Ministério da Saúde incentiva estupradores a usarem camisinha, diz notícia falsa

By | 04/12/2015

Boato – Para reduzir risco de DST’s, o Ministério da Saúde lançou uma campanha de prevenção voltada a estupradores.

A história que vamos esclarecer agora poderia ser a gota d’água dos boatos do mundo, o fim da picada. Poderia ser, mas provavelmente não será, porque as chances de aparecer algo pior – e mais absurdo – em breve são muito grandes.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Campanha falsa do Ministério da Saúde incentiva que ustapradores usem camisinha

Campanha falsa do Ministério da Saúde incentiva que ustapradores usem camisinha

O fato é que está se espalhando pelo Facebook a suposta campanha do Ministério da Saúde que incentiva estupradores a usarem camisinha. Exato, segundo uma montagem repassada na rede social, há uma campanha que aconselha o sexo seguro em casos de estupros. Na foto, as mensagens foram feitas numa mistura de meme e apelo publicitário:

‘Não estupre, mas se for estuprar use camisinha.

SENHOR ESTUPRADOR, PODERIA POR FAVOR, COLOCAR O PRESERVATIVO ANTES DE VIOLAR O MEU CORPO?’

Pasmado(a)? Nós também. A campanha, obviamente é falsa e se trata mais uma vez de uma piada postada no site de Joselito Muller, sim, aquele que só tem brincadeiras e notícias falsas. Como se não bastasse, a montagem ganhou repercussão na página Vocalistas Irônicos, que segundo sua própria descrição ‘posta tirinhas de humor, trechos e coisas do tipo’.

Não entraremos no mérito sobre o péssimo gosto dessa balela em específico. Brincar com um assunto sério como o estupro, crime que acontece a cada 11 minutos no Brasil não nos parece nada engraçado, mas, novamente, não nos cabe avaliar aqui.

Realmente, o problema maior não é a piada feita, mas sim a quantidade de pessoas compartilhando e curtindo a campanha como se fosse verdadeira e com comentários de indignação – ‘onde esse governo parar’, ‘e eu que pensei que já tinha visto de tudo’, ‘como assim gente, que mundo é esse?’. Atentem, são comentários de crença, de quem repassou a brincadeira como se fosse verdade e não de gente chocada com o teor da mentira.

No fim das contas, nós é que pensamos que já tínhamos visto de tudo. Até aparecer mais essa, uma campanha falsa (um despautério) de prevenção a DST’s para estupradores. Deve ser mesmo o fim da picada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *