7 informações falsas (e perigosas) sobre a gripe que sempre circulam online

As notícias sobre o vírus da gripe têm causado muita preocupação e desinformação na internet. Para você não cair mais nessas histórias, o Boatos.org separou 7 delas para você.

Nos últimos dias, nós, do Boatos.org, perdemos as contas das vezes em que tivemos que desmentir histórias envolvendo a gripe. Desde que o vírus que provocou o pior surto de gripe nos Estados Unidos da última década, provocando 759 mortes e levando 47 mil pessoas aos hospitais, chegou no Brasil, os boatos sobre o assunto não pararam.

Enquanto aguardamos a chegada do inverno, a preocupação e a desinformação sobre o assunto aumenta. Pensando nisso, o Boatos.org reuniu sete informações falsas (e perigosas) sobre a gripe que circulam por aí. Confira a lista:

1 – Alerta do diretor do Hospital das Clínicas

Essa história começou a circular recentemente nas redes sociais. De acordo com o áudio que circulou no WhatsApp, o diretor do HC (Hospital das Clínicas) teria alertado para os perigos da influenza H3N2. No áudio, o diretor garante que “a gripe vai ser muito forte”. Apesar do áudio ter viralizado na internet, o alerta não faz o menor sentido. Leia mais sobre o assunto aqui. 

2 – Alerta do presidente da Santa Casa de Porto Alegre

Um outro áudio que circulou no WhatsApp dava conta de um alerta dos perigos do vírus da influenza H3N2 do presidente da Santa Casa de Porto Alegre. No áudio, a mensagem apontava para uma epidemia de gripe. Pois bem, acontece que o áudio não foi criado pelo presidente da Santa Casa de Porto Alegre. Leia mais sobre o assunto aqui.

3 – Surto de gripe em abril

Essa balela não é nova. Sempre que o surto de uma doença é registrado, alertas de epidemias e métodos de prevenção aparecem na internet. Foi assim com o surto de ebola e febre amarela – e seria muita ingenuidade da nossa parte acreditar que a história encerraria aqui. Dessa vez, um texto apontava que um surto de gripe vai começar no Brasil em meados de abril. Mas, a verdade é que essa história de surto já é velha e não faz o menor sentido. Leia mais sobre o boato aqui.

Depois do alerta de surto, não poderia falta a lista de dicas para evitar a contaminação pelo vírus H1N1. A lista, supostamente assinada pelo médico Vinay Goyal, trazia dicas, como: gargarejos com água morna e sal de cozinha, limpar narinas com água morna e sal e ingerir alimentos ricos em vitamina C. Acontece que na lista de recomendações apenas duas foram confirmadas, e nenhuma delas inclui água morna e sal. Leia mais sobre o boato aqui.

4 – Vírus H2N3 está matando no Brasil e vacina não protege

Entre os boatos envolvendo o surto da gripe, não poderia faltar a história de que o vírus H2N3 está matando dezenas de pessoas no Brasil e sua vacina não protege. No áudio compartilhado no WhatsApp, a mensagem indicava que já há casos confirmados e 72 óbitos suspeitos da H2N3 em Goiânia e outros lugares. A mensagem apontava ainda que a vacina não protege contra o vírus e que mata em três dias. É claro que tudo não passava de um boato, já que esse tipo de gripe (vírus da influenza H2) não atinge humanos desde 1968. Leia mais sobre o boato aqui.

5 – Chá de erva-doce cura a gripe

Outra história famosa é a de que tomar chá de erva-doce pode curar a gripe. A história ganhou força na internet com a justificativa de que a fórmula do medicamento Tamiflu, que é um dos principais no tratamento dos sintomas, contém erva-doce. Tudo mentira, porque, além de velha, a história já foi desmentida por diversos especialistas. Leia mais sobre o boato aqui.

6 – Cebola previne gripe

A internet não perdoou nem a cebola. Em uma publicação que circulou nas redes sociais, a mensagem apontava para os benefícios da cebola. De acordo com as informações, os médicos descobriram que a cebola é um imã para bactérias e que pode evitar a gripe. Sem dúvida, uma descoberta e tanto. Pena que se tratava de mais um boato. Leia mais sobre o boato aqui.

7 – Vacina é um veneno mortal

Nesta lista clássica não poderia faltar histórias sobre as vacinas. A primeira delas dá conta da que a vacina da gripe seria um veneno mortal. O texto diz que “depois de vacinarem 48 milhões de pessoas, descobriram que a vacina da gripe é um veneno mortal”. Óbvio que a história não passava de mais um boato. Em 2017, uma nova versão da história começou a circular na internet. Mas os motivos para desmentir a balela, continuavam os mesmos. Leia mais sobre o boato aqui e aqui.

Como se não bastasse as histórias sobre o veneno mortal, as mentes brilhantes da internet surgiram com a história de que a vacina contra gripe tem nível de mercúrio letal. A mensagem deixou muita gente preocupada. Mas, no fim, tudo não passava de um grande boato. Leia mais sobre o boato aqui. 

2 comentários em “7 informações falsas (e perigosas) sobre a gripe que sempre circulam online

  • 13/04/2018 em 12:01
    Permalink

    EU NÃO REPASSO BOATOS, CORRENTES DE ORAÇÕES, INFORMAÇOES A RESPEITO DE DE FAMOSOS. O ÚNICO FAMOSO DE QUEM REPASSO É DE DEEEUS!!! MESMO ASSIM, VOU DIRETO NA FONTE: A BÍBLIA!
    EU RECEBO, VENHO NO SITE http://WWW.BOATOS.ORG E REPASSO O LINK.
    OBRIGADA

    Resposta
    • 23/05/2018 em 18:26
      Permalink

      Eu também faço isso. Não vou repassando qualquer coisa que eu recebo. Sempre consulto o site boatos. Org.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)