Brasileiro descobre a cura do câncer e é preso, afirma boato

By | 03/09/2015

Boato – Depois de descobrir substância que cura o câncer, cientista brasileiro foi preso por distribuí-la gratuitamente à população.

Infelizmente o mundo é um lugar cheio de problemas. Otimismos à parte, temos que lidar com violência, intolerância, pobreza, fome e claro, doenças. Por mais avançada que a tecnologia seja e por mais longe que a Ciência chegue ainda não temos a fórmula perfeita que nos livra de qualquer enfermidade.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Segundo boato, pesquisador aposentado descobriu substância que cura o câncer

Segundo boato, pesquisador aposentado descobriu substância que cura o câncer

Ou temos? Nos últimos dias, uma história sobre o câncer que tem se espalhado na internet anunciou a descoberta da cura para essa doença. Segundo a notícia compartilhada na web, um cientista brasileiro descobriu a cura para o câncer e foi preso após distribuir o medicamento gratuitamente à população.

Confira o trecho:

‘BRASILEIRO DESCOBRE CURA DO CANCER E É PRESO APÓS DAR DE GRAÇA MEDICAMENTOS PARA PORTADORES DA DOENÇA

Um professor aposentado da Universidade de São Paulo (USP) conseguiu desenvolver uma substância que pode curar o câncer.

Gilberto Orivaldo Chierice coordenou por mais de 20 anos os estudos com a fosfoetanolamina sintética, que imita uma substância presente no organismo e sinaliza células cancerosas para a remoção pelo sistema imunológico. “A fosfoamina está aí, à disposição, para quem quiser curar câncer”, disse o especialista.

Uma portaria da universidade proibiu a distribuição até o registro junto à Agência Nacional da Vigilância Sanitária (Anvisa) e pacientes que tinham conhecimento dos estudos entraram na Justiça para obter as cápsulas. Procurada a Anvisa disse que não identificou um processo formal para a avaliação do produtos em seus registros e que não houve por parte da instituição de pesquisa nenhuma iniciativa ou atitude prática no sentido de transformar o produtos em medicamento.

[…]

Mas, de acordo com Chierice, a substância, também conhecida como fosfoamina, não chegou ao mercado por “má vontade” das autoridades. Ele disse que procurou a Anvisa quatro vezes e foi informado que faltavam dados clínicos.

[…]                                 

O professor aposentado explicou que, com a ingestão das cápsulas, as células cancerosas são mortas e o tumor desaparece entre seis e oito meses de tratamento. “Mas é evidente que um caso é diferente do outro”, afirmou, reforçando que o período pode variar de acordo com cada sistema imunológico.

Baseado em informações como as descritas acima, o seguinte vídeo foi postado no Facebook:

Com a legenda: ‘REVOLTANTE!!! Pesquisador brasileiro descobre uma possível cura para o câncer É É PRESO PELO ESTADO!!!! Se você defende a regulação estatal na saúde, é ISSO que você está defendendo! COMPARTILHE!’, o vídeo já rendeu mais de 7 mil compartilhamentos.

Acontece que as coisas não aconteceram exatamente dessa forma. Entre informações certas e mal explicadas, de verdadeiro sabemos que o professor Chierice realmente coordenou uma pesquisa sobre a fosfoamina e que chegou a resultados positivos sobre a ação dela em células cancerosas.

Em entrevista ao G1, o cientista apresentou muitos ‘achismos’, o que não combina nada com ciência. Em um artigo publicado em uma revista científica, a Anticancer Research, o resultado apontou o seguinte: “Este estudo sugere que a fosfoetanolamina sintética é um potencial remédio anticâncer”. Convenhamos que ‘potencial remédio’ é bem diferente de ‘cura’.

Depois da polêmica dessa história, a Fundação Oswaldo Cruz emitiu um texto de esclarecimento sobre a utilização da fosfoetanolamina para o tratamento do câncer. Segundo a fundação ainda faltam inúmeros estudos para estabelecer sua eficácia.

Outra informação equivocada, o cientista da USP que encabeçou a pesquisa não foi preso. Deixemos claro que a pessoa presa por distribuir o medicamento à população foi Carlos Kennedy Witthoeft. De Santa Catarina, Carlos tomou conhecimento sobre a fosfoamina durante o tratamento da mãe e depois disso, em contato com os pesquisadores, conseguiu a formulação do remédio. Por causa da distribuição sem permissão foi acusado de falsificação de medicamentos e preso. Agora, Carlos aguarda julgamento em liberdade.

Por fim, dois esclarecimentos bem importantes. Primeiro, câncer não é como AIDS, por exemplo, uma doença específica que demanda uma cura específica. São inúmeros os tipos de câncer e é difícil pensar em uma cura capaz de liquidar diferentes tumores.

Segundo, é ilógico pensar que a cura ainda não está disponível por causa da máfia farmacêutica. Economicamente falando, em um mundo que prevê 22 milhões de pessoas com câncer nas próximas duas décadas, imaginem quanto de dinheiro esses seres do mal ganhariam com um remédio efetivo? Quanto as pessoas não pagariam para se tratar dessa doença tão agressiva?

Conclusão: nem tudo que reluz é ouro e nem todo resultado positivo é cura.

22 thoughts on “Brasileiro descobre a cura do câncer e é preso, afirma boato

  1. Carlos Alberto Nobre

    O QUÊ PODEMOS DEDUZIR COM ESSES COMENTÁRIOS, É QUE QUALQUER CIENTISTA QUE DESCOBRIR A CURA PARA ESSA DOENÇA TÃO CRUEL, ESSE SERÁ PERSEGUIDO PELAS INDÚSTRIAS MULTINACIONAIS FARMACÊUTICAS, POIS ESSES MAFIOSOS SÓ PENSÃO EM DINHEIRO E ESQUECEM QUE NÓS DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM NOSSO PRÓXIMO, E VOCÊ SABE POR QUE?, ESSE SISTEMA CORRUPTO E PODRE EM QUE VIVEMOS JAZ NO PODER DO INÍQUO.

    Reply
  2. Marisa Aparecida dos Santos

    Se eu tivesse essa doença terrivel procuraria esse homem e pedia pra ser umas das pessoas para realizar o teste . è sabido que um dia todos iremos morrer de alguma coisa mas quem quer isso ? principalmente com essa doença .Então se ele conseguiu elaborar essa pilulas eu seria presa tambem ,mas seria por tentar viver . Outra coisa ja inventaram muitas coisas que não quero citar mas , nunca permitiram a população , mas como não tem “Lucros”, não tem chance , mas pilulas fajutas para emagrecer , para rejuvenecer etc, kkkkkkkkkkkkk isso pode

    Reply
  3. CARLI

    DEVEMOS UNIRNOS PARA QUE ESSA DOENÇA SEJA ELIMINADA E QUE SOBRETODO AS INDUSTRIAS FARMACEUTICAS ACABEM DE PENSAREM NO LUCRO SOBRE AS PESSOAS DOENTES.POSSIVEL QUE NO SECULO XXI AINDA NÃO EXISTAM UMA CURA DO CANCER…JA O MEU PROF DE HIGIENE FALAVA ISSO NO CURSO DE ENFERMAGEM A 20 ANOS ATRAS….AS INDUSTRIA FARMACEUTICAS SO TEM INTERESSE NO TRATAMENTO MAS NÃO NA CURA…ISSO E CLARA E VISIVEL..ATÉ NAS DOENÇAS MENTAIS….MEDICOS GANHAM POR DOENÇA….DESDE SEMPRE…..

    Reply
  4. Angelita

    REPORTAGEM TENDENCIOSA, COM INTUITO DE DESQUALIFICAR OS PESQUISADORES DOUTORES, ORGULHO DE SER GAUCHA. RECEBEMOS OS MESMOS AQUI COM HONRAS E ESTAMOS CORRENDO CONTRA O TEMPO EM BUSCA DE LABORATORIOS QUE CONCLUAM A ETAPA DE TESTES FORMAIS EM HUMANOS (PORQUE INFORMAIS JA EXISTEM CENTENAS DE DEPOIMENTOS, POR ISSO AS MILHARES DE LIMINARES ENTENDEM?) FIQUEM AI JOGANDO AGUA EM TUDO QUE POSSO SER UMA ATITUDE HUMANITARIA E CONTINUEM NA DEFESA DOS INTERESSES FINANCEIROS ESPECUILATIVOS. VOCES DEVEM TANTOS FAVORES QUE OU FAZEM ISSO OU MORREM DE FOME..VISTO POR ESSA OTICA E COMPREENSIVEL ELEGER O CANCER AO INVES DA FOME MESMO.

    Reply
  5. José Nazareno Pereira Monteiro

    Gostaria de ter mais dados para poder tomar uma posição mais convicente em relação ao assunto. Mais uma coisa é certa, quando olhamos para os relatos bíblicos, nos deparamos com uma situação que está sendo cumprida, quando o Apostolo Paulo escreve a seu filho na Fé Timóteo. (2 Timóteo Cap.3V1-9).
    É lógico que descoberta de medicamento para qualquer tipo de doença por particular, em especial para a cura do Câncer, vai causar entropia, pois o sistema está plantado em cima do lucro, pois todos nós sabemos que os envolvidos nesse sistema, jamais aceitarão, pois vivem em função das doenças alheias. Portanto, quanto mais doenças, mais lucros. Sabemos de várias pesquisas que são feitas nesse sentido, que culminam com a cura não só do câncer mais de outras doenças, porém não são divulgadas, pois vai atingir o lucro das grandes indústrias farmacêuticas. Que nossas autoridades competentes, averigue com mais profundidade, a veracidade dos fatos.

    Reply
  6. Joseci Pereira

    mas pelo que eu li, a fabricação desse remédio custa 10 centavos, ou seja, pra industria farmacêutica esse remédio é sim muito perigoso, e esse vídeo é muito esclarecedor e interessante feito pelo Dr. Renato Meneguelo:

    fb.com/MapnaKohvan/videos/10206762273408488

    Reply
    1. Patricia

      Isso mesmo… tem toda razão… so quem passa por isso sabe como é cruel a realidade…
      E se a substancia pode curar em seis meses… pior ainda para a industria farmacêutica porque o tratamento leva anos ate a pessoa MORRER… e ate isso acontecer muitos outros remédios vão sendo utilizados para tratamento dos efeitos colaterais que vão piorando cada vez mais a vida e a qualidade de vida das pessoas doentes!!!!!!
      Chega meu Deus…. alguém tem q acabar com essa industria da morte!!!!!!

      Reply
      1. Patricia

        E tem mais………
        Não se assustem se de uma hora pra outro esses herois da vida, que estao se expondo em favor da cura de milhares de pessoas, misteriosamente desapareceram ou sejam encontrados mortos… pois é esse o risco q eles estão enfrentando… perder a propria vida em trocar de milhares de vidas curadas!!!!!!

        Reply
  7. Rodrigo

    A industria farmaceutica não quer ninguém curado, isso é tão óbvio de ver…
    O que eles querem são pessoas doentes, que comprem seus remédios, e não oferecer curas.

    Reply
  8. guaracy

    A hipocrisia do ser humano é nojenta. Do Poder Público épior ainda. Maldito seja aquele que impede a vida. São pessoas corajosas que conseguem mostrar verdades tais quais esta. O remédio que cura uma doença maldita que nao informa onde vai, nem a ricos nem a pobres mas, como curar e deixar bandidos pobres no ramo de medicamentos e hospitais? É isso. A humanidade desumana. A ganãncia a usura acima do amor e da paz. Parabens Brasil pelos corruptos gananciosos que vc tem abrigado.

    Reply
    1. Solange

      Gente quando uma pessoa esta com cancer sofrendo tanta dor e vendo seu fim ali bem na sua frente,ela precisa de algo q as ajude e esse medicamento estava ajudando.E se fosse com VOCE ?????
      Hipocritas e Despresiveis sao as pessoas que so pensam em dinheiro essa e a verdade.
      Tomara que pelo menos outro pais de apoio a esse senhor e de uma esperança pra quem sofre de cancer porque nao e facil e essas quimios que destroem a pessoa seja substituida por algo que realmente faça efeito….

      Reply
  9. Hortencia souza

    Quem manda é o poder! E o poder não quer a cura quer tratamento até a morte! uma pessoa precisando, passa dez anos de sua vida dando lucro! assim as empresas ganham mais!

    Reply
  10. Aparecida

    Em quem podemos acreditar. Vivemos num país que autoriza os laboratórios fazerem propaganda de remédios , com o objetivo de faturar em cima da ignorância dos cidadãos e cidadãs desinformados. Hum país , dos que gostam de levar vantagens em tudo. Que a verdade vença, para o bem de todos.

    Reply
  11. Gustavo Molina

    Se você entendesse como funciona a linguagem científica, saberia que artigos científicos são bem cautelosos na escrita, e a frase “Este estudo sugere que a fosfoetanolamina sintética é um potencial remédio anticâncer” é mais forte do que parece para leigos, e significa que os indícios são realmente fortes.

    Com efeito, sabe-se até o mecanismo pelo qual a fosfoetanolamina age, isso é, o “jeito” que ela inibe os cânceres, biologicamente falando. E observa-se efeito tanto in-vitro (em tubo de ensaio) quando in-vivo (em organismos vivos). É através da mitocôndria, responsável pela respiração celular. E o mecanismo de respiração celular em todas (ou quase todas) as células cancerígenas é diferente das células normais.

    Saiu até na Nature, que talvez já tenha ouvido falar. É uma das revistas científicas mais importantes. Super respeitada. É em inglês, mas você pode usar o tradutor do Google. A maioria dos artigos científicos importantes é em inglês.
    http://www.nature.com/bjc/journal/v109/n11/full/bjc2013510a.html

    Caso alguém que leia isso queira, aqui explica mais do mecanismo http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23773853
    Aqui tambem fala http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24201752
    e aqui http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3597720/
    e aqui http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22902646
    e esse aqui é um estudo feito no Brasil, mas em inglês. Com fotos que dá para ver bem o efeito dela. http://www.omicsonline.org/1948-5956/synthetic-phosphoethanolamine-induces-apoptosis-through-caspase-3-pathway-by-decreasing-expression-1948-5956.1000058.pdf
    existem mais centenas de trabalhos científicos sobre os efeitos dela no câncer. E várias centenas de milhares de trabalhos científicos que concluem que várias substâncias revertem câncer in-vivo. Não foi encontrada já uma cura do câncer, mas várias dezenas. Mas é difícil divulgar curas que não dão lucro, ou não são patenteáveis, quando um setor bilionário inteiro da medicina (oncologia) seria destruído se fosse divulgada uma cura simples e efetiva. E quem poderia divulgar é justamente esse setor. Que ganha centenas de milhares de reais a cada paciente.

    Reply
  12. Socrates Bandeira

    Refutação rasa igual à do e-Farsas… Ignorando as pessoas que chegaram a usar a substância com sucesso, como a mãe do sr Carlos Withoeft, e um FATO mercadológico: em qualquer tipo de negócio, ganha-se mais ganhando-se sempre! Simplesmente não interessa à industria farmacêutica a CURA de doença nenhuma, nem de uma simples gripe! E se hoje há cura para tantas doenças, é preciso levar em conta fatores políticos, sociais e econômicos da época em que se declararam “curáveis”, não apenas a disponibilidade de um composto químico. Pense num remédio que curasse a burrice e que desse ao fabricante o lucro de 1 dólar por paciente : hoje, poderíamos curar, no máximo, 7 bilhões de pacientes e, a partir de amanhã, o lucro seria de apenas 200 mil dólares por dia, virtualmente para sempre! Bem diferente de poder fazer contratos com governos para vender 7 bilhões todo dia, havendo doentes ou não!

    Reply
    1. Ricardo

      se cura-se mesmo alguma industria farmaceutica compraria essa fórmula e ganharia horrores

      Reply
      1. Marcos

        Outros países estão interessados na formula, será porque? sabe o que pode ocorre caso a formula seja passadas para estes países. Outra vez o Brasil fica pra traz. Porque existe autoridades que não têm a decência de realizar os testes.

        Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *