Secretário-geral da ONU ameaça o Brasil com sanções por causa de Lula #boato

Boato – Depois da condenação de Lula e apreensão do seu passaporte, António Guterres, secretário-geral da ONU, ameaçou o Brasil com sanções.

A condenação no TRF-4 não foi a única derrota de Lula nesta semana. Um dia depois do veredicto dos desembargadores de Porto Alegre, a Justiça Federal do Distrito Federal determinou que o passaporte do ex-presidente fosse apreendido e ele foi impedido de viajar para a Etiópia, onde participaria de uma palestra.

Em meio a isso, uma suposta declaração do Secretário-Geral da ONU começou a viralizar na internet. De acordo com postagem publicada no Facebook e replicada por pessoas de direita e de esquerda, António Guterres teria “ameaçado o Brasil de sanções” caso o passaporte de Lula não fosse devolvido. Leia a mensagem que circula online:

SECRETARIO GERAL DA ONU AMEAÇA O BRASIL Após decisão de apreensão do passaporte de Lula,António Guterres Presidente da ONU classificou como Ato Ditatorial, a retenção de um passaport de um líder mundial. António Guterres ameaçou o Brasil com sanções caso o passaport de Lula não seja devolvido.

Secretário-geral da ONU ameaçou o Brasil com sanções por causa de Lula?

Como dito antes, pessoas de direita e de esquerda compartilharam a informação. Enquanto uns falaram das manifestações internacionais perante o “golpe”, outro falavam da ameaça do “comunismo” ao Brasil. Porém, há um pequeno detalhe: a história é falsa. Vamos aos fatos.

Para começar, fomos procurar de onde saiu a informação. Tentamos procurar qualquer informação de notícias sobre a declaração de António Guterres (que está no cargo desde 1º de janeiro deste substituindo o sul-coreano Ban Ki-moon) e não encontramos nada.

Descobrimos que a história surgiu no Facebook. Um detalhe: o perfil que publicou a história é o mesmo que já lançou diversos boatos desmentidos por aqui. Temos exemplos: o que falava que Dona Marisa Letícia estaria viva na Itália e de que a Interpol teria encontrado baús de dinheiro brasileiro para “comunistas”.

Junte isso ao fato de que o texto está cheio de erros. Para começar, António Guterres não é “presidente da ONU”. Como dito antes, ele é secretário-geral. Além disso, a palavra passaporte está descrita como “passaport”. Ou seja, não dá para levar a sério essa fonte.

Procuramos por alguma declaração de entidades ligadas à ONU e o máximo que achamos foi uma fala oficial de Enrique Yeves, diretor de comunicação da FAO, (que organiza o evento para o qual Lula foi convidado) lamentando a ausência do ex-presidente. Mesmo na fala de Yeves não tem nada sobre sanções para o Brasil caso o passaporte (ou passaporte) de Lula não seja devolvido.  Leia:

Lamentamos que @LulapeloBrasil não possa compartilhar pessoalmente seu conhecimento e valiosa experiência na luta contra #fome na Cúpula da @_AfricanUnion na #Etiópia O evento deste sábado com chefes @ONU @AU e outras é grande oportunidade para falar do progresso #fome na Africa.

Resumindo: a história que aponta que o secretário-geral da ONU ameaçou o Brasil de sanções por causa da apreensão do passaporte de Lula é falsa. Surgiu em um perfil do Facebook que divulga “fake news” e tem diversos erros de informação. Boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Secretário-geral da ONU ameaça o Brasil com sanções por causa de Lula #boato

  • 28/01/2018 em 16:29
    Permalink

    Parabéns pelo trabalho!!! De qualidade e ágil – como se exige nos tempos que, literalmente, correm…

    Resposta
  • 27/01/2018 em 23:41
    Permalink

    Sobre essa materia,o secretário da ONU não tem tempo pra conversa fiada, e tem mais o que fazer!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)