Diversos sequestros-relâmpagos estão ocorrendo no supermercado Guanabara #boato

Boato – Estão realizando diversos sequestros-relâmpagos nos estacionamentos do supermercado Guanabara. Só nesta semana foram dois. Quem alerta é um detetive do 76º DP, de Niterói.

Muita gente já sabe que o Rio está em situação delicada em relação à segurança pública. O que nem todos se atentaram é que essa atmosfera de medo tem gerado uma onda gigantesca de boatos na internet sobre violência urbana. Hoje, vamos falar de uma denúncia que envolve a rede de supermercados Guanabara.

De acordo com um texto viral no WhatsApp, um detetive do 76º DP (que é de Niterói) teria alertado para uma onda de sequestros-relâmpagos que estariam acontecendo nos estacionamentos do supermercado Guanabara. Leia o texto que circula online:

REPASSANDO POSTADO PELO COLEGA DA 76 DP NITERÓI Aviso urgente… Sou detetive da 76 DP, Centro Aviso a todos que estão fazendo compras no supermercado guanabara que tomem o máximo de cuidado, principalmente as pessoas que estão fazendo compras sozinhas, pois marginais estão fingindo que estão aguardando o carrinho e acompanham as pessoas até o carro particular para pegar o carrinho, quando a pessoa coloca as compras no carro, surge outro meliante que a obriga a entrar no carro , sofrem sequestro relâmpago e são levadas para o caixa eletrônico, onde são obrigadas a sacar o dinheiro da conta… Soy agora, no primeiro dia, foram 2 casos de sequestro relâmpago… Quando alguém pedir o carrinho e te oferecer para ir ao carro, diga que já tem pessoa que vai dar o carrinho, ou exija que um funcionário do guanabara o acompanhe até o estacionamento…. Esse aviso é muito importante… Repasse urgente

Diversos sequestros-relâmpagos estão ocorrendo no supermercado Guanabara?

O tal alerta deixou muita gente assustada. Mas será mesmo que os bandidos já escolheram a sua rede de supermercados favorita (ou não) para realizar assaltos? A resposta é não. Para você entender todos os detalhes, vamos aos fatos.

Como é possível perceber, o texto segue o clássico roteiro dos boatos online: é vago (quem é o detetive, quais são os supermercados onde estão sendo realizados esses sequestros-relâmpagos etc), alarmista, pede compartilhamento, tem erros de ortografia e não cita fontes confiáveis. Já dá para desconfiar.

Para além disso, temos registro dessa mensagem circulando na internet desde 2016 (não sabemos o motivo pelo qual não publicamos o desmentido na época). Não faz muita lógica um problema perdurar por anos a fio em um local estritamente demarcado e não ser solucionado. Imagine só: você é policial (ou dono do mercado) e sabe que sequestros-relâmpagos acontecem no estacionamento. É só aumentar o efetivo (ou a segurança do local) e pronto.

Tem outro ponto: os bandidos seriam muito burros se escolhessem apenas um local para assaltar. Na prática (infelizmente), os assaltos podem ocorrer em qualquer local que seja propício para a ação (normalmente, locais ermos e sem segurança). Só com esses dados e reflexões, já seria possível desconfiar que a história é falsa. Mas tem mais…

Ao buscar sobre a tal onda de sequestros-relâmpagos nos estacionamentos do Guanabara, não encontramos nenhuma informação que endosse que isso seja real. Ao contrário. Recentemente, o jornal Extra fez uma matéria sobre o assunto na qual a rede desmentiu que haja um grande número de assaltos em seu estacionamento. “A rede afirma que a informação não procede e que circula nas redes sociais desde o ano de 2016. O fato foi já desmentido na época”, diz.

Resumindo: o texto segue as principais características de boatos online, não há dados que comprovem o que é dito nele e a rede de supermercados já desmentiu a informação. Logo, podemos dizer que a mensagem que fala de sequestros-relâmpagos no estacionamento do Guanabara é falsa. É mais um boato que circula online.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)