Caminhões estão cheios de carne descongeladas! Não compre após a greve #boato

Boato – Mensagem alerta para não comprar carne após a greve, pois os caminhões estão cheios de carnes descongeladas que vão ser congeladas e vendidas.

Apesar do acordo firmado entre o governo federal e os representantes de caminhoneiros para o fim da greve, a categoria manteve os atos contra a disparada do preço do diesel. Além do desabastecimento de combustível e alguns alimentos perecíveis, as mobilizações também geraram uma onda de fake news.

Entre elas, está o alerta do “marido de uma pessoa conhecida que é motorista de caminhão” que tem circulado no WhatsApp. A mensagem recomenda que “ninguém deve consumir carne depois que a greve acabar pois os baús estão cheios de carne descongeladas”. Leia o que diz a publicação:

Amigos, o marido de uma pessoa conhecida é motorista de caminhão (de um supermercado grande local), ele disse que ninguém deve consumir carne depois que a greve acabar pois os baús estão cheios de carne descongeladas, certamente serão congeladas de novo e vão para consumo. Fica o alerta.

Caminhões estão cheios de carne descongeladas que vão ser vendidas?

É claro que quando o assunto é saúde, todo cuidado é pouco. Mas será mesmo que os caminhões estão cheios de carne descongeladas? A resposta é não. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Para começar, a mensagem segue o mesmo enredo dos boatos online: é alarmista, sem datas e fontes confiáveis, tem informações vagas e pedidos de compartilhamento. Por incrível que pareça, dessa vez não tivemos erros de português (inclusive, a mente brilhante por trás disso merece os parabéns), mas mesmo assim temos motivos para desconfiar.

O primeiro deles está ligado ao fato de que não há uma fonte confiável que endosse a informação do “marido da pessoa conhecida” que os “caminhões estão cheios de carne descongeladas”. Ou seja, isso não é suficiente para dar credibilidade a informação.

Mas não é só isso: existem sistemas que mantém a carne congelada mesmo com o caminhão parado. Isso porque existem algumas técnicas para manter o sistema de refrigeração, como é o caso do sistema com motor a diesel independente, que mesmo que haja um defeito no motor do caminhão, o compressor continua trabalhando sem risco de descongelar os alimentos.

É claro que existe a possibilidade de a carne estragar, caso os caminhoneiros desliguem o sistema. Mas vamos refletir: não seria nenhum um pouco agradável permanecer em greve (que já não é um dos melhores programas), longe de casa e com cheiro de carne podre. Além disso, o supermercado não se arriscaria vendendo carne estragada já que as multas dos órgãos de fiscalização costumam ser altas.

Por fim, ainda existe a possibilidade de os caminhoneiros manterem a carne congelada para prosseguir com as manifestações, como indica esse vídeo (uma vez que alguns estão consumindo esta carne). Ou seja, não é verdade que os caminhões estão cheios de carne descongeladas. A história é fruto de alarmismo e desinformação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

5 comentários em “Caminhões estão cheios de carne descongeladas! Não compre após a greve #boato

  • 30/05/2018 em 17:49
    Permalink

    Concordo plenamente com o site, o site analisa o boato em si e no comentario respeita que pode ocorrer que realmente aconteça algum caso isolado da carne estragar.Porém essa mensagem é sem fonte e mentirosa, e acaba trazendo pânico desnecessário a população.
    Parabéns ao site.

    Resposta
  • 29/05/2018 em 17:23
    Permalink

    Trabalhei em açougue por um bom tempo e sei que mesmo congelada a carne para consumo tem prazo de validade, então pelo tempo que passou as carnes já estão comprometidas para consumo.
    Essa de que os mercados e açougues correm o risco de serem multados é verdade, mas a maioria da fiscalização é comprada, sempre tem um suborno.

    Resposta
  • 28/05/2018 em 16:06
    Permalink

    Engraçado colocar o fato da noticia ser um boato “porque não tem fontes confiáveis” , devemos então acreditar num post feito na internet? Com informações não verificadas? Baseado apenas no “achismo” em “opinião” porque, quem garante quanto tempo esses sistemas de congelamento ficará funcionando? Vocês, na base no achismo? hahahaha me poupe. Os argumentos de vocês são fraquíssimos pra configurar esse “boato” como mentira. Vocês baseiam seus argumentos na premissa de que no Brasil tudo funciona, as leis são respeitadas e o consumidor também, mas a gente sabe muito bem que isso não é verdade: Vide operação carne fraca.Então por favor, antes de vir aqui “desfazer” um boato, nos traga argumentos com embasamento concreto e confiável, não apenas uma opinião, assim vocês só demonstram que são um bando de arrogantes que ficam descredibilizando os outros quando cometem algum erro de português.

    Resposta
  • 25/05/2018 em 18:39
    Permalink

    Calma lá, existem um fundamento nisso pois o compressor não funciona muito tempo sozinho e os próprios caminhões estão preso no trânsito e com pouco combustível. Então a possibilidade é real.

    Resposta
  • 25/05/2018 em 16:32
    Permalink

    Concordo plenamente que é mais um boato, mas reveja a nota sobre os mercados não venderem carnes estragadas, vendem sim e vendem outros produtos estragados ou fora da validade

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)