Notícia falsa: Líbia desiste de sediar Copa do Mundo de 2026

By | 09/03/2014
Boato diz que Líbia recusou Copa do Mundo de 2026

Boato diz que Líbia recusou Copa do Mundo de 2026

Boato – Pensando no bolso do contribuinte, a Líbia desistiu de tentar ser sede da Copa de 2026.

Sediar a Copa do Mundo é motivo de orgulho para os brasileiros, mesmo com críticas em relação aos altos investimentos em estádios e obras de mobilidade urbana, que não pouparam dinheiro público para atender ao “padrão FIFA”. Pensando nos gastos, a Líbia através de uma votação entre partidos políticos resolveu não sediar a Copa do Mundo de 2026. Pelo menos, é o que diz uma publicação que circulou no Facebook no Brasil.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

O motivo da recusa seria de que o país possui outras prioridades, e que a conta para organizar os jogos seria alta demais para o dinheiro do contribuinte. Leia o texto:

Em votação entre os partidos políticos na semana passada, com apoio até do prefeito de Trípoli, os libianos optaram por não se candidatar à disputa para receber o evento. A votação transcorreu de forma pacífica e tranquila, o que demonstrou apoio popular para a medida.

Os argumentos? A cidade tem prioridades mais importantes, a conta para organizar os jogos seria alta demais e um eventual prejuízo teria de ser coberto com dinheiro público. Para os partidos, aceitar os jogos seriam “especular com o dinheiro do contribuinte”. O primeiro-ministro Maboula Schwartz também se mostrou contra.

“Não posso recomendar à Assembleia Municipal que dê prioridade à realização de um evento olímpico. Temos outras necessidades, como a construção de mais moradias”, disse o primeiro ministro, em declarações publicadas pelo jornal Dagens Nyheter e reproduzidas pela BBC. “Se as pessoas soubessem o gasto que se tem para um evento de um mês e traz pouco retorno, ficariam enojadas” completou o político.

O texto que foi publicado no Facebook e em locais que apenas replicaram o conteúdo, possui fontes e nomes, mas as declarações não são encontradas em outros sites de notícias na rede.

A informação sobre a possível recusa para ser sede da Copa Mundo de 2026, sobre o argumento de que seriam apenas gastos com o dinheiro do contribuinte, certamente causaria polêmica na imprensa. Mas nada foi encontrado. Além disso, há o fato de que não existe nenhuma notícia na página do jornal citado, Dagens Nyhete, sobre tal assunto.

Note que, recentemente, uma notícia dando conta que a Suécia desistiu de sediar as Olimpíadas de Inverno de 2022 para economizar dinheiro público surgiu na internet. E note que o jornal Dagens Nyhete fica na Suécia. E ao buscar sobre o assunto, encontramos um link da BBC logo de cara.

Além disso, até o momento, a possível sede de 2026 não foi decidida e está em aberto. Assim, não existiu convite por parte da FIFA para a Líbia sediar a copa. Países como China, México, EUA e Canada já demonstraram o interesse sobre serem os anfitriões do evento. Os locais que foram confirmados para as futuras Copas do Mundo são: Rússia (2018) e Catar (2022).

Concluímos que a informação sobre a recusa da Líbia em sediar a Copa do Mundo de 2026, para não haverem gastos com dinheiro público, é falsa. Provavelmente, criada em cima de uma informação parecida sobre outro país (Suécia) e outro evento (Olimpíadas de Inverno).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *