Mentira: papa Francisco desmascara socialismo em entrevista

By | 21/11/2014
Papa Francisco detona socialismo, diz boato

Papa Francisco detona socialismo, diz boato

Boato – Quando era cardeal, Mario Bergoglio, o papa Francisco deu uma entrevista desmascarando o comunismo no mundo para o jornalista Chris Matthews.

Quando se fala em boatos na internet, há dois temas que, normalmente, dominam as pautas: política e religião. Em alguns casos, o boato envolve, inclusive, os dois temas. É assim na história de hoje do Boatos.org.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Já há algum tempo, circula na internet uma história que aponta que o líder máximo da Igreja Católica teria dado uma entrevista detonando o socialismo e o comunismo no mundo. A entrevista teria sido dada ao jornalista Chris Matthews, da MSNBC. Ela só teria vindo à tona graças a um estagiário. Leia trechos do texto, que surgiu em inglês e foi traduzido:

Papa desmascara o Socialismo/comunismo em uma entrevista bombástica

Começa a circular a transcrição