Homem que veio de Minas Gerais mata crianças na porta de casa #boato

By | 03/11/2016

Boato – Cuidado. Homem que veio de Minas Gerais mata crianças na porta de casa. Ele faz oferenda com bebê até criança de 17 anos.

Por mais que a realidade nos mostre que não é uma boa ideia repassar denúncias de crimes com fotos de pessoas, muita gente ainda acha que está fazendo o bem ao denunciar alguém na internet sem ter certeza se a pessoa é culpada. É isso o que acontece na nossa história de hoje.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Homem que veio de Minas mata criancas no portão, diz boato

Homem que veio de Minas mata criancas no portão, diz boato

Um áudio e uma sequência de fotos têm sido constantemente compartilhadas no WhatsApp. Eles denunciam o que seria um homem que “veio de Minas Gerais” e “está matando crianças em um ritual macabro”. Se você notou, há duas fotos na imagem acima. Em algumas versões, um homem negro é acusado. Em outras é este homem loiro (William Bubna). Há, ainda uma terceira imagem (que não vamos postar aqui) de duas crianças enforcadas. Leia a transcrição do áudio:

Tem que ser tomado muito cuidado porque ele não mede esforços. Ele mata de dia, ele mata de noite. Ele veio de Minas, está fugido, está na nossa região por aqui. E já disseram que ele mata criança na porta de casa. Você manda a criança atender o portão e, de repente, é ele. Ele tá com a faca na mão e ele corta o pescoço da criança por ali mesmo. A oferenda dele é essa. Ele tem que matar. Ele não tem que roubar, estuprar, nem nada. Ele tem que matar para a oferenda dele ser realizada. Ele passa nas portas dizendo que está passando necessidade, vendendo aquelas correntinhas. Se a sua esposa manda a criança atender o portão, porque ela tá ocupada, e é ele, ele mata ali, na hora e vai embora. Tá perturbado, tá demoníaco. Então tem que vigiar. Quando alguém bater no portão, não manda criança atender não. Porque ele mata desde bebezinho até criança de 17 anos. Você tem grupo no WhatsApp, então posta isso no grupo porque ele está na nossa região.

Homem que veio de Minas Gerais mata crianças na porta de casa?

Como falamos, a história foi compartilhada incessantemente. Porém, ela é falsa. Sim, falsa. Vamos aos fatos.

O primeiro ponto que nos faz suspeitar da veracidade da história é a fonte da informação. E aí vai um recado: se confiar em textos que circulam na internet já é difícil, acreditar em áudios do WhatsApp é uma tarefa quase impossível. Esperamos encontrar uma notícia verdadeira vinda de lá, mas até agora todas as “notícias” que surgiram em áudios do aplicativo se mostraram falsas após uma apuração.

Mesmo com o pé atrás, tentamos checar as informações que foram repassadas no áudio. E, como era de se esperar, não achamos nenhum tipo de denúncia de alguma morte que aconteceu nas circunstâncias descritas acima. Muito menos cometida por “um homem que veio de Minas Gerais e realiza ritual macabro”.

Para além disso, resolvemos verificar quem são as pessoas das fotos. E como era de se esperar, também não havia nada a ver com o caso descrito no áudio. A foto do homem negro foi retirada de alguns sites de relacionamentos. E não, não há nenhuma acusação de assassinato perante ele.

A imagem do homem loiro é um pouco mais emblemática. Trata-se de uma vítima constante de boatos online. O documento mostra o nome de William Bubna. Aqui no Boatos.org já desmentimos um outro boato em que ele apareceu. Em vez do homem que “veio de Minas”, o boato era no Paraná. Mais do que isso, ele teve que gravar um vídeo para tentar se proteger dos boatos e das ameaças de agressão. Olha o recado dele.

A terceira foto, das crianças que teriam sido “mortas”, nem do Brasil é. De acordo com buscas na internet, trata-se de um caso bizarro que aconteceu no início do ano. Um homem teria matado a família e postado as fotos no Instagram. Não conseguimos verificar a história (se é real ou o que aconteceu), mas o fato é que não se trata de crianças mortas pelo homem que vem de Minas Gerais.

Resumindo: o áudio que circula pelo WhatsApp é falso. Não há nenhum homem que está matando crianças e oferecendo em um ritual macabro. Tudo não passa de mais um perigoso boato que circula online.

4 thoughts on “Homem que veio de Minas Gerais mata crianças na porta de casa #boato

  1. eliseusalles

    O homem negro era originario da cidade de Alagoinhas na Bahia, conhecido como Max Milton. Foi morto em Agosto de 2016 com armas e drogas numa abordagem da policia.

    Reply
  2. Alfredo Neto

    Isso é de uma irresponsabilidade tremenda, isso é crime, e a (as) pessoa (as) responsáveis por dissiminar tais boatos deveriam ser identificada (as) e presas.

    Reply
  3. Mila

    Criminoso é quem faz isso com as pessoas inocentes
    Falta do que fazer.

    Reply
  4. Livia

    Essa página e’ muito importante para derrubar boatos de gente desocupada.
    Parabéns.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *