Hoax: lista de pedófilos circula pelo Facebook

By | 09/01/2014
Boato lista "pedófilos do Facebook"

Boato lista “pedófilos do Facebook”

Boato – Mensagem fala para internauta não aceitar a amizade de Martin Ponce, Lorena Miyama, Dario Murgiondo, Sol Montaldo, Azul Belen, Julieta Montaldo, Giulli Ventola, Luly Carbalo, Martina Di Stéfano no Facebook.

Os casos de pedofilia são recorrentes na internet. Com o maior acesso de crianças a redes sociais também, cresce o número de casos ocorridos no meio virtual que desembocam até em grandes quadrilhas de pedofilia. No entanto, diante de algo tão sério ainda existem pessoas que passam a tratar o assunto como brincadeira ou não se informam adequadamente antes de compartilhar algo.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Recentemente, circulou um “alerta” nas páginas do Facebook que falava sobre um grupo de pessoas que seriam pedófilos. A mensagem enganosa fala para pessoas não aceitarem em suas redes ou perfis que seriam de supostos pedófilos. Leia o texto:

URGENTE!!!!!!!!! —— PEDOFILIA NO FACE (FDP) NAO ACEITEM NENHUMA SOLICITAÇAO DE AMIZADE DESTAS PESSOAS : MARTIN PONCE —- LORENA MIYAMA —– DARIO MURGIONDO —- SOL MONTALDO —- AZUL BELEN —- JULIETA MONTALDO —- GIULLI VENTOLA , LULY CARBALO — MARTINA DI STEFANO … São PEDÓFILOS !! ESTÃO A TENTAR TER ACESSO A FOTOS DE CRIANÇAS. POR FAVOR, COPIE ISTO E COLOQUE NO MURAL … MAXIMA DIFUSÃO.

No entanto, a mensagem traz somente os nomes das pessoas e um recado para não aceitar nenhuma solicitação de amizade, compartilhar o poste e nada mais. Ao pesquisar os nomes no Facebook e até mesmo no Google não encontramos nada acintoso referente aos nomes. Nenhuma denúncia de pedofilia. Nada.

Vale como curiosidade, que alguns dos nomes como Martin Ponce e Martina di Stefano são nomes bem comuns na América Latina. Aliás todos os nomes listados dos supostos pedófilos são de origem estrangeira, curioso, né?  Assim como um “bom boato”, o post não tem nenhuma informação consistente.

Pelo o que se pode ver, isso não passa de uma brincadeira.  O único objetivo que o post atingiu foi prejudicar as pessoas que tenham os mesmos nomes listados no post. A história mostra que uma acusação de pedofilia pode prejudicar muito a vida de uma pessoa. Um exemplo é o caso da Escola Base em São Paulo.

Não é a primeira vez que uma denúncia de pedofilia aparece no Facebook. Recentemente, o Boatos.org falou do caso do grupo “Se Tornar Pai ou Mãe é o Grande Presente da Vida”. Ele foi acusado de ser usado por pedófilos, mas nada foi visto.

É muito importante reforçar que pedofilia é um assunto muito sério e que dever ser tratado com seriedade para que milhares de crianças e adolescentes tenham seus direitos reservados. Brincadeiras e mensagens como essa colocam em xeque um possível caso de pedofilia.

Então da próxima vez que for compartilhar um poste de pedofilia ou outro crime que exponha nomes de pessoas relacionadas a algum crime pense melhor antes de agir por impulso (mesmo que seja com uma boa intenção) porque de certa forma você pode ser alvo de uma desinformação ou fofoca que poderá prejudicar muitas pessoas. Vale dar uma pesquisada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *