Site Memórias da Ditadura foi tirado do ar por Temer #boato

Boato – Site com banco de dados sobre a Ditadura Militar, o Memórias da Ditadura, foi tirado do ar por Michel Temer, um dia após Dilma ser afastada.

O primeiro dia de governo Temer já nos mostra uma nova tendência que está por vir. Finalmente, Dilma vai sair da linha de tiro dos boatos da internet e a bola da vez deve ser outra. Não faz nem doze horas que ele assumiu o poder e já há informações “bombásticas” sobre ele.

Memórias da Ditadura foi tirado do ar por Temer, diz boato
Memórias da Ditadura foi tirado do ar por Temer, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Uma delas dá conta que o site Memórias da Ditadura, criado pelo Instituto Vladimir Herzog e que tem diversas informações sobre o período militar no país, foi tirado do ar pelo governo Temer. Leia texto que circula online:

“Gente, é URGENTE! Como algumas de vocês sabem a minha mãe trabalha o instituto Vladimir Herzog e ela fez junto com o governo federal uma plataforma com TUDO sobre a ditadura militar brasileira! Acontece que bastou a presidente ser afastada que TIRARAM DO AR O SITE. Eles estão APAGANDO, literalmente, o acesso público à essas informações. POR FAVOR em instantes o instituto vai fazer uma abaixo assinado para esclarecimentos e botar isso de volta no ar, fiquem atentas e SAIAM FALANDO DISSO, isso NÃO pode acontecer. O site chama: Memórias da Ditadura”

Memórias da Ditadura foi tirado do ar?

Claro que a informação causou uma comoção online. Mas será mesmo que Temer já está pondo “as manguinhas de fora” e cortando as informações sobre a Ditadura. Calma lá, gente, a resposta é não.

Tudo começou a queda do site. Até a hora em que escrevemos este texto, a página realmente estava fora do ar. Com o erro de “403 – acesso negado”, o pânico aumentou mais ainda. Aí, bastou um print de uma pessoa que se dizia filha de uma colaboradora do Instituto Vladimir Herzog “denunciar o governo” que a história se espalhou por páginas contrárias a Temer.

A partir daí, começaram a chover perguntas na página oficial do Instituto Vladimir Herzog sobre o site. E foi justamente aí que achamos a resposta.  

Não foi retirada do site. Há uma questão técnica com o provedor Hostgator que está verificando no momento

Por meio do Twitter, eles também deram a informação: 

Informamos que o site http://memoriasdaditadura.org.br/  está fora do ar. Estamos trabalhando para correção do servidor. Agradecemos pela compreensão.

Acreditem. Problemas com servidores são muito comuns. Em um passado distante, o Boatos.org sofria com isso direto. Por sinal, o erro que aparecia para o público quando tínhamos problemas com servidor era o 403.

Resumindo: o site do Instituto Vladimir Herzog saiu do ar por um problema no servidor que hospeda o site. Não há nada relacionado com o governo de Michel Temer. Até porque não tem motivos para o instituto mentir a respeito.

PS: Este artigo foi uma sugestão da leitora Maria Hilmar. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)