Vídeo falso: pediatra cubano maltrata bebê em hospital na Venezuela

By | 29/06/2014
Vídeo que fala do médico cubano é falso

Vídeo que fala do médico cubano é falso

Boato – Um vídeo mostra a brutalidade dos pediatras cubanos. As imagens mostram um cubano que trabalha na Venezuela e maltrata um bebê.

Desde o anúncio da vinda dos médicos cubanos no Brasil, começaram a surgir diversos rumores e textos polêmicos na internet sobre os estrangeiros. Depois que eles vieram pra cá, vários boatos continuaram se espalhando, com muitas críticas e suposições sobre as atitudes dos profissionais.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

As redes sociais, como vocês sabem, são uma arma. Principalmente quando se trata de viralizar imagens e vídeos polêmicos. No Facebook, está sendo espalhado um vídeo com imagens fortes, onde mostra um médico maltratando um bebê em um hospital. Veja o vídeo abaixo.

E a legenda que acompanha o post do vídeo diz o seguinte:

Repassando…

VÍDEO de um PEDIATRA CUBANO na VENEZUELA !

VCS NÃO VIRAM CENAS SEMELHANTES, DÓI NA ALMA, SERÁ QUE É ESTE TIPO DE ANIMAL QUE ESTÃO ENVIANDO PARA O BRASIL?

Repassando…

As imagens são realmente chocantes, não tem como não se revoltar ao assistir. Mas mesmo assim, devemos sempre checar a veracidade daquilo que é divulgado sem fontes de informação. Primeiro, sobre a identidade do médico, como é possível afirmar que ele é mesmo cubano? Só de acordo com as imagens, é impossível saber de onde é o profissional.

Mais importante que sair acusando o médico é dar voz a ele, e foi isso que fez o jornal Panorama, da Venezuela. O médico chama-se Marcos Tulio Torres Finol e não é cubano, mas sim venezuelano e trabalha em Maracaibo, capital do estado de Zulia, na Venezuela. O profissional atua há 32 anos na medicina e há 25, como professor e pós-graduação Universidade de Zulia.

O médico que aparece na gravação é Marcos Tulio Torres Finol, um especialista reconhecido no capital do estado de Zulia, Maracaibo. Ele deu uma declaração ao jornal Panorama para esclarecer o conteúdo do vídeo, que segundo ele, é forjada. A matéria completa, em espanhol, pode ser vista aqui.

O médico afirma que o vídeo foi forjado, que a técnica que foi mostrada nas imagens não é do jeito que apareceu, pois na edição, foi aumentada a velocidade com que o médico examinava o paciente. Ele não nega que fez diversos movimentos com o bebê, no pescoço, tórax e membros, mas bem mais devagar do que no vídeo.

Segundo o médico, o procedimento realizado com o bebê é aprovado por mais de 26 mil pacientes e serve para afastar problemas neurológicos na área cognitiva e psicomotora da criança, assim como identificar patologias.

Depois da repercussão do vídeo, o Ministério da Saúde de Venezuela realizou uma reunião com o médico, para saber mais sobre o procedimento. Na ocasião, o doutor Marcos expôs os motivos, de forma científica e técnica e foi compreendido pelo Ministério. O doutor Marcos ainda diz que as imagens foram feitas pelo celular da mãe da criança.

Ou seja, a acusação é falsa, as imagens são reais, porém, foram alteradas, modificando o sentido do vídeo. O vídeo trata-se de um procedimento médico, não há violência. O post é falso, assim como diversos outros boatos que envolvem médicos cubanos, como Governo proíbe Doze anos de Escravidão em cidades com Mais Médicos, Médicos cubanos vão ter que usar tornozeleiras eletrônicas e Médica cubana faz diagnóstico de virose bacteriana no Amapá. Pelo jeito, não vão deixar os médicos cubanos em paz e livres de boatos tão cedo.

PS: esse artigo foi uma sugestão do leitor Alessandro Cyrino. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.  

