Boato diz que Globo só repassa 10% do Criança Esperança para a Unesco

Boato diz que Globo sonega dinheiro do Criança Esperança
Boato diz que Globo repassou apenas 10% do recolhido com o Criança Esperança para a Unesco

Boato – A TV Globo repassa apenas 10% do que ganha com o Criança Esperança para a Unesco realizar os projetos do Criança Esperança.

Na mídia brasileira, a TV Globo é, sem dúvida, a emissora que mais é alvo dos boatos na internet. Há cerca de uma semana, o Boatos.org fez um texto explicando a história de que a emissora usava o dinheiro do Criança Esperança para abater o que deve em imposto de renda.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

O novo boato (nem tão novo assim) também fala de uma irregularidade. A afirmação, desta vez, dá conta que a Globo paga apenas 10% do que com o Criança Esperança para a Unesco utilizar em projetos. A história circula por sites, blogs e redes sociais. Leia uma das versões do texto:

A Globo teria movimentado, através do Criança Esperança, cerca de R$ 94,8 milhões desde 1986, quando foi criada. Teriam sido repassados à Unesco 10% desse total como “taxas de serviço”. A pergunta é: aonde estão os outros 90% do montante arrecadado, já que o Criança Esperança informa que “todo dinheiro arrecadado pela campanha é depositado DIRETAMENTE na conta da Unesco”

E você, já fez sua doação hoje?

Opa. Como assim? Quer dizer que 90% do dinheiro doado ao Criança Esperança são embolsados pela Globo? Só para tranquilizar: a resposta é não. Então, vamos voltar as origens da história para explicar o boato.

Tudo surgiu com o vazamento de um telegrama de 2006 em um no site do Wikileaks. Na carta, que era da embaixada americana na França para o escritório da Unesco no Brasil, os embaixadores suspeitaram de irregularidades na gestão da Unesco. Em 2001 (época que surgiu a história), a Pública deu uma matéria falando sobre o assunto. No meio do texto há uma citação sobre o assunto:

A Globo é mencionada por causa do Criança Esperança, ONG para a qual emissora teria arrecadado cerca de 40 milhões de dólares desde 1986, ou seja, em 20 anos. A Unesco teria ficado com 10% desse montante, por conta de uma “taxa de serviço”.

Os telegramas não alegam irregularidade nisso. Apenas citam montantes, como este outro: “É válido notar que um terço da verba extra-orçamentária da Unesco (cerca de 124 milhões de dólares) passa pelos cofres do escritório brasileiro”.

Note que, em nenhum momento, nem os documentos do WikiLeaks nem a matéria da Pública citam que a Globo fica com o dinheiro do Criança Esperança. Como disse o texto, os telegramas não alegam irregularidades nisso.

Para além do tal telegrama, não existe nenhuma investigação ou acusação oficial sobre o assunto. Mas sabe aquela história do aumenta e inventa. Foi isso que aconteceu. Com o passar do tempo, alguém leu um texto e resolveu escrever outro e aí a coisa mudou de “Unesco cobra taxa de serviço de 10%” para “a Globo fica com 90% do bolo do Criança Esperança”.

Tanto a Globo como a Unesco se pronunciaram sobre o assunto. Em nota no site oficial do programa, a Unesco afirma que 100% do valor que passa ao Criança Esperança vai direito para a entidade. Ele é depositado diretamente na conta da Unesco. Leia:

Em virtude de mensagens que circulam na internet com falsas informações sobre o Criança Esperança, a UNESCO esclarece que:

As doações para o Criança Esperança são diretamente depositadas em conta administrada pela UNESCO, que destina esses recursos única e exclusivamente para projetos sociais implementados no Brasil. Nenhuma doação do Criança Esperança passa pela Globo.

Em reportagem do R7, a Globo apontou que desconhece as informações que aparecem na internet em relação a fraudes no Criança Esperança. A emissora também fala que a parceria com a Unesco começou apenas em 2004 e reitera que, desde então o dinheiro vai 100% para a conta da entidade e que desconhece a tal taxa de 10% cobrada pela Unesco.

Agora vamos racionar. Um anúncio de 30 segundos no Jornal Nacional custava, em 2009, mais de R$ 300 mil. Isso sem contar o preço das afiliadas: a RBS, por exemplo, cobra R$ 42 mil pelos 30 segundos. Em 2013, a Globo ganhou R$ 10 milhões com o Criança Esperança. Calcule R$ 10 milhões e divida pelo número de inserções de 30 segundos na programação e você vai ver que a Globo perderia dinheiro se a preocupação fosse lucrar com o programa.

Resumindo a história. O história surgiu em um telegrama que apenas citou o nome da Globo, passou por modificações de contexto e virou uma denúncia que, até o momento, não tem comprovação alguma e além de tudo não tem muita lógica. Ou seja, mais um boato sobre o canal. Boato que, aliás, acaba com o principal lucro da emissora com o Criança Esperança: o marketing de ajudar os outros por meio de campanhas de caridade.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

18 comentários em “Boato diz que Globo só repassa 10% do Criança Esperança para a Unesco

  • 24/01/2017 em 16:10
    Permalink

    esses sites que gostam de dizer que é boato e farsa não são confiaveis

    Resposta
  • 19/11/2016 em 15:58
    Permalink

    Não é boato!!! O documento está no weakliks pra quem quiser ver!!!!

    Resposta
  • 16/11/2016 em 21:56
    Permalink

    Não é boato, o documento existe e é de 2006.

    Não deu nada na época porque a mídia abafou o caso.

    Resposta
  • 16/11/2016 em 15:12
    Permalink

    Se a Globo perderia dinheiro , se pensasse em inserções do Criança Esperança para lucrar, fazendo as inserções, ela ganha mais? De qual forma, se está perdendo os anúncios lucrativos?

    Essa ideia colocada como defesa é, na verdade, uma pista de que algo está errado nessa conta.

    Resposta
  • 15/11/2016 em 17:20
    Permalink

    Uma emissora envolvida em corrupção sonegação Não tem nenhuma credibilidade..
    Esse ano não darei dinheiro para a globosta.

    Resposta
  • 15/11/2016 em 12:56
    Permalink

    Creio que falta a transparência do efetivo destino dos recursos. Por exemplo, o valor debitado na conta telefônica, quanto fica com esta, impostos, até chegar no líquido efetivamente investido nos projetos?
    Não que eu tenha direito a uma restação de contas, porque se depender de mim, a arrecadação seria zero.

    Resposta
  • 30/06/2016 em 01:10
    Permalink

    Ajudar???? Eu não li isso!!!!!Se ela quisesse ajudar, abriria mão do seu lucro!!!Por menor que seja!!Esse site já foi imparcial!

    Resposta
  • 13/06/2016 em 13:41
    Permalink

    Tenho notado o boatos.org um tanto quanto tendencioso. É bem interessante para fins políticos e afins um site dessa natureza.

    Resposta
  • 18/05/2016 em 18:56
    Permalink

    Pelo histórico das Organizações Globo de apoiar golpes, sonegar impostos e lavar dinheiro em paraísos fiscais é previsível que sua cultura corporativa mafiosa cometa crimes quando lhe convir independente de quais serão os prejudicados, surpresa seria o contrário….

    Resposta
  • 30/07/2015 em 09:51
    Permalink

    A globo diz que isso é um boato, mas não diz como é paga a publicidade do criança esperança, ninguém é tão bom assim que não cobre nada desta entidade.
    Eu não dou e nunca vou dar dinheiro para nada, isso é trabalho do governo e não meu, pago meus impostos para isso acontecer.
    Se roubam das crianças, se não investem, devemos cobrar do governo e não de mim.

    Resposta
  • 24/07/2015 em 15:22
    Permalink

    Garanto que do jeito que a coisa é feita, por intermédio de uma grande mídia, o alcance é muito mais abrangente do que o simples fato de se divulgar uma conta que sempre será esquecida. Usando um programa especial de grande audiência e com uma grande chamada na mídia, o resultado seria muito maior. Ou não?

    Resposta
  • 03/06/2015 em 23:28
    Permalink

    Fácil divulgar e espalhar matéria conivente e até paga a favor da mentirosa rede globo.

    Resposta
  • 19/08/2014 em 13:45
    Permalink

    Então só uma pergunta, porque não conseguimos doar direto na conta da UNESCO, ninguém sabe a conta da UNESCO. Eu gostaria de depositar mas direto na conta da UNESCO porque não posso?
    Alguém me responde.

    Resposta
    • 03/01/2015 em 19:16
      Permalink

      Pelo que pesquisei, a Globo é parceira e organizadora do projeto Criança Esperança. Existe uma conta onde as doações efetuadas são utilizadas exclusivamente para o projeto. Se depositar em uma conta central, não é possível saber para qual projeto é a doação. Se você for no site de doações da Globo e escolher a modalidade de doação por boleto bancário, vai conhecer a conta e pode conferir se ela pertence à UNESCO por pesquisa na Receita Federal ou no Banco do Brasil.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)