Estadão, IG e outros portais usam print de perfil falso em matéria sobre ameaça do Estado Islâmico

O print que fala que o Brasil é “um país de merda” vem de um Twitter falso de Maxime Hauchard. Estadão, O Dia, IG e outros sites de notícias utilizaram a foto falsa.

O Brasil entrou num rebuliço quando a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) divulgou a informação de que um integrante do Estado Islâmico teria ameaça o Brasil. Toda a mídia deu a informação. Porém, muitos cometeram um erro crasso: usaram a mensagem errada para ilustrar a informação.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Sim. No meio de toda a história da ameaça (que realmente aconteceu), há um erro de informação. De acordo com a Abin, ouvida pela reportagem do Boatos.org, o perfil verdadeiro não chama o Brasil de “país de m…”.  Olha quantos sites usaram o print:

Porém, ele não chamou o Brasil de país de m… O perfil usado na matéria é de um fake @maximehauchard_. O verdadeiro (e confirmado pela Abin por telefone) era o @maxime_hauchard, que “só” ameaçou o Brasil. O relato do perfil certo está nesta matéria. 

Mais tarde teremos uma matéria completa com outras informações erradas da história.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Estadão, IG e outros portais usam print de perfil falso em matéria sobre ameaça do Estado Islâmico

  • 16/04/2016 em 17:56
    Permalink

    A diferença está no exercício do jornalismo. Para um leitor médio, pode não ser nada. Mas são esses pequenos exemplos que demonstram o “esforço” da produção atual na apuração da notícia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)