 

15 thoughts on “Vídeo falso: pediatra cubano maltrata bebê em hospital na Venezuela

  1. rebeca peixoto

    Não existe esse procedimento pega um neném tao frágil balança a cabeca segurar pelo bracinho sacudi carrega como se fosse um saco vazio não intereca se foi de vagar ou não isso não se faz esse video não mostra aceleração não esse homem vai arde no mármore do inferno mas eu não sou ninguém para julgalo mas pelo amor de deus dizer que …aaaaa fassa mil favor

    Reply
  2. Alessandra Silvino

    Forjado é o diploma dele, pq nas imagens os movimentos dos seus braços, da mãe está tudo normal em relação aos movimentos que ele faz no bebê, se fosse editado e acelerado TODOS os movimentos em cena seriam estranhos. Como disseram acima, ele pegar a criança com uma mão só e deixá-la pendurada no momento em que ele leva ela pra caminha e depois pegá-la pelo bracinho e deixá-la pendurada novamente, nada tem a ver com velocidade e sim é claro! Mentiroso é ele! Mentiroso e monstro!

    Reply
  3. Adilson

    Oh, Nicoly, você é maluca?!

    Em que lugar do mundo jogar um bebe pra uma pegando por um braço só, bater a coluna na maca e dobrar o pescoço de um recém-nascido vinte vezes seguidas desse jeito é procedimento médico?!

    Quer defender seus amigos psicopatas petistas, eu entendo, mas tudo tem limite!

    Reply
    1. Roger

      Que é que isso tem a ver PT, seu lunático?! De repente o médico é um coxinha venezuelano…

      Reply
  4. Renata

    É um absurdo, eu fiquei em panico ao ver esse vídeo, fiquei em transe, não consigo parar de pensar nesse bebê, esse médico é um monstro, essa mãe é o diabo em pessoa, eu peço a Deus que esse dois sejam jugados e paguem por esse crime. Eu jamais em minha vida aceitaria que qualquer pessoa nem mesmo um médico fizesse algo em meu bebê que fizesse ele chora quem dira essa cena orrivel onde o bebê é maltratado fortemente, esta explicito a maldade desse médico e a frieza dessa mãe que não faz nada ao ver o sofrimento desse bebê, é o fim do mundo. Pelo amor de Deus sera que eles não estão vendo isso. Que a justiça seja feita se ainda não foi.

    Reply
  5. Monica

    Fiquei muito triste pois é um ser indefeso que nem sabe porque está no mundo , gente só depende de nós vivermos bem , é só ter amor !!!

    Reply
  6. Francisco Bezerra

    Eu me revoltei assim que vi. No entanto, EU NÃO SOU PEDIATRA, para afirmar que tais procedimentos são “monstruosidades”. Quando vi o tal vídeo na internet, fui buscar as fontes. E uma delas foi este aqui. Antes de criticarem, acho melhor se informarem antes.

    Reply
  7. Ariane

    Forjado deve ser o diploma dele, filho da puta monstro mais filha da puta é essa piranha dessa mãe. Se ele só tentasse fazer isso com a minha filha eu mataria ele

    Reply
  8. Daniela

    E Ele erguendo a criança pelos bracinhos? Foi forjado tb ? Ele é um animal e quem protege ele, mais animal ainda!

    Reply
  9. isso mesmo,nao me convenceu,porque ele apareçe carregando o bebe igual um boneco,e onde ele pega o bebe pelo braço e faz movimento parao bebe pular isso é procedimentos médicos onde?

    Esse vídeo e um absurdo,para mim esse médico e louco,não me convenceu essa explicação dele,porque então no vídeo ele aparece carregando o bebe igual um boneco,e outra as autoridades apurou si o vídeo teve alteração mesmo? Para mim não ouve justiça sobre o assunto ate agora.

    Reply
  10. bistrish dany

    Eu estou indignada com as imagens e as atitudes do suposto médico frio e doente mental seja cubano ou qualquer outra origem, isto é monstruosidade, mesmo que fosse para examinar, é agressivo, torturante para um frágil bebê, espero que as autoridade façam alguma coisa porque isto não pode ficar impune de forma alguma, não somente no Brasil, mas no mundo todo.

    Reply
  11. Nestor

    Bom, tudo bem o médico não é cubano, mas é um animal, li a matéria do jornal Panorama da Venezuela, e sério não me convenceu, tanto porque o mais sensato seria publicar o vídeo bruto sem edição. isso não é boato é polemico e as explicações não são convincentes o respaldo na matéria do jornal nada mais é que o nojento corporativismo médico nas cagadas.

    Reply
  12. Vanessa

    Ahh tah bom! E a parte onde ele aparece carregando o bene igual a um saco de batata? Foi forjado tbm?

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *