Hoax: Gangue de sequestro relâmpago infantil ataca no Shopping Iguatemi

By | 21/08/2014
Boato fala de sequestro relâmpago infantil no Shopping Iguatemi

Boato fala de sequestro relâmpago infantil no Shopping Iguatemi

Boato – Shopping é alvo de sequestradores de criança que agem no estacionamento enquanto os pais estão distraídos.

Todo sequestro é assustador e maldoso, mas quando envolve crianças é pior. E, infelizmente, são comuns os casos de rapto dos pequenos não só no país, mas também no mundo todo. Como esquecer o caso das três jovens resgatadas após dez anos de cativeiro em Cleveland, no estado de Ohio (EUA)? Ou do menino Pedro Mendes de cinco anos devolvido à família a pouco mais de um mês depois de 14 dias?

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

A coisa está feia, isso é indiscutível. E é nesse cenário de ‘salve-se quem puder’ que textos de alerta correm a web e ganham força. “ASSUNTO SÉRIO… ALERTA VERMELHO”, assim começa mais um relato que deixa os pais de Iguatemi desesperados e mais atentos em relação às crianças. Uma gangue especializada em seqüestro relâmpago infantil está assustando os moradores do lugar. Confira o alerta:

Curta também a nossa página no Facebook e não caia em boatos

“Tenho um grande amigo que tem uma filha de 5 anos. Domingo foram ao Shopping Iguatemi. Perceberam que estavam sendo seguidos na hora do almoço por 3 caras. Acharam que era paranóia deles e seguiram o passeio. Foram até a Drogaria Iguatemi e saindo de lá, a esposa dele o chamou para pegar o remédio e quando ela virou viu um dos caras apontando para a filha deles e falando: “É essa”. A esposa dele começou a gritar que o cara estava apontando para a menina e então os 3 saíram correndo. Eles chamaram o segurança. Meu amigo, a esposa e a filha foram levados para uma salinha do shopping onde contaram todo o caso. A equipe de segurança do shopping informou que se trata de uma gangue de sequestro relâmpago infantil. Aproveitam essa época do ano que tem muita criança em shopping, seguem os pais e quando os pais vão para o estacionamento, pegam a criança, saem do shopping e ai começa o processo de resgate. Atividade confessada por um dos 3 caras que seguiam eles que foi pego pela segurança do shopping. SOCORRO. Atenção máxima gente. Ficar grudado nas crianças.”

O texto é do dia 04 de agosto e é mais um clássico das balelas que costumam circular por aí. Quem acompanha o trabalho do Boatos.org já não cai nesse tipo de historinha. Por quê? Muito simples. O mesmo texto já foi publicado em dezembro de 2013 e tem tantas lacunas, que qualquer leitura mais atenta já levanta desconfianças. Qual a data do ocorrido? Que família é essa? Quem são esses seqüestradores?

A única revelação que temos é que o fato ocorreu no Shopping Iguatemi. O que também não esclarece muita coisa. Há shoppings com esse nome em Salvador, em Florianópolis, em Porto Alegre, em São Paulo, em Barueri, em São Carlos, em Campinas, em Brasília… E o nome Iguatemi pode se referir a um município do estado de Mato Grosso do Sul, um distrito na cidade de São Paulo, um bairro da cidade de São Paulo ou uma região da cidade de Salvador. Ou seja, não diz nada.

É muito fácil encontrar textos assim espalhados pela web. E muito fácil acreditar neles. São formas de conscientizar os leitores sobre determinado tema, nesse caso, o sequestro de crianças, mas se baseados numa mentira, sua função se perde e o resultado é só pânico. É preciso estar ciente que a maioria dessas histórias é invenção.

Ainda que a iniciativa seja válida, existem cuidados específicos para evitar sequestros e fontes seguras que explicam como percebê-lo e evitá-lo, a Polícia Civil é uma delas. A coisa está realmente feia e toda atenção é necessária, mas acreditar em um boato não ajuda em nada.

One thought on “Hoax: Gangue de sequestro relâmpago infantil ataca no Shopping Iguatemi

  1. marcia patricia

    Ok. Parece ser um boato este caso.as em 2006 ou 2007, não tenho muita certeza, mas EU, estava no shopping Nova America com o meu marido, minha filha, q estava no carrinho de bebe dela, pq nunca usei os carrinhos de bebê de shopping por nojo, e minha tia. Estavamos passeando, epoca denatal e próximo a escada rolante q fica proximo ao mac donalds, uma mulher começou a gritar desesperada. E o carrinho do filho dela estava vazio. O q aconteceu? Não sei. Mas tmb não fiquei ali para saber. Fui embora correndo com minha familia. Ate hj qnd vou ao shopping nesta época fico agarrada com minha filha e vamos no horario a o shopping abre e não nos demoramos. Se soubermos q vamos demorar minha filha nem vai. Todo p cuidado é pouco. Neste caso acho q não deve sef so um boato não.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *