fevereiro de 2014, convoquei uma equipe de colaboradores. Não dei conta de manter e administrar a equipe (até porque muitos eram estudantes, se formaram e tomaram o seus rumos). Mas sem dúvida, são muito importantes na história dessa página.

Quero agradecer a super equipe do Brasil Post, principalmente ao Diego Iraheta e a Luciana Sarmento. Para quem não sabe, duas vezes por semana nossos textos vão para o BP. Na administração do Boatos.org, quase consegui fechar muitas parcerias. Por vários motivos não iam para a frente. Só com o Brasil Post deu certo.

Quero agradecer ainda aos colegas jornalistas que fizeram matérias sobre o Boatos.org e deram força para a página, ao meu concorrente e parceiro de desmentidos Gilmar Lopes (do E-farsas) e a minha família, com uma menção especial à minha paciente namorada Adrielle, que cede um pouco do nosso precioso tempo para que eu cace boatos.

Por fim, vou agradecer muito a você que está lendo esse texto. Como disse antes, o Boatos.org nunca chegaria aqui se você não achasse importante o que a gente faz. E pode ter certeza que muito mais queremos fazer para deixar essa página mais legal e útil. E sim, ainda queremos deixar a internet um lugar melhor para se viver.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

3 comentários em “1000 boatos desmentidos, muito obrigado!

  • 03/01/2016 em 19:20
    Permalink

    Adoro esse site parabens meus amores voces sao execelentes editores obrigado por esclarecerem tantas mentiras que esses mentirosos mendigos de likes inventam

    Resposta
  • 25/08/2015 em 23:44
    Permalink

    Parabéns, galera!!! Vocês estão fazendo um excelente trabalho!!!

    Resposta
  • 21/08/2015 em 13:04
    Permalink

    Fantástico! Perdi a conta pra quantos contatos já divulguei.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)