Bebê tem câncer no sangue e WhatsApp paga um real por compartilhamento #boato

Boato – Compartilhe foto de bebê com câncer no sangue e braço inchado. A cada compartilhamento, o WhatsApp paga R$ 1 para a mãe dele fazer o tratamento.

Na última semana, desmentimos um boato que dava conta de que o WhatsApp estava pagando R$1 por compartilhamento de uma foto de uma criança que teria câncer de medula. Na ocasião, destacamos que o áudio chega a falar que a criança “tem medula” como problema de saúde. Pois bem, o boato voltou a circular. Porém, com outro áudio e outras fotos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Circula na internet a informação de que um bebê com o braço inchado estaria com câncer de sangue e que o WhatsApp (pasmem) pagaria um real pelo compartilhamento da foto do menino. Por sinal, o áudio também está sendo usado junto com outras fotos. Escute o arquivo e leia a transcrição:

Esse nenemzinho tem câncer no sangue e cada vez que a gente compartilhar a foto, a mãe dessa criança ganha um real para o tratamento. E por isso que a gente tá compartilhando. Se você puder também tá compartilhando para tá ajudando. O WhatsApp paga pra mãe dele um real por compartilha. Desse neném.

Bebê tem câncer no sangue e WhatsApp paga um real por compartilhamento?

É complicado perder tempo desmentir um caso tão absurdo. Mas como o boato continua (mesmo com os nossos esforços) enganando muita gente, estamos aqui para falar que a história é falsa. Vamos aos fatos.

O primeiro ponto está no próprio áudio que circula online. O áudio tem diversas características de boatos online (inclusive os erros de português, que ainda persistem). Além disso, tem caráter alarmista, informações vagas e pedido de compartilhamento. Ou seja, tem o pacote completo da boataria.

Encontramos a origem da imagem do bebê com o braço inchado, mas vamos ignorá-la por um motivo. Mais importante do que saber que não se trata de uma criança com câncer no sangue  (e de fato não é), é vocês entenderem que o WhatsApp NÃO doa dinheiro para crianças doentes com base em compartilhamentos de fotos.

Os motivos nós já explicamos diversas vezes, mas vamos relembrar rapidamente por aqui. 1) O WhatsApp é criptografado. Logo, nem os administradores do app conseguiriam monitorar quantas vezes a foto foi compartilhada. 2) Seria bizarro alguém condicionar a doação à imagem da criança doente. Só uma mente também doente.

Resumindo: a história que aponta que o bebê que tem câncer no sangue vai receber R$ 1 por compartilhamento de foto no WhatsApp não só é falsa como recorrente. Toda vez que você vir uma foto (seja do que for) com a mensagem, siga a recomendação do vídeo abaixo. Abraços.

Em tempo: a mesma foto do bebê está circulando na internet como se fosse de uma vacina reutilizada. Informação também é falsa, mas achamos que, por enquanto, não precisa fazer o desmentido sobre isso. Por enquanto…

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Bebê tem câncer no sangue e WhatsApp paga um real por compartilhamento #boato

  • 06/12/2017 em 19:49
    Permalink

    Isso é caso de polícia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)