Luan Santana se nega a fazer show no MS, diz notícia falsa

By | 04/11/2015

Boato – Por causa de violência contra índios no estado do Mato Grosso do Sul, o cantor sertanejo negou fazer shows em sua terra natal como forma de protesto.

Não é incomum que artistas e celebridades apoiem causas sociais. Bem ao contrário, são muitos os nomes famosos que lutaram (ou ainda lutam por alguma coisa). Vide Angelina Jolie, embaixadora da ONU, Shakira que ajuda crianças em situação de risco na Colômbia, George Clooney que arrecada milhões para casos de desastres naturais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Segundo boato, Luan Santana não fará mais shows no MS em protesto pela causa indígena. Foto: Reprodução/Facebook

Segundo boato, Luan Santana não fará mais shows no MS em protesto pela causa indígena. Foto: Reprodução/Facebook

Como esse engajamento social no mundo dos artistas é corriqueiro, ficou fácil que a notícia sobre o protesto do Luan Santana caísse na internet e viralizasse. Segundo a história do momento, o cantor sertanejo se negou a fazer shows no Mato Groso do Sul para chamar atenção ao descaso e violência contra os índios Guarani-Kaiowá no estado.

Confira no trecho:

 […]

Segundo a assessoria do cantor, teria tomado conhecimento da situação dos indígenas da etnia Guarani Kaiowá no Mato Grosso do Sul e o boicote aos shows no estado foi uma forma de protesto. Em nota aos fãs, Luan se pronunciou: “nos últimos oito anos, 250 índios Guarani Kaiowás foram assassinados no estado. No mesmo período, ocorreram contra eles 190 tentativas de assassinato, 49 atropelamentos e 176 suicídios. Ao menos um indígena se suicida por semana! Acho que o Mato Grosso do Sul não tem o que festejar, mas diminuir a gigantesca dívida que temos com esses índios. Peço desculpas aos meus fãs e ao meu povo sul-mato-grossense. Porém, me sinto envergonhado por ignorar a situação dos Guarani Kaiowá e não quero prosseguir como cúmplice silencioso desta violência. Como último pedido, gostaria de ver menos o meu nome nos trend topics do Twitter e em seu lugar a divulgação deste genocídio que, através do nosso silêncio, ajudamos a promover. #GenocidioGuaraniKaiowa”’.

Antes que as Luanetes (fãs de Luan Santana) saiam anunciando por aí que o cantor além de tudo é um cavaleiro de armadura reluzente, esclarecemos que essa história é falsa. E antiga. A suposta nota enviada pela assessoria do cantor apareceu na web em 2012 e está sendo ressuscitada agora.

Como sempre, as mentes brilhantes que inventaram essa balela juntaram acontecimentos reais para criar uma mentira. A situação dos índios Guarani-Kaiowá no Mato Grosso do Sul de fato é preocupante e já mobilizou pessoas através de uma petição online.  A violência contra os indígenas resultou em uma carta assinada pela tribo que foi notícia até na BBC.

Vasculhamos o site oficial do Luan Santana e, claro, não encontramos nota alguma anunciando esse protesto. Também checamos a agenda do cantor que, apesar de não ter shows marcados em Mato Grosso do Sul para breve, esteve em Campo Grande para participar de um show na véspera de aniversário da cidade no mês de agosto deste ano.

Para encerrar o caso, a origem dessa história é nada mais nada menos que o Diário Pernambucano, site dedicado a notícias falsas que nós já mencionamos aqui no Boatos.org. Ou seja, não há nota de protesto do cantor Luan Santana, nem antes, nem agora. No entanto, o descaso com a causa indígena, esse sim, infelizmente, é real e persistente.

PS: Esse artigo foi uma sugestão da leitora Luiza Granado. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *