Evolução de boato dá 12 horas para chegada do Facebook pago

Até um boleto fictício foi criado para o pagamento do Facebook ser feito em 12 horas
Até um boleto fictício foi criado para o pagamento do Facebook ser feito em 12 horas

Boato – Facebook dá prazo de 12 horas para usuários postarem “aviso de privacidade” na rede social. Caso contrário, serviço passaria a se tornar pago

Nesta última semana, um hoax (mensagem falsa que se espalha na internet) sobre os serviços do Facebook começarem a ser pagos se espalhou e, para alegria de quem criou a mensagem, ganhou uma versão mais absurda e sarcástica.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Enquanto a mensagem anterior (que pode ser acessada aqui) falava de um programa inexistente chamado “Domingo Fantástico”, uma entidade chamada OCP e era assinada por ninguém menos do que Fritzburg Weisefüder, a nova mensagem consegue contar histórias mais inverossímeis ainda. Leia a mensagem abaixo.

NÃO AUTORIZO COBRANÇAS POR PARTE DO FACEBOOK, DIRETA OU INDIRETAMENTE. FALTAM 12 HORAS PRAZO FINAL, ACABOU DE SAIR NA MÍDIA, EXTRA OFICIAL, passou no Splash (domingo passado) e no Programa da Querida Julia na quinta-feira, no Jornal Nacional e na terça-feira, na RFM na segunda-feira, no Jornal da Noite, no sábado passado no Gosto Disto e no Corean On Line, Daqui a 30 horas os fiscais do Face darão início a busca seletiva avançada a procura desse aviso no seu mural, tal qual está escrito aqui, e então o facebook e todos os serviços continuarão a ser gratuitos e sem o envio de dados ao governo americano. Do contrário, os dados continuarão a ser pesquisados pelo governo americano, as fotos serão visíveis por todos e seu nome irá para lista de inadimplentes com inclusão no SCP – CPT – SERAZA – OLGIZ – BANK CITY – BOBONIS E TROLINS (conforme lei 3102/07-06, recentemente aprovada pela Constituição da Republica). Caso não tenha esse aviso copiado, colado e registrado em arquivo word no seu computador com um print screen de tela, os agentes do face ligarão a cobrar, uma ligação internacional de 30 minutos, cobrando a taxa de 5,99 E (convertidos a moeda corrente do país pouco mais de 10,00 E por dia mais juros) por semana debitado diretamente na conta telefônica no seu ponto de acesso wi-fi internet segura – Não esqueça de colar isso no seu mural e você estará livre da cobrança e livre de ser taxado de bobo mais uma vez, dentre outros inconvenientes. Caso contrário, em trinta dias suas publicações tornar-se-ão públicas propriedade na privada, suas mensagens e fotos, EU NÃO AUTORIZO!!!!!

Boato do Facebook pago usa e abusa do sarcasmo

Como elementos implementados no novo boato estão os programas “Splash”, “Querida Júlia” e “Gosto Disso”. Todos inexistentes, claro. O “aviso” também citou supostos veículos de mídia como a “RFM” e um tal de Corean (com C mesmo) Online.

A lista de entidades também foi “melhorada”. O SPC e o Serasa da mensagem anterior foram substituídos por SCP e SERAZA. Os órgãos de cadastro de inadimplentes ganharam a companhia de outros como CPT, OLGIZ, BANK CITY e o melhor: BOBONIS E TROLINS (bobos e trolls). Este último órgão foi criado pela “Constituição da República” (não por Lei, Emenda Constitucional ou Medida Provisória).

Obviamente, postar o arquivo não garante nenhuma gratuidade no Facebook. Inclusive, a própria rede social se manifestou sobre o assunto. Declarou que o serviço é gratuito. Tanto é que o verdadeiro lucro da empresa se deve ao grande número de usuários, já que há grande quantidade de venda de publicidade. Mark Zuckerberg não ameaçaria isso tornando o serviço pago.

Vale relembrar três dicas para você não cair nessas pegadinhas nas redes sociais: use o bom senso e sempre pesquise sobre as entidades citadas na mensagem, fique atento a erros de português e divulgue textos esclarecedores para outras pessoas não caírem no boato.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Evolução de boato dá 12 horas para chegada do Facebook pago

  • 25/03/2015 em 15:24
    Permalink

    Os programas referido por vós como inexistentes “Querida Júlia”, “Splash” e “Gosto Disso” são programas portugueses e existem sim. Não sei contudo se a matéria em questão passou nestes programas do canal televisivo português SIC.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)