França mata crianças inocentes na Síria igual ao Estado Islâmico, diz hoax

Boato – Fotos chocantes mostram que França respondeu ao Estado Islâmico atacando a Síria e matando mais de uma centena de crianças e inocentes.

Quase uma semana após os ataques em Paris, o assunto continua gerando polêmica na internet. Depois da solidariedade de alguns e revolta de outras pessoas com a ação de mudar as cores da foto do perfil, mais uma história envolvendo a França começou a circular na internet.

França matou inocentes, diz boato
França matou inocentes, diz boato

Um texto publicado no site de conteúdo colaborativo “Blasting News” aponta que a França matou centenas de inocentes no primeiro ataque à Síria após os atentados em Paris. Paralelamente a isso, fotos de crianças mortas começaram a circular na internet como sendo referentes aos ataques franceses no Oriente Médio. Confira algumas dessas imagens e textos:

(Do Facebook) Essa é a VINGANÇA DE PARIS !

Sim, esse ataque terrorista foi causado por aquele país da bandeira azul branca e vermelha que vc colocou na fotinha do seu perfil. Ontem os franceses mataram mais de 210 na Síria, oq a mídia diz pra vc ? Nada apenas um SILÊNCIO.

(Do Blasting News) IGUAL AO ESTADO ISLÂMICO: FRANÇA RESPONDE E MATA DEZENAS DE INOCENTES E CRIANÇAS INDEFESAS Em uma série de 20 bombardeios, a França matou mais de uma centena de pessoas na Síria, incluindo inocentes e crianças.

Em um dos assuntos virais nesse momento nas redes sociais, o bombardeamento realizado por França ontem, dia 15 de novembro, às instalações do Estado Islâmico na Síria teria matado muitos inocentes civis, incluindo crianças, que morreram com as bombas. Segundo informa a imprensa internacional, os 20 mísseis lançados ontem pelos militares franceses mataram pelo menos 130 pessoas, número muito parecido à quantidade de vítimas confirmadas no massacre em Paris na passada sexta-feira, realizado pelo Estado Islâmico. Em uma verdadeira guerra, milhões de pessoas temem que esses ataques podem ser o início de uma guerra sangrenta.

Pois bem. Será que é mesmo verdade que a França matou dezenas de crianças inocentes na Síria? Vamos aos fatos. Primeiramente, realmente houve o bombardeio descrito nos textos. Ele aconteceu na cidade de Raqqa (reduto do Estado Islâmico). Porém, fontes oficiais apontam que não houve civis mortos nos ataques. Essas matérias do Daily Mail e da CNN apontam para isso.

Ok. Mas aí você pode falar: “A mídia está escondendo. Há até fotos dos mortos pela França na Síria”. Bem, se os fatos forem baseados nas imagens aí estamos mais perto ainda de um boato.

A foto do pai carregando o filho morto nos braços foi tirada no enterro do menino Aylan Kurdi, que morreu afogado ao tentar chegar na Turquia ao tentar chegar à Grécia e teve a foto divulgada no mundo todo.

As fotos de dezenas de crianças mortas circulam na internet desde 2013 e tem como descrição crianças que morreram em confrontos no Oriente Médio (Síria, Faixa de Gaza etc). A gente se reservou ao direito de não as mostrar aqui porque são realmente horríveis. Se você ainda insiste em procurar pelas fotos, busque por “Syrian Children Killed” no Google Imagens e verá o resultado.

Resumindo: não há provas que civis morreram no ataque à Síria e as fotos que estão circulando na internet são falsas. Por enquanto, a França não se vingou do Estado Islâmico matando inocentes. Esperamos que isso continue sendo apenas um boato.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “França mata crianças inocentes na Síria igual ao Estado Islâmico, diz hoax

  • 19/11/2015 em 17:14
    Permalink

    VEJA AOS VIDEOS ONDE MOSTRA AS CIDADES SENDO BOMBARDEADAS… VEJA ALEM DAS FOTOS DEPOIMENTOS DOS SIRIOS E FAMILIARES… VC JÁ FOI Á SÍRIA? COM BASE EM QUE VC AFIRMA QUE OS ATAQUES A FRANÇA NO MATARAM INOCENTES?

    O TERRORISMO DEVERIA SER COMBATIDO POR TERRA E NÃO ATAQUES AÉREOS…

    SÓ ACHO.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)