Boleto para pagamento de taxa de incêndio no Rio é falso #boato

Boato – Bandidos estão enviado contas de taxa de incêndio no Rio para aplicar golpes. Boletos são falsos por causa do código de barras.

Quem acompanha o Boatos.org sabe que alguns “golpes da internet” podem ser estendidos a outras mídias. Há pouco tempo falamos sobre uma carta que falsários estão enviando em nome da Receita Federal para as pessoas. Esses e outros golpes estão deixando as pessoas cada vez mais desconfiadas. Por incrível que pareça, a desconfiança exagerada também gera alarmes falsos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

A última história que circula na internet dá conta que bandidos estão enviando boletos falsos de pagamento da taxa anual de incêndio em nome do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro. A explicação para o golpe seria o início do código de barras. Enquanto o banco indicado para o pagamento seria o Bradesco (código 237), o código começava com 000. Leia duas mensagens que viralizaram online:

Amigos do Rio de Janeiro, a ladroagem está escancarada! Acabei de receber esta conta de taxa de incêndio e é totalmente FALSA!!!!! Observe o cód de barras, deveria começar por 237 (Banco Bradesco) e o que vemos ? CUIDADO !! Verifique antes de pagar

Bom dia meus amigos acabei de receber uma mensagem de que a taxa de incêndio tá sendo falsa gente é verdade olha essa que eu recebi não tem a numeração do Bradesco. Eu ia pagar mais quem serve a Deus fiel não perde pra satanás tem que ter ao lado dá escrita Bradesco o n.237-2 e a minha não tem conta falsa pegue a sua conta pela internet ou vá no bombeiro pegar segunda via. Meu Deus onde vamos parar

Boleto para pagamento de taxa de incêndio do Rio de Janeiro é falso?

Muita gente, principalmente do Rio de Janeiro, começou a compartilhar a história a torto e a direito. Mas será mesmo que os boletos que estão sendo recebidos pelos Correios para pagamento da taxa de incêndio são falsos? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Quando a confusão começou se espalhar, o próprio Corpo de Bombeiros tratou de explicar a situação por meio de nota publicada no site oficial. De acordo com a corporação, os boletos que estão sendo enviados pelos Correios são legítimos. Também foi apontado que, caso o contribuinte desconfie de fraude, pode imprimir a segunda via no site do Fundo Especial do Corpo de Bombeiros (FUNESBOM). Leia a nota:

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) informa que os contribuintes que identificarem, no ato do pagamento, divergências nos valores da cobrança de suas taxas de incêndio ou suspeitarem de fraude de boletos, podem acessar o site www.funesbom.rj.gov.br para emitir 2ª via do boleto.

A corporação esclarece, ainda, que os boletos – cuja linha digitável inicia com a identificação do banco como “000” – são legítimos. Os documentos impressos neste modelo são de contribuintes que não possuem o CPF/CNPJ cadastrado no FUNESBOM. Sendo assim, o pagamento somente poderá ser recebido pelo Bradesco, de acordo com a nova plataforma de cobrança do Banco Central.

Quanto à diferença entre o valor do título e o efetivamente cobrado pelo banco, identificada até o momento em alguns boletos, não significa fraude. Trata-se de uma incompatibilidade de registros na base de dados do banco, especificamente para os boletos não compensáveis, com pagamento exclusivo no Bradesco, cujos titulares não possuem CPF/CNPJ registrados no FUNESBOM.

A corporação reforça que os vencimentos da taxa de incêndio estão agendados para o mês de julho, entre os dias 10 e 14. A taxa de incêndio é uma obrigação tributária estadual, instituída no Código Tributário do Estado do Rio de Janeiro. Os recursos são aplicados no reequipamento e na manutenção operacional, na capacitação e na atualização de recursos humanos do Corpo de Bombeiros e dos órgãos da Secretaria de Estado de Defesa Civil.

Resumindo: por enquanto, a história que aponta que boletos falsos da taxa de incêndio estão sendo fraudados é falsa. O próprio Corpo de Bombeiros desmentiu a história. Só esperamos que “espertalhões” não resolvam colocar a fraude em prática. Na dúvida, imprima a segunda via.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de Maria Paixão e de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

9 comentários em “Boleto para pagamento de taxa de incêndio no Rio é falso #boato

  • 05/07/2017 em 21:25
    Permalink

    Afinal eu pago a taxa somente no Bradesco ou em qq agencia bancaria!? Mesmo se o codigo de barra iniciar por 00096! Afinal o banco devera ser autorizado a reveber e em caso de fraude para onde vai esse dinheiro arrecadado!?!!!!!!

    Resposta
  • 05/07/2017 em 14:03
    Permalink

    Ei ei…. Não é totalmente boato! Recebi boleto pelo correio com valor diverso do que foi emitido pelo site. O pelo correio R$83,33, o emitido pelo site R$70,54. Fiquem de olho, paguem o impresso no site oficial do FUNESBOM. http://www.funesbom.rj.gov.br

    Resposta
  • 04/07/2017 em 18:17
    Permalink

    ESTÁ MAL EXPLICADO PELOS BOMBEIROS; CÓDIGO DE BARRAS 00096………NÃO CADASTRADO? TEMOS 40 FUNESBOM E 3 APARECEM ASSIM!!! MUITO ESTRANHO?
    Luiz Ferreira.:

    Resposta
  • 03/07/2017 em 13:27
    Permalink

    Eu nunca paguei essa taxa. Moro em um pequeno condomínio e somente eu recebi essa cobrança e retroativo a 2012. Não por que somente eu.

    Resposta
  • 02/07/2017 em 14:19
    Permalink

    Muito obrigada pelo esclarecimento mas neste caso não considero como boato não.
    Pelo q vi no link, a funesbom esclareceu sobre a suposta fraude mas o problema é q demorou muito para eles se manifestarem explicando o ocorrido e qdo a minha irmã entrou no site pra tirar a 2a via, o valor ainda tava diferente e não tinha esse esclarecimento ainda …. sinceramente como estão as coisas hj em dia pensamos logo q era fraude e temos q nos precaver ….

    Resposta
  • 01/07/2017 em 22:00
    Permalink

    EU, PAULO ROBERTO DA SILVA LIMA, RECEBI NA SEXTA-FEIRA UM BOLETO FALSO, SÓ NÃO PAGUEI PORQUE RECEBI UM VÍDEO INFORMANDO A FRAUDE 00096.89829 17100.084825 049999.9999305 1 72170000007054 (DOCUMENTO NÃO COMPENSÁVEL) (PAGÁVEL EXCLUSIVAMENTE NO BRADESCO). PEÇO UMA RESPOSTA, OBRIGADO.

    Resposta
    • 03/07/2017 em 22:57
      Permalink

      Não adianta muito a explicação para quem obteve boletos com valores diferentes: paga-se o menor valor ou o maior, se pagou-se o menor, como e quando pagar a diferença. Funesbom: esclarecem não esclarecendo. Além do mais, diz-se que só é pagável no Bradesco: meu irmão foi hoje pagar no Bradesco o que veio pelos Correios e a própria atendente do caixa deles recusou o pagamento e disse que o boleto (00096….) era fraudado.

      Resposta
  • 30/06/2017 em 19:39
    Permalink

    O pagamento desta taxa é INCONSTITUCIONAL, segundo o STF. Não devemos pagar.

    Resposta
  • 30/06/2017 em 13:37
    Permalink

    Curiosamente, o Boleto de Cobrança que baixei pelo site do FUNESBOM, tem Código de Barras DIFERENTE do que veio pelo Correio, embora ambos se refiram a banco 237, que é o Bradesco.
    Outra curiosidade que o FUNESBOM precisa explicar, é que ambos os Boletos, tanto o que veio pelos Correios, quanto o que baixei pela Internet DO SITE DO FUNESBOM, constam como sendo em PRIMEIRA VIA. Me parece que o baixado pela Internet deveria ser uma SEGUNDA VIA e não PRIMEIRA VIA, a não ser que fosse claramente explicado que o boleto baixado anula o enviado pelos Correios.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)