Professora cometeu crime de propósito para ser presa #boato

By | 25/02/2016

Boato – Mãe de família e professora roubou um bicho de pelúcia propositalmente para ser presa pela polícia. Ela queria descansar na cadeia.

Os índices de criminalidade aumentam e as estatísticas estão aí para provar. No noticiário da noite, vemos histórias de furtos, de assassinatos, de sequestros, um verdadeiro show de horrores da sociedade moderna. Sem contar outros tipos de crimes – ah, corrupção, como não mencioná-la?

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Vídeo de professora presa de propósito é na verdade reportagem de jornal satírico

Vídeo de professora presa de propósito é na verdade reportagem de jornal satírico

O fato é que ‘a coisa tá feia’ como dizem. A quantidade de presos segue aumentando e entre tantos culpados alegando inocência, surge uma culpada convicta. Segundo uma reportagem de um telejornal que está circulando na web, uma professora furtou um urso de pelúcia em uma loja de brinquedos e acabou presa. Detalhe: ela fez tudo de propósito porque queria ‘descansar na prisão’.

Confira no vídeo:

Sim, é isso mesmo. Uma mulher cansada de suas tarefas domésticas e de ter de lidar com o dia a dia da vida familiar cometeu um crime só para poder ser presa e descansar na cadeia. Roubou para poder ter paz.

Parece piada e é mesmo. A reportagem compartilhada em um perfil no Facebook com mais de 280 mil compartilhamentos não é verdadeira. Ou melhor, é, mas conta uma história fictícia, uma brincadeira feita pelo Jornal Sensacionalista, da Multishow. O dito cujo é conhecido por fazer exatamente isso – piadas satíricas sobre a sociedade – o que nesse caso mostra a pressão que se exerce sobre a mulher.

A reportagem do jornal de brincadeira foi apresentada em 2012 e replicada em vários sites. Uma olhada nos comentários e o chocante é perceber que muitas pessoas (muitas mesmo) acreditaram que a matéria fosse verdadeira, manifestando preocupação e até reprovação ao caso – ‘palhaçada, já pensou se essa moda pega’.

Resumindo a coisa toda, o vídeo procede, mas a história não. Trata-se apenas de uma piada e não houve uma mulher que roubou algo propositalmente para descansar na cadeia. De qualquer forma, a julgar pela grande parcela da população de que de fato pressiona mulheres e faz exigências sobre seu papel no ambiente doméstico, impressionante é nenhuma ter realmente feito algo do tipo ainda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *