Jovem que agrediu professora é morto com 8 tiros em SC #boato

Boato – Jovem de 15 anos que agrediu a professora na diretoria da escola foi executado com 8 tiros nesta tarde em Santa Catarina.

Não faz muito tempo estávamos aqui reunidos para desmentir uma história bizarra sobre crianças dançando com gestos sexuais em uma escola. Para contextualizar, comentamos dos sérios problemas que o ensino público brasileiro ainda precisa resolver. Também não faz muito, desmentimos informações erradas sobre uma suposta sarrada em um professora e igualmente contextualizamos outros problemas sobre a educação no Brasil.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Neste texto, também sobre a educação brasileira não cabe muito contextualizar porque o caso que deu origem a balela de hoje fala por si só sobre o estado das instituições de ensino no nosso país. Afinal, como reagir se não com choque ao caso da professora Márcia Friggi que foi agredida por um aluno de 15 anos na diretoria da escola após uma discussão por motivo torpe.

A imagem de Márcia com supercílio sangrando rodou as redes sociais junto com o desabafo dela. O assunto repercutiu muito nas redes e quando achamos que entraria para as estatísticas da triste realidade de agressões a professores nas escolas, a história de Márcia volta à tona com uma informação nova.

Pelo que se tem compartilhado, o rapaz de 15 anos que agrediu a professora foi assassinado na tarde de 23 de agosto com 8 tiros, por vingança pelo que ele fez à professora. Confira:

Um jovem de 15 anos foi executado na tarde hoje (23) com mais de 8 tiros. O crime aconteceu em Santa Catarina.De acordo com a polícia, o motivo do crime pode ter sido uma vingança já que o menor (aluno) espancou uma professora violentamente, o caso repercutiu no país inteiro. Os autores do crime ainda não foram identificados. A polícia segue investigando o caso e nas próximas horas teremos mais informações sobre o caso.

O jovem que agrediu a professora na diretoria foi morto com 8 tiros?

A despeito das várias opiniões que encontramos sobre o quanto ser morto com 8 tiros seria o castigo “mais que merecido” ao adolescente que agrediu Márcia Friggi, o que de fato sabemos é que essa história é falsa. O rapaz de 15 anos que agrediu a professora não foi assassinado com 8 tiros, aliás, não foi morto de forma alguma.

Após a agressão, o garoto foi encaminhado às autoridades responsáveis que afirmaram que ele já tinha passagens anteriores. Isso ocorreu propriamente em 23 de agosto, o que já desmente de cara a informação de que ele morreu na tarde deste dia.

Além disso, a suposta morte do garoto foi divulgada no site Whats Diário, um espaço exclusivo de notícias falsas. Aliás, exatamente no dia 23/08 desmentimos um boato sobre dipirona e o vírus Marburg que surgiu neste site.

Quanto a imagem que estão espalhando, o rapaz ensanguentado com marcas de tiros que aparece na fotografia ao lado da professora na verdade é João Elcimário Gomes, de 29 anos, que foi assassinado em setembro de 2013 em Pernambuco. E por falar em fotos, até a imagem “das autoridades” mostrada na matéria é errada, retiraram a fotografia de uma notícia do G1 do Piauí para ilustrar o suposto delegado responsável pelo caso.

Portanto, não é verdade que o jovem que agrediu a professora Márcia Friggi foi morto com 8 tiros. Isso é balela e a foto que estão usando para ilustrar a mentira é de outro crime. Vamos evitar o mau gosto de compartilhar essa foto e essa mentira por aí.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de Valdiana Lira, Priscila Kuperman, Iracema Faulhaber, Genivaldo Cerqueira, Leandro Cury, Claudemir Mazucheli, , Cristina Paula, Antonio Gache, Vanilda Ferreira e de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Um comentário em “Jovem que agrediu professora é morto com 8 tiros em SC #boato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)