Não leve o celular a cabeça na hora de atender por causa da radiação #boato

Boato – Atender o celular normalmente é perigoso, aproximar o aparelho da cabeça causa danos por causa da radiação que ele emite.

Tem gente que simplesmente não consegue mais se separar dos telefone celular. Tem gente que, por falta de um, tem dois aparelhos. Tem gente que usa em casa, no trabalho, nos passeios, o tempo todo. E tem gente que é assumidamente viciada na tecnologia dos smartphones.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Esses são os novos tempos, não há muito que fazer. Para onde se olha há pessoas atentas aquela luz azul (ou branca) de uma tela de celular. Ou então com o aparelho bem posicionado no ouvido durante uma ligação.

Dentro desse cenário de multiutilização, um alerta está, mais uma vez, circulando na internet. A história de que a radiação emitida pelos celulares é forte o bastante para estourar milho de pipoca voltou à tona, e com isso, tem se espalhado o medo do que essa radiação pode causar quando aproximamos o aparelho da cabeça. Confira o vídeo novamente:

É uma alerta, nunca levar o celular direto na cabeça, Atenda primeiro e depois aproxime.o da cabeça…o que as ondas fazem aos caroços de pipocas ..É assustador…

É preciso evitar levar o celular a cabeça por causa da radiação?

O assunto é polêmico, tem a ver com a saúde humana e a nossa tênue relação com a tecnologia, mas não é preciso tanto furdunço. Pelo menos não ainda.

Antes de qualquer coisa, vale ressaltar que esse vídeo do milho de pipoca estourando já apareceu antes e nós inclusive esclarecemos o caso aqui no Boatos.org. Essas imagens são na verdade uma montagem desenvolvida para uma campanha publicitária da empresa Cardo Systems. O vídeo original é de 2008, mas até hoje (e lá se vão quase 10 anos) as pessoas ainda o replicam como um alerta sobre a radiação emitida pelos celulares.

Inclusive, em 2009 o próprio CEO da companhia falou sobre o vídeo em uma entrevista à CNN de Nova York e esclareceu que é tudo resultado da mágica da edição de imagens. Não dá para duvidar da mente por trás da campanha, né?

De qualquer forma, existe sim um debate sobre os efeitos dos celulares e da radiação emitida por eles, no entanto esse cenário ainda está muito dividido. De um lado, há especialistas que acreditam nos danos causados pela radiação eletromagnética dos telefones móveis e que defendem que essas ondas podem causar alterações no organismo e até doenças.

Do outro, os fabricantes de aparelhos defendem que condutas de segurança estabelecidas pela própria Organização Mundial de Saúde (OMS) são seguidas e vários especialistas também afirmam que a radiação eletromagnética não interfere no corpo humano. Essa matéria do Fantástico explica bem as dúvidas que perpassam o tema.

Ah, e tem também essa matéria da BBC que menciona estudos já comprovados de problemas causados pelo uso excessivo de celulares. Porém, os danos à saúde não tem a ver com a radiação e sim com problemas nos nervos e má postura que se desenvolvem no pescoço e coluna quando utilizamos os aparelhos para enviar e ler mensagens, por exemplo.

Resumindo: esse vídeo não prova que os celulares emitem radiação tão forte que causa dano à saúde humana. Ainda estão desenvolvendo estudos sobre o tema e não há muito consenso se há risco de fato ou não. Na dúvida, não vamos repassar meias verdades, porque, querendo ou não, meias verdades também são boatos.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

2 comentários em “Não leve o celular a cabeça na hora de atender por causa da radiação #boato

  • 27/04/2017 em 02:50
    Permalink

    A radiação emitida pelos celulares e a onda de rádio. Radiação não ionizante que transporta a menor quantidade de energia. Ou seja, nem os efeitos térmicos (aumento de temperatura por absorção das radiações eletromagnéticas) são perceptíveis para as ondas de rádio, diferente das demais radiações como microondas, infravermelha, visível e as ionizantes ultravioleta, x e gama. Há estudos sobre a ação das ondas de rádio sobre os seres vivos que comprovam seu efeitos insignificantes. No entanto, a palavra radiação, não só assusta, como é usada na guerra comercial entre empresas e ambientalistas. Todos os boatos sobre a radiação dos celulares (ondas de rádio) não passam de achismos baseados puramente na ignorância. Além disso, as TVs, rádios etc estão há anos jogando ondas de rádio sobre o povo sem que nenhuma consequência tenha sido documentada ainda, mas quando se coloca uma antena de celular, sempre aparece alguém para dizer que ela irá causar algum mau!

    Resposta
    • 02/05/2017 em 09:32
      Permalink

      E oque vc disse cara e pura ignorância.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)