Brasileiro que vendia pão de queijo nos EUA é denunciado por brasileiros #boato

Boato – Um brasileiro que vendia pão de queijo nos EUA foi denunciado por conterrâneos. Porém, o final foi incrível.

Em Portugal, há um tipo de notícia falsa muito recorrente nos blogs da “terrinha”. No título (que é o que normalmente roda em redes sociais), há uma historinha e, no final, um adjetivo. Por exemplo: “Essa mulher sentia uma dor na barriga e o que tiraram de lá vai surpreender você” ou “Essa mulher queria um marido rico, mas recebeu uma resposta incrível”.

Poissss beinnnn, parece que alguns brasileiros estão aprendendo com os irmãos lusitanos. Nos últimos dias, começou a circular por aqui uma história com o seguinte título: “Brasileiro vendia pão de queijo como ambulante nos EUA, e foi denunciado por outros Brasileiros… Mas algo incrível acontece no final !!”. Sacou: historinha + adjetivo para chamar atenção (clique).

Ao entrar no site, a gente chega a uma história de um brasileiro que estaria vendendo pão de queijo em uma esquina do “estado de Nova Jersey”. Como ele trabalhava próximo a um comércio de brasileiros, foi denunciado por compatriotas para a polícia. Essa é a história.

O “final surpreendente” foi que a “secretária do prefeito”, que seria americana, passava pelo local, levou ele para prefeitura e deu-lhe uma licença. Para completar, a mulher deu uma “lição de moral” nos brasileiros dizendo que “um americano nunca denunciaria” e que, por isso, o Brasil não vai para frente: “Brasileiro aqui nos EUA às vezes da vergonha, pra não dizer nojo”. A mensagem, no final, é assinada por Sheyvston Frederick.

Brasileiro que vendia pão de queijo nos EUA foi denunciado por brasileiros?

A história se espalhou muito pela internet, principalmente em blogs “daqueles”. Mas será mesmo que a história procede? A resposta é não. Para explicar tudo, vamos aos fatos.

O primeiro ponto de que denuncia a farsa está na fonte da informação. A história surgiu em um blog chamado “Ordem Secreta”. A página, volta e meia (para não dizer, volta e sempre), publica notícias falsas. O mais incrível é que não há sequer o relato da cidade em que aconteceu o caso, o nome das pessoas e a data que teria acontecido o caso. Características como essas são clássicas em notícias falsas.

De concreto, temos pouca coisa na “estória”. Uma é a assinatura do Sheyvston Frederick. Ao buscar pelo nome, achamos um músico. Porém, não de Nova Jersey. Muito menos vendedor de pão de queijo.

A segunda informação “concreta” que teríamos e a imagem. Ela é montagem das fotos de um homem chorando, a ação da polícia e pães de queijo. Os pães de queijo são “genéricos”. A ação da polícia não é nos EUA. Ela é da fiscalização de ambulantes antes do Rock in Rio de 2017, no Brasil. A imagem do homem chorando encontramos em uma postagem de um blog de 2012. 

Resumindo: a história que fala da denúncia de brasileiros contra um vendedor de pão de queijo nos EUA surgiu em blogs não confiáveis, não tem dados suficientes, é assinada por alguém “random” e as imagens não têm nada a ver com o caso. Logo, podemos dizer que é boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

8 comentários em “Brasileiro que vendia pão de queijo nos EUA é denunciado por brasileiros #boato

  • 12/04/2018 em 21:27
    Permalink

    A realidade é que esta noticia é uma ficção baseada em fatos reais, igual o seriado “O mecanismo”

    Resposta
  • 07/02/2018 em 16:37
    Permalink

    Até que ponto vai um deflagrador de notícias falsas.
    Entrei no perfil da senhora para ver as tais “fotos.
    O pão de queijo virou pamonha. A tal “pamonha” é de uma marca brasileira, com um rotulo em portugues. Não existe foto da pamonha exposta na suposta banca do vendedor. A banca, que supostamente é nova, aparenta sinais de anos de uso.
    A foto do vendedor é uma foto genérica de alguém carregando uma caixa térmica.

    Atenção às fake news, pessoal.

    Resposta
  • 24/01/2018 em 20:12
    Permalink

    Eu Moro em New Jersey , e viajo a Newark para comprar pamonhas desse senhor.

    Não sei os detalhes da história, mas NÃO é mentira. Ele existe sim, e a prefeitura expediu uma licença pra ele trabalhar na esquina em frente onde ele ficava anteriormente.
    Estive lá semana passada e tirei até fotos. Só fiquei sabendo dessa história na internet ontem, senão eu teria até perguntado os detalhes pra ele…
    Da uma visita no meu Facebook, vou deixar as fotos dele e o post públicos.
    Sheilla Cardoso ( Brazilian Keratin Specialist)

    Resposta
  • 18/01/2018 em 01:58
    Permalink

    O que é relevante nisso é o conteúdo.
    Nos EUA existe realmente algum incentivo fiscal para pequenos empresários (estrangeiros, principalmente).
    É realmente tão fácil conseguir um alvará ?

    Resposta
  • 14/01/2018 em 10:53
    Permalink

    Acredito que vocês não estão tendo o bom senso crítico, pois a mensagem pelo qual eu notei é fictícia, pois é para ser usada em palestra de uma organização e as pessoas que fazem dela como real.
    Eles pelo o que eu entendi, criaram a mensagem para um fim de eliminar o conceito de incentivo ao pequeno empreendedor.
    Acho que vocês deveriam ter mais senso crítico e terminar com notícias farsa, não história usadas como incentivo positivo

    Resposta
    • 17/01/2018 em 16:19
      Permalink

      Cara, que tipo de comentário absurdo é esse, Edson?

      Sendo crítico é justamente isso de analisar e identificar qual o fundamento de uma história.

      Não existe isso de “Mentira do bem”, pra poder justificar um meio. Dá pra criar uma história fictícia e avisar isso, em alguma palestra, por exemplo.

      E claro, se essa ficção foi criada para uso em uma palestra, é simples também resolver isso: Cita aí qual a palestra, qual o autor da palestra, onde a palestra foi feita, pra que se possa checar a veracidade disso.

      Resposta
    • 24/01/2018 em 20:13
      Permalink

      É real.
      Não é fictícia.
      Moro aqui em New Jersey.

      Resposta
      • 12/04/2018 em 21:28
        Permalink

        Estão é boato que esta notica é boato?

        Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)