Vacina contra febre amarela causa perda de visão (cegueira) #boato

Boato – Estudo do Instituto de Imunologia de Macapá mostra que vacina contra febre amarela pode causar cegueira.

Depois da confirmação de casos de febre amarela no Rio de Janeiro, o governo do estado começou uma campanha de vacinação da população contra a doença. É claro que a ação ocasionou o aparecimento de boatos na internet.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Um deles está em uma mensagem que está viralizando no WhatsApp. De acordo com o texto, assinado por um “médico David Malho Teixeira”, um estudo em Macapá comprovou que a vacina da febre amarela tem alto teor de cloridrato de sertralina e pode causar perda de visão. Leia o texto:

Urgente! Preciso que esta notícia chegue a toda população do Rio de Janeiro.

Após 15h de estudos iniciado  na manhã deste dia (16/03/2017) no instituto de imunologia estadual em Macapá, pode observar que o antivírus anunciado para a imunidade da febre amarela pode conter riscos.

Foi detectado alto teor de cloridrato de sertralina em sua composição podendo gerar retardo do aparelho do glóbulo ocular, gerando a perda da visão definitivamente. Vamos passar essa informação ao máximo de pessoas, o governo sabe do risco, porém não quer anunciar. Você pode estar imune da  doença, porém correndo sério risco de perda da visão. Conto com a ajuda de todos. Atenciosamente, Dr. David Malho Teixeira.

Vacina contra febre amarela causa perda de visão (cegueira)?

Eis aí um dos piores e mais maldosos tipos de boatos que circulam na internet. Sim, porque é muita maldade inventar uma notícia sobre uma vacina que pode salvar vidas. Vamos aos fatos.

Uma busca rápida nos ajuda a esclarecer o assunto. Primeiro, não existe “instituto de imunologia estadual em Macapá” nem “Dr. David Malho Teixeira”. Quem inventou a história “tirou isso do nada”.

Quem escreveu o boato também inventou que cloridrato de sertralina está na composição. A substância está, na realidade, presente em remédios para a depressão. Detalhe: não há nenhum efeito colateral relacionado à perda de visão.

Vale apontar também que não está previsto nenhum efeito colateral relacionado à perda de visão na vacina de febre amarela. Os únicos efeitos apresentados com a vacina foram esses: “2 a 5% das pessoas vacinadas apresentam, depois do 6º dia da aplicação da vacina, febre, mialgia e cefaleia, com duração de um a dois dias”.

Só para terminar, o texto que circula no WhatsApp tem as principais características de boatos na internet: informações vagas, pedido de compartilhamento, caráter alarmista e erros de ortografia.

Resumindo: a história que aponta que a vacina da febre amarela pode causar cegueira é falsa. Se as autoridades da sua região recomendam que você seja vacinado, é melhor fazer isso.

PS.: esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331- 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)