Homem pula do 19º andar do Congresso em protesto contra a reforma da Previdência #boato

Boato – Um advogado se suicidou no prédio do Congresso Nacional. O homem pulou do 19º andar em protesto contra a reforma da Previdência e Temer.

Quem acompanha o Boatos.org sabe que são raras as vezes que nós falamos sobre boatos envolvendo casos de suicídio. Para quem não sabe, jornalistas evitam noticiar informações sobre o assunto. Infelizmente, muitas pessoas que usam as redes sociais não sabem disso.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Tanto que imagens (fotos e vídeo) de um corpo de um homem no espelho d’água próximo ao Congresso Nacional circulam pelo WhatsApp e Facebook. As imagens são acompanhadas de uma mensagem que aponta que um homem se matou no Congresso em protesto contra a proposta de reforma na Previdência. Leia duas versões do texto que circula online:

Versão 1: Homem acaba de pular do 19º andar do Congresso Nacional, em protesto contra a resforma da previdencia. Não foi divulgado o nome. Os Deputados que estão trabalhando na Reforma da Previdência pediram ao Temer para barrar essa propaganda dos Auditores da Receita, pois a pressão aumentou no Congresso. Faça a sua parte e multiplique essa informação!

Versão 2: Advogado se suicida no Congresso Nacional em protesto contra A Reforma da Previdência.Um advogado de 42 anos, que preferimos não mencionar o nome em respeito a um pedido da família, pulou nesta sexta-feira, 17, do décimo novo andar do Congresso Nacional. O profissional da justiça acabou falecendo na hora.

O pulo ocorreu na hora do almoço, por volta de 12h40. O homem pulou no espelho d’água e assustou muita gente. A polícia não disse se o advogado teria mesmo pulado ou se foi assassinado. No entanto, segundo relatos de testemunhas, que fizeram vídeos nas redes sociais, o homem teria feito um protesto contra o atual presidente da república, Michel Temer, do PMDB, além da reforma da previdência.

Homem pulou do Congresso em protesto contra a reforma da Previdência #boato

Infelizmente, a história que aponta que o homem se jogou em protesto está fazendo as imagens se espalharem ainda mais em redes sociais. Por isso, vamos falar duas coisas. 1) Pare de compartilhar as imagens. 2) A história de protesto contra a reforma da Previdência não procede.

De fato, um homem tirou a própria vida se jogando do 19º andar do Congresso Nacional. Porém, nem foi “hoje” e tampouco não há nenhum indício que tenha sido um protesto. O caso aconteceu em 17 de março de 2017 e foi noticiado em jornais de Brasília. De acordo com testemunhas, o homem não disse nada. Apenas procurou uma sala vazia e pulou. Ou seja, nada de indício de protesto.

Fizemos uma ronda nas páginas das redes sociais do advogado de 42 anos que era morador de Brasília. Não encontramos nenhum indício que apontava que ele iria fazer um protesto se jogando do prédio.

Esta matéria da Veja também aponta que a história de protesto é falsa. De acordo com o texto, a vítima tomava antidepressivos e tinha suspendido a medicação. Ou seja, era um caso de doença e não político.

Resumindo: a história que aponta que um homem pulou do prédio do Congresso Nacional em protesto contra a reforma da Previdência é falsa. Aproveite que você já sabe disso e pare de compartilhar a informação e a imagem.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão por Leandro Potrich e de diversos leitores pelo WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Homem pula do 19º andar do Congresso em protesto contra a reforma da Previdência #boato

  • 25/03/2017 em 13:09
    Permalink

    E qual é a prova de que a historia é falsa?? Ninguem sabe porque ele cometeu suicidio. Pode ter sido por protesto sim. Pode ter sido por amor, pode ter sido por qualquer coisa. Só nao se pode afirmar que não foi por protesto. E acho a maior imbecilidade do mundo abafarem os casos de suicídio.

    Resposta
    • 12/04/2017 em 23:29
      Permalink

      E qual diferença faz, se foi ou não foi protesto? E outra coisa: O suicídio não deve ser divulgado mesmo por que incita outras pessoas com problemas psicológicos e depressão e psicóticos a fazerem o mesmo por acharem que wm contratam a solução dos próprios problemas.Entendeu?

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)