Informação falsa: paciente com ebola está internado em Nilópolis (RJ)

By | 05/10/2014
Programa de TV apontou que primeiro caso de ebola foi registrado no Brasil

Programa de TV apontou que primeiro caso de ebola foi registrado no Brasil

Boato – Programa de TV apontou que paciente internado com ebola está sendo escondido na clínica Pronil, em Nilópolis (RJ)

Na primeira semana de outubro, o mundo acendeu mais um alerta sobre o ebola. Os Estados Unidos tiveram o primeiro caso da doença detectado dentro do país. Foi de um homem que havia voltado da Libéria e não comunicou que teve contato com infectados. No Brasil, o alerta também se acendeu.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Depois das histórias de que o ebola teria entrado no Brasil por meio de haitianos no Acre e de um caso confirmado no Maranhão, surgiu uma notícia de que um homem estaria internado na cidade de Nilópolis (PR) com a suspeita de ebola. Ele teria voltado de Moçambique e estava internado no Hospital de Clínicas Antônio Paulino (Pronil).

E desta vez, a notícia ganhou corpo por causa de um programa de TV. A informação foi divulgada no programa Fala Baixada, da CNT. Ainda de acordo com a história, o paciente se chamava Cássio e teria 41 anos. Assista:

BAIXADA – O programa Fala Baixada, da Rede de Televisão CNT, divulgou na noite de ontem, que um paciente teria chegado na madrugada da última terça-feira (30 de setembro), no Hospital de Clínicas Antônio Paulino (Pronil), no município de Nilópolis, com sintomas de Ebola. De acordo com o programa, o paciente, identificado apenas como Cássio, de 41 anos, estava em uma missão em Moçambique.

Procurado pelo programa, o Pronil, negou a existência de qualquer paciente internado com suspeita da doença.

Mas vamos aos fatos. Será verdade que desta vez o ebola chegou no país? A resposta do boato começa a ser respondida na própria mensagem. Ao final do vídeo e da mensagem, é dito que a clínica nega a chegada de qualquer pessoa.

Poderia ter resolvido o caso, mas o grande problema é que o programa não acreditou na versão do hospital e continuou falando detalhes sobre o pobre do Cássio. A versão da história diz que Cássio esteve em Moçambique e contraiu a doença no país africano. Detalhe: Moçambique não tem casos registrados de ebola.

Além disso, o apresentador fala que a equipe da TV Record também já sabia da internação. Mas não há publicação de matéria alguma por parte da Record. Aliás, do resto da mídia só achamos desmentidos da história. Entre eles, o do site SRZD.

Com base nessas informações, podemos chegar à conclusão de que a história não passa de mais um boato online. É muito provável que esta não seja a última informação falsa em relação ao ebola que se espalha na internet.

2 thoughts on “Informação falsa: paciente com ebola está internado em Nilópolis (RJ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *