Achocolatado Toddynho contaminado está matando crianças envenenadas #boato

By | 27/08/2016

Boato – Não bebam o achocolatado Toddynho e nem de outra marca. Crianças e adultos estão morrendo por causa do produto contaminado.

Sem dúvidas, uma das maiores preocupações das pessoas é em relação à saúde. O reflexo disso está na internet. Volta e meia, textos dando alertas sobre produtos aparecem online. A questão é que nem sempre as histórias são verdadeiras. Aqui no Boatos.org a gente já desmentiu histórias sobre Coca Cola com rato, sobre Red Bull com esperma e outras tantas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Achocolatado Toddynho contaminado já causou diversas mortes por envenenamento, diz boato

Achocolatado Toddynho contaminado já causou diversas mortes por envenenamento, diz boato

Agora, um áudio que circula por WhatsApp está fazendo um alerta para mães de todo o Brasil. De acordo com a mensagem, várias crianças estão morrendo após consumir achocolatados contaminados. O alerta fala para as mães não darem a bebida para os seus filhos e, claro, causou pânico. Leia três versões sobre o assunto que circulam online:

Gente é urgente, repassem o Máximo que conseguir!!!! Recebi um áudio no whatsapp falando que Duas crianças morreu no pronto socorro, e um adulto tbm Morreu, a polícia está desconfiada que é um lote contaminado de “Toddynho” mas não sabe se é o Próprio “toddynho” Pode ser qualquer produto desses de Caixinha “Nescau” “toddynho” “achocolatado” NÃO TOMEM” avisa pro todo mundo, espalha o máximo possível.  

Hoje faleceu 2 crianças e 1 está em estado gravíssimo lá no PS!! Suspeita: as 3 crianças convulsionaram depois de 2h terem consumido Todinho!! A Polícia está em off investigando , pois suspeitam de lote contaminado!! Na duvida não de este produto para as criancas e nao consumam…. Recebi no grupo da escola que minha filha estuda. Toda atenção com nossos pequenos é pouca. O pediatra da minha filha mandou um audio também dizendo para evitar de consumir qualquer achocolatado

Boa tarde meus amigos.Então,eu quero dar um aviso SUPER,HIPER,MEGA IMPORTANTE! No Rio de Janeiro,houve umas 2 ou 4 mortes de crianças e adultos.Mais vcs devem estar se perguntando: “Como assim”? Bem,essas 4 mortes foram provocadas por um produto extremamente perigoso! O famoso TODDYNHO.Então,dizem que o Lote dele,está contaminado.O Nescau tbm está a mesma coisa.GENTE,CUIDADO COM ISSO! A minha irmã me disse que o meu sobrinho está com muita diarréia e isso é perigoso.Eu tbm estou passando mal.Estou com um mal estar que só Jesus pra me fazer um milagre!Por favor,cuidado com os seus filhos.E vcs adultos tbm tem que tomar cuidado.Nem Sustagem Kids pode tomar.

Achocolatado Toddynho contaminado está matando crianças?

Claro que é sempre bom ficar alerta com o que acontece. Mas será mesmo que achocolatados da marca Toddynho estão causando muitas mortes assim pelo Brasil (se calcularmos pelas mensagens acima, foram 10!)? Olha, não é bem assim. Vamos nos fatos.

Para começar, as mensagens têm todas as características de um boato de internet. Elas não são datadas, não dão detalhes sobre onde aconteceram as mortes, são alarmistas e tampouco citam fontes. Só isso já deixa a gente com um pé atrás.

Em uma pesquisa rápida, descobrimos que realmente houve um caso suspeito de morte após ingestão de achocolatado (muito provavelmente, esse caso foi o estopim para o relato de “muitas mortes”).

De acordo com essa notícia, uma criança de dois anos passou mal após consumir achocolatado da marca Itambezinho em Cuiabá (MT) nesta semana. Por precaução, a vigilância sanitária suspendeu a venda de todos produtos do lote encontrado na casa da criança. É claro que a história causou preocupação, mas há três detalhes que afastam o fato dos textos que circulam online:

Ao contrário do que foi dito no áudio, não aconteceram “muitas mortes”. Até o momento, o caso ocorrido em Cuiabá foi o único registrado.

Para além disso, não há certeza que o achocolatado causou a morte da criança (isso vai depender de um laudo toxicológico). A própria Vigilância Sanitária teve que esclarecer, posteriormente, que a retirada do produto das prateleiras é uma medida “de praxe”.

Por fim, sequer a marca Toddynho está envolvida na história. E outra confusão foi causada por outra notícia verdadeira. Depois da história no MT e do alerta nas redes sociais, começou a circular um link que fala sobre a interdição de lotes contaminados do produto. Detalhe: a notícia é de 2014. Ou seja, uma coisa não tem nada a ver com outra.

Resumindo: não está acontecendo “muitas mortes” por causa do consumo de achocolatado Toddynho. Pegaram um caso suspeito, começaram a criar um alarde sobre uma sequência de mortes e colocaram outras marcas na história. É a velha história do aumenta e inventa.

Atualização do caso do achocolatado Itambezinho

No dia 1º de setembro, a empresa Itambé divulgou que a polícia do Mato Grosso chegou à conclusão de que foi um envenenamento de produto que causou a morte da criança de dois ano. Leia release da polícia.

Ação conjunta soluciona caso de envenenamento que matou criança em Cuiabá
Investigações conduzidas pela Polícia Judiciária Civil, em conjunto com a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), apontaram que o menino R.C.S.S, 02 anos, que morreu após a ingestão de uma bebida achocolatada em Cuiabá na quinta-feira (25) foi vítima de envenenamento. Na manhã desta sexta-feira (01) foram presos dois homens suspeitos de participação no evento.

A apuração revelou que Deuel de Rezende Soares, 27 anos, usuário de drogas e que constantemente subtraía produtos alimentícios de casas e estabelecimentos comerciais da região do bairro Parque Cuiabá, realizou o furto de 05 caixas de bebidas achocolatadas de duas marcas na residência de Adônis José Negri, 61 anos.

Segundo as investigações conduzidas pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), essa não seria a primeira vez que Deuel furtava o local, tanto que o proprietário da casa teria ameaçado o suspeito na semana anterior ao crime.

“Revoltado com os constantes arrombamentos à sua residência, Adônis arquitetou a vingança fazendo uso de uma seringa para injetar o veneno nas bebidas, para deixar como uma espécie de isca para Deuel. Ocorre que Deuel não fez uso do produto, mas vendeu o produto à mãe do menino envenenado, D.C.S, 28 anos, pelo valor de R$ 10”, explica o delegado titular da Deddica, Eduardo Botelho.

LAUDO

O laudo toxicológico da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), realizado pela Diretoria Metropolitana de Laboratório Forense, deu positivo para envenenamento nas amostras de achocolatado encaminhadas pela PJC e no material biológico da criança que morreu após ingerir a bebida.

O exame pericial detectou a presença da substância Carbofurano nas cinco caixas de achocolatados de duas marcas diferentes.

A substância é o princípio ativo encontrado em pesticidas utilizados para controle de pragas em lavouras, e comumente aplicado como veneno de rato. A técnica utilizada pelos peritos foi a

Cromatografia Gasosa e Espectrometria de Massas.

Após pesquisa minuciosa, os peritos conseguiram descartar a hipótese de contaminação biológica por bactéria ou fungo, decorrente do processo de fabricação, e identificar a contaminação externa através de um furo compatível com agulha de seringa na parte lateral superior de cada embalagem.
“Unindo o histórico da morte da criança que veio a óbito muito rápido, e os sintomas apresentados, juntamente com o laudo da necropsia, tracei uma linha de pesquisa sobre a classe de venenos que poderiam trazer esses efeitos, antes de detectá-los no exame”, explicou o perito crimina Diego Viana de Andrade.

Ainda de acordo com o perito, o conteúdo gástrico coletado no estômago da vítima era visivelmente semelhante com o achocolatado enviado para análise.

“Primeiramente a substância foi encontrada no material biológico coletado no aparelho digestivo da criança e, em seguida, a mesma substância estava presente nas cinco embalagens encaminhadas à perícia. Os furos encontrados nas embalagens de achocolatados foram fundamentais para esclarecer que era um caso de contaminação criminal do produto alimentício e o laudo pericial foi definitivo para o desfecho da investigação’’, disse o perito.

PROVIDÊNCIAS

Após representação da Polícia Judiciária Civil, foram expedidos mandados de busca e apreensão e dois de prisão pela 14º Vara Criminal de Cuiabá.

As ordens judiciais foram cumpridas por policiais civis da Deddica na manhã desta sexta-feira (01), com acompanhamento de peritos da Politec que recolheram amostras na geladeira da casa de Adônis a fim de confirmar o veneno utilizado na ação criminosa.

Durante a ação conjunta, outros materiais foram apreendidos na casa de um dos suspeitos, sendo uma bandeja supostamente utilizada na manipulação do veneno, um vestígio de achocolatado dentro da geladeira e outras embalagens lacradas de achocolatado. Todos os materiais estão em análise. A seringa e a substância aplicada não foram localizadas na residência.

Adônis foi autuado por homicídio qualificado com emprego de veneno, além de homicídio tentado já que existe um amigo da família do menino que ainda está internado em unidade hospitalar após ingerir a bebida. Deuel vai responder por furto qualificado, e o procedimento investigativo será conduzido pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), de Cuiabá.

Após interrogatório, os dois suspeitos serão conduzidos ao Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC), onde ficarão à disposição do Judiciário.

Leia também o comunicado da empresa Itambé

Nesta quinta-feira (1/9), a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Cuiabá efetuou a prisão de duas pessoas acusadas de envenenar uma criança em Cuiabá. Desta forma, a polícia esclarece o episódio e descarta qualquer problema de contaminação do produto Itambezinho.

A Itambé reforça que desde o dia 25/05, data de fabricação do lote em questão, já foram comercializadas mais de 5 milhões de unidades e não foram registradas reclamações de nenhuma natureza.

A empresa lamenta o ocorrido, se solidariza com a dor da família e reforça seu compromisso com os consumidores brasileiros ao entregar produtos da mais alta qualidade.

 

73 thoughts on “Achocolatado Toddynho contaminado está matando crianças envenenadas #boato

  1. ANDREIA BENTO

    Bom estou viva ainda pois tomei 3 ontem e hj ainda estou muito bem

    Reply
  2. Agnaldo Oliveira

    Acabo de assistir uma reportagem hoje 01/09/2016 as 18:56hrs no jornal Reporte Total que o caso do achocolatado da marca itambe que supostamente causou a morte de uma criança. Foram preso dois homens suspeitos de invenenar o achocolatado com chumbinho. O achocolatado teria sido furtado de um mercadinho a policia esta investigando o relacionamento dos suspeitos com a família da criança. Ja foi dito na reportagem que o achocolatado itambe não esta com nenhum lote contaminado e que não tem nenhuma relação com a morte da criança como estão dizendo nas redes sociais.

    Reply
  3. EDUARDO

    Olhando a maioria dos comentários percebe-se como a maioria da população brasileira é ingênua e idiota. Mesmo apresentando fatos e argumentos os bisonhos insistem em ter medo de boatos. Pérolas aos porcos…mas mesmo assim louvável a atitude deste site.

    Reply
  4. Elaine

    Já que vcs acham q o boato é mentira façam um estoque do produto e empanturre seus filhos de toddynho há não esqueça de colocar na lancheira da escola tb

    Reply
  5. Juliana

    Ai agente fica sem saber se é vdd ou mentira e preocupa mais ainda tenho toddynho aqui em casa e não sei se dou pro meu filho ou jogo no lixo ,porque nunca tem uma resposta verdadeira afffs!!!!

    Reply
  6. Suellen

    Vcs tem razão, a data da reportagem é de 2014, porém, quanto tempo um lote de um produto (por alguns considerado comida) chamado industrializado fica na prateleira? Com o tanto q conservantes q temos nos nossos alimentos não duvido um desses ter 2 a 3 anos de validade…

    Reply
  7. J

    Como o povo brasileiro e burro até agora ninguém sab se é verdade e a velha mania d falar oq não sab todos falam da coca Mais mesmo sim para de toma ninguém acorda povo abre a cabeça para pensar coisas boas nao para ficar vendo coisas do passado

    Reply
  8. MAURÍCIO JOSÉ VIEIRA

    NO audio que ouvi do menino de 2 anos, uma mulher falou que a marca e italac.agora qual é realmente a marca. a noticia vai se distorcendo.

    Reply
  9. Danilo

    Vários postando reportagem de 2014, aquela velha mania de não ler a notícia, apenas o enunciado.

    Reply
  10. lauany

    eu vou fazer de tudo para avisar para todos obr pela noticia que Deus te abençoe e que vcs compreendão o risco do toddynho

    Reply
  11. André

    EDITOR??? SIM É VOCÊ MESMO DA REPORTAGEM!!!! ….VÁ AO MERCADO E COMPRE 12 UNIDADES DO ACHOCOLATADO E DIVIDA ENTRE SUA FAMÍLIA… VÁ LÁ….
    DUVIDO, NEM VOCÊS DA REPORTAGEM SE LIMITAM!!!

    Reply
  12. NoName

    ;)
    oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/pepsico-confirma-que-lote-de-toddynho-esta-contaminado-com-bacteria-13576454

    Reply
  13. Rita

    A pesquisa sobre a Coca cola com rato é verdade sim, é só pesquisar no YouTube e lá tem a reportagem de um homem que a 10 espera pela indenização da Coca, inclusive na reportagem mostra a cabeça do rato e a saúde do homem ficou toda complicado

    Reply
  14. Sam

    Boa Charles,aposto que nem foi difícil encontrar essa pesquisa. Pessoas com preguiça de pesquisar ,de ler,acreditam em tudo que ouve e ainda sai repassando!Aff,sem paciência pra gente assim.

    Reply
  15. VANIA LUCIA BASTOS

    O que eu penso é o seguinte, com saúde não se brinca, e o produto em questão é usado em geral por crianças, u seja de organismo mais delicado, mais fragil e q correm mais risco de uma fatalidade, por tanto o melhor é suspender todos até q seja esclarecido, msm q seja boato, é emlhor pecar pelo zelo do que pelo pouco caso…

    Reply
  16. Patricia

    Bom… A vigilância irá falar que isso é normal… Pois eles mesmo já falaram que é válido encontrar pêlo de ratos, ou excrementos, pêlos humanos, em molho de tomate, que isso é relevante, por que está na dosagem certa, e isso está na lei…
    A vigilância sanitária é precária em todos sentidos, agora se a porcaria da rede globo, pede pra eles testar algum produtos, eles irão correndo pra aparecer na mídia… O brasil realmente é uma BOSTA…

    Reply
  17. Barbara

    santa ignorancia!!! Leiam a data das noticias que voces postaram acima, noticias de 2014 afff

    Reply
  18. N

    Mas é bom de além de desmentir os fatos,informar que de fato há um lote da marca todynho contaminado e que foi informado pela pepsico.

    Reply
  19. Ilda

    Leite em caixa só tem veneno!!
    Esse pizinho branco é um veneno e outras coisas mais ora não estragar!!
    Minha filha é veterinária e nos proibiu de tomar leite en caixa…
    Já há 2 anos que tomamos leite em pó!!
    E o desnatado da Nestlé!!
    É o melhor eka falou….sempribkenas!!

    Reply
  20. Grazi

    Eu comprei um leite em pó da marca Pink que está com gosto de “sabão”. Graças a Deus ninguém passou mal,mas acho que também está contaminado.

    Reply
  21. Lina

    PepsiCo, fabricante do achocolatado Toddynho, confirmou que 8.810 unidades do produto, distribuídos em redes comerciais de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, estavam contaminadas com a bactéria Bacillus Cereus que provoca intoxicação alimentar. No enquando, frisa que as demais unidades, distribuídas pelo Brasil, encontram-se em perfeitas condições para o consumo.

    Segundo a fabricante, as unidades fabricadas em Garulhos, São Paulo, no dia 2 de junho e com validade até 29 de novembro do lote GRU L 15 5, intervalo de 23:04 a 23:46, que abasteceram apenas a cidade de Porto Alegre, não devem ser consumidas. Duas mil unidades do produto contaminado já foram localizadas e recolhidas, de acordo com a PepsiCo.

    Reply
    1. José Carlos

      Esta notícia é de 2014. Pesquise direito!

      Reply
    2. André

      Essa noticia do lote em Porto Alegre foi em 2014!!!

      Reply
    3. angela

      esse fato foi em 2014 a noticia esta na internet mas é de 2014

      Reply
    4. Danilo

      Ai, que pessoa burrinha… Essa notícia é de 2014 e o máximo que acontece nesse caso é vômito e diarréia.

      Reply
    1. aline

      Assim como descrito no texto foi pego UM caso suspeito (detalhe que o caso envolve outra marca) e dito como sendo MUITAS MORTES.
      O caso foi em no Mato Grosso e ainda não foi alarmado, pois não envolveu outros casos de morte e/ou internação e foi uma DOAÇÃO, ou seja, o doador do produto tb segue como suspeito.

      Reply
  22. Valério Silva

    Postagem na página do Facebook da Itambé.

    Itambé Boa tarde!

    A Itambé foi notificada dos fatos na sexta-feira, relatados em Cuiabá, relacionados ao suposto consumo de um produto da linha de achocolatados Itambezinho (200ml). A empresa está em contato permanente com a Vigilância Sanitária regional e auxiliando na apuração dos fatos.

    O referido produto está no mercado há mais de uma década e nunca apresentou qualquer problema correlato. Até o presente momento, não tivemos nenhuma outra reclamação do mesmo lote.

    A Itambé realiza regularmente provas internas e em laboratórios externos de seus produtos e reitera seu compromisso com a qualidade. A empresa já disponibilizou as contraprovas para os órgãos oficiais e continuará trabalhando em conjunto para outros esclarecimentos que se fizerem necessários.

    Segue o link com a notícia, para verificações.

    Reply
  23. Jackson

    Recebi agora cópia da carta da vigilância sanitária 26de agosto 2016

    Reply
    1. Jéssica Ribeiro

      Vc olhou a data da postagem, por um acaso? Caso não tenha olhado, peço que leia atentamente, pois essa notícia é de 2014!

      Reply
    2. aline

      A matéria é de 2014.. DOIS MIL E QUATORZE!!!!!

      Reply
  24. Jô Oliveira

    Olha do Toddynho não posso falar
    Mas do leite sim cuido de idosos tomam muito leite compramos um leite de caixa quadrada umas das meninas faz artesanato cortou a caixa vazia e no fundo tinha algo branco igual cal aí abrimos outra esvaziamos e também todas tinha esse pó branco era quase dois centímetros de pó no fundo não lembro a marca compramos Botafogo RJ

    Reply
  25. Lemos

    Gente se isso for verdade cade os responsaveis pela saude publica, vao esperar acontecer mais mortes para confirmar o boato.

    Reply
  26. Marcos

    Pode ser ou não um boato.mas é bom alertar sim.
    Pois vi uma reportagem na televisão mostrando não todinho mas uma marca de leite ,no momento não lembro o nome que estava sendo vendido na caixinha com leite em cima e o fundo vinha com cal ou seja um leite adulterado.
    Sempre é bom prevenir.
    Principalmente em relação a lotes com validades vencidas.
    Essa é minha opinião.

    Reply
    1. thales

      É a sua opinião, Marcos, mas ela está errada.

      Reply
  27. Gi

    As pessoas devem estar falando ‘toddynho’ pela força do habito de se referir a todos os achocolados pelo nome mais famoso, mas trata-se do ITAMBEZINHO, não o Toddynho… Tb recebi o audio falando do obito de apenas uma criança de 2 aninhos, pesquisei e vi qe é vdd só qe ainda está sendo investigado se há ou nao ligaçao com o Itambezinho mesmo.

    Reply
  28. a\AANGELA DAS GRAÇAS FEYDITangela

    Quem tem filhos tem que esta alerta

    Reply
  29. Anaide

    Existe sim um lote de toddynho contaminado por bactérias que está sendo retirado de circulação no Rio Grande do Sul. Não há relatos de morte, de fato, mas acho que a matéria deveria ser editada!

    Reply
    1. Morgana Lucas

      Eh verdade sim e a PepsiCo já confirmou lote contaminado são de minas gerais e de porto alegre

      Reply
  30. Flávio Brito

    Somente algo que ocorreu em 2014 e alguem resolveu colocar em circulação dizendo que aconteceu nos dias de hoje.

    Reply
  31. Jc

    Se v6 dedcobriram que red bul não tem esperma, então como explica o tal de taurino na composição da bebida?

    Reply
    1. Charles

      A taurina, ou ácido 2-aminoetanossulfónico é um ácido orgânico, contendo enxofre, encontrado na bílis. É um dos aminoácidos não-essenciais mais abundantes do nosso organismo, especialmente no sistema nervoso central, nos músculos esqueléticos, no coração e no cérebro, bem como nos intestinos e ossos esqueléticos. É um aminoácido essencial para os gatos.[1][2] Age com a glicina e o ácido gama-aminobutírico como um neurotransmissor inibidor. É sintetizado, no fígado e no cérebro, a partir da metionina e cisteína, juntamente com a vitamina B6. É o único ácido sulfónico conhecido a ser produzido por meios naturais.[3]

      Atua como emulsionante dos lípidos, no intestino delgado, promovendo a sua absorção intestinal, já que é um dos ácidos mais abundantes da bílis (o ácido quenodesoxicólico). A taurina age ainda como transmissor metabólico e fortalece as contrações cardíacas.

      É usada em bebidas energéticas devido ao seu efeito desintoxicador, facilitando a excreção de substâncias que não são mais importantes para o corpo pelo fígado. Intensifica os efeitos da insulina, sendo responsável por um melhor funcionamento do metabolismo de glicose e aminoácidos, podendo auxiliar o anabolismo. Não é incorporada em enzimas e proteínas, mas possui um papel importante no metabolismo dos ácidos da bílis.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *