Notícia falsa: lago transforma animais em pedra na Tanzânia

By | 05/11/2013
Notícia exagerada diz que lago transforma animais em pedra

Notícia exagerada diz que lago transforma animais em pedra

Boato – O lago Natron (localizado na Tanzânia) seria um lago assassino que transforma todos os animais que pousam ou mergulham nele em pedra.

Desde o início do mês de outubro de 2013, começou a circular na internet imagens feitas pelo fotógrafo Nick Brand para o livro Across the Ravaged Land (Por toda a terra devastada). Elas seriam de animais que foram petrificados no Lago Natron, na Tanzânia.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

De acordo com algumas reportagens veiculadas na internet, como esta do Portal MSN, o lago teria um segredo mortal. Ele transformaria todas as criaturas que tocam nele em pedra. O site do Canal History endossava a teoria do lago mortal afirmando que seria o PH alto (acima de 10,5) que faria os animais se petrificarem ao colidir na água.

Junto às matérias, as imagens de Brand mostravam justamente diversos tipos de aves, peixes e morcegos petrificados. Por sinal, foram imagens fotografadas de forma de muito boa. Dignas de um livro de fotografias.

Só tem um detalhe: a história não é bem assim. Apesar de o lago realmente transformar os animais em pedra, isso não acontece tão instantaneamente como pode parecer. O que o próprio artista explica no livro é que os animais morrem por outras causas e, com o passar do tempo, acabam sendo petrificados.

O e-Farsas (site que também trata de boatos na internet) aponta que outras espécies de animais também vivem no lago. Alguns exemplos são alguns tipos de cianobactérias e flamingos que habitam o lago. O site de tecnologia Gizmodo também aponta neste texto que o lago não “petrifica” tudo que toca nele.

Ou seja, apesar de os animais mortos realmente virarem pedra ao ficarem muito tempo próximos ao Lago Natron, é exagero dizer que o lago mortífero transforma todo o tipo de vida em pedra. Afinal, como que o fotógrafo conseguiria fazer as imagens se isso fosse realidade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *