Papai Noel é uma invenção da Coca-Cola. Será?

By | 23/12/2015

Mito sobre a origem do bom velhinho ainda roda pela web. O Boatos.org explica de onde veio o Noel, e não, não foi da Coca-Cola.

Canções natalinas, duzentas versões diferentes de Jingle Bells, a vinheta de fim de ano na Globo. Não tem jeito, chegamos a mais um Natal e velhos hábitos nunca morrem. A árvore está enfeitada, as pessoas estão correndo para comprar os presentes, pais e filhos tiram fotos com o Papai Noel em shoppings, tudo segue o roteiro, inclusive a repetição daquela velha história. Àquela de que o Papai Noel é uma invenção da Coca-Cola.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Sim, entra ano, sai ano, vai Natal, vem outro, e ainda tem gente nas redes sociais e afins criticando que o mundo todo é vendido e que idolatramos um ser inventado só para vender refrigerante (monstros!). Mas não, quase nada procede nessa versão criacionista do Papai Noel.

Coca-Cola usou o Papai Noel como garoto propaganda em 1930, antes disso o personagem já era popularmente conhecido

Coca-Cola usou o Papai Noel como garoto propaganda em 1930, antes disso o personagem já era popularmente conhecido

O bom velhinho de bochechas rosa, roupas vermelhas, barba branca e enorme (que, aliás, quem diria, virou moda nos dias de hoje) foi mostrado nas propagandas natalinas da Coca-Cola em 1930. Porém, essa imagem foi apresentada à sociedade muitos anos antes, lá em 1823 quando Clement Clark Monroe, um ministro episcopal de Nova Iorque escreveu o poema ‘Um relato de visita de St. Claus’ em que descreve o personagem.

Anos depois em 1863, o ilustrador Thomas Nast deixou a imagem do Papai Noel ainda mais semelhante com a versão atual. Outros ilustradores colaboraram para a popularização da imagem do Sant Claus até que a Coca-Cola Company lançasse a ilustração do Papai Noel bebendo refrigerante em 30.

Esclarecidas as origens das características físicas do Papai Noel, vale dizer que o bom velhinho é inspirado em São Nicolau, que foi arcebispo em Mira (Turquia) e ficou conhecido por sua generosidade, suas constantes doações aos menos abastados e afinidade com as crianças.  Essa é a versão mais aceita, apesar de que ao longo dos anos a história do Papai Noel ter sido construída com contribuições das mais variadas culturas (escandinavos, norte-americanos, holandeses).

Portanto, menos reboliço porque a roupa do velhinho é vermelha, menos teorias de conspirações e alertas sobre mensagens subliminares. O Papai Noel não foi inventado pela Coca-Cola, a empresa só soube utilizá-lo (como mestres!) para vender mais refrigerante.

2 thoughts on “Papai Noel é uma invenção da Coca-Cola. Será?

  1. Keisuke Alberto Tada

    A Coca Cola criou sim o ” personagem ” padrão, gordinho, simpático e com roupas vermelhas. Antes disso haviam representações de Santo Nicolau mas as vezes magro e vestindo roupas verdes.

    Reply
  2. Lucho

    Quem em pleno ano de 2016 (2015 acabou) ainda repassa essa historinha merece levar surra de gato morto até o gato miar

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *