Sábias palavras: Joaquim Barbosa chama Dilma de cacto em carta #boato

By | 20/04/2016

Boato – Ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa chamou Dilma cacto em carta publicada depois da votação na Câmara.

A ‘poeira’ ainda está longe de assentar depois da votação do processo de impeachment da presidente Dilma no último domingo. Muito pelo contrário, o assunto ainda é pauta diária nos noticiários não só do Brasil como também do mundo. Lá fora, a mídia faz análises sobre o processo, aqui as discussões se intensificam nas redes sociais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Joaquim Barbosa pede apoio a Moro, diz boato

Joaquim Barbosa chamou Dilma de cacto em carta sobre a atual situação política

E quem também tem usado as redes para se manifestar sobre a votação do último dia 17 é o ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa. O ex-ministro de justiça sempre ativo no Twitter fez comentários sobre o processo de impeachment votado no Congresso e mais, dizem que escreveu uma carta analisando a atual situação da política brasileira. A suposta carta está sendo repassada em perfis pessoais no Facebook.

Confira:

Sábias palavras, de Joaquim Barbosa

Nunca votei em nenhum candidato do PT. Muito menos em Lula. Mas confesso que durante a sua presidência, fiquei surpreso e por vários momentos cheguei até a admirá-lo. O que fez pelos menos favorecidos foi elogiável, reconheço. Cheguei a pensar até que o Brasil se tornaria uma grande nação mundial, sólida e educada politica e socialmente. A maioria dos brasileiros parecia feliz e ele deixou o poder com 80% de aprovação.

O que ninguém sabia, no entanto, era que por trás desta aparente tranquilidade e sucesso, havia um quadrilha organizada e apoiada por ele, agindo nas sombras para surrupiar o País e as empresas públicas. O tumor maligno já estava instalado e lentamente se infiltrava nos órgãos, tranformando-se em metástase.

Dilma, um cacto, foi plantada para levar o plano em frente e seria sua marionete perfeita, quase humana. Mas o que ele não podia prever é que a marionete não articulava bem e o Pinóquio acabou fugindo da casa do Gepetto e passou a viver por conta própria. A história todos conhecem. Tola, temperamental e sem nenhuma sensibilidade política e no afã de manter-se no poder, exagerou na dose ao financiar programas que sabia que não seriam suportados pelo tesouro, acabando por levar o país à bancarrota e ao caos financeiro, político e social. O discurso sustentado sempre foi o de separação de classes, regiões, cores e gêneros. Velha política de “Dividir para governar”, afastando-se da unidade nacional que deveria manter os brasileiros unidos para um progresso comum.

[…]  Que o governo criou programas interessantes, criou sim. Muitos aproveitados dos governos passados. O que não previu, ou a ansiedade de poder não deixou ver, é que quem financiaria esses projetos seria a classe produtiva com seus impostos e empregos. Mas resolveram dividir os ganhos com empresários corruptos, levando essas empresas a bancar suas contas.

Resultado: Apanhados em flagrante, a casa caiu, o financiador faliu e tudo o que haviam, em tese, feito em prol da sociedade foi se perdendo no caminho. Perderam a mão, o respeito e tudo o que restou foi o Nós, e o Eles.

[…]

Ao fim, perguntamos: Quem está dando golpe em quem? Instalado o caos pelo crime e por tudo o que fizeram e o que deixaram de fazer, só nos resta confiar na última trincheira antes que o pior aconteça: A JUSTIÇA. Que Deus nos proteja e que todos os brasileiros vivam em paz.

Joaquim Barbosa.

Leiam e compartilhem!!!

Apenas repassando!…

Joaquim Barbosa, que nunca foi um homem de meias palavras, eu sua suposta carta chamou até a presidente Dilma de ‘cacto plantada para levar o plano adiante… quase humana’. Porém, atentem que usamos a palavra ‘suposta’ não à toa. Acontece que não há nenhuma prova de que este texto foi feito pelo ex-presidente do STF.

Bem ao contrário, nada apareceu na mídia a respeito desta carta de Barbosa. Nada. Curioso já que a imprensa sempre dá notícias sobre as declarações do advogado e de suas opiniões postadas no Twitter, como nesta matéria do UOL. Além disso, de cara a tal carta já se entrega como falsa. O ex-ministro votou no PT sim, mais de uma vez, e admitiu. Em 2010, inclusive, votou em Dilma Rousseff.

No fim, para quem quer saber qual a opinião de Joaquim Barbosa sobre os acontecimentos do país, basta segui-lo no Twitter e ficar atento à mídia, porque ela está prestando atenção em tudo que ele diz. O resto é #boato correndo a internet.

One thought on “Sábias palavras: Joaquim Barbosa chama Dilma de cacto em carta #boato

  1. carlos alberto couto da cunha

    Esse cidadão não merece o, mínimo de atenção. É um pusilânime. Fez o que fez com o PT, ressuscitando até a teoria do Domínio do Fato, e agora, fica pelas frestas das portas reclamando do ostracismo, do atual desprezo dos brancos que ele tanto bajulou, Não estão mais nem ai pra ele, após ter feito o serviço sujo que queriam. Cadê as estatuetas agraciadas pela Globo e os autógrafos que sorridente e pomposo concedia no auge da fama do mensalão. Esse senhor é muito oportunista, isso é o que ele é.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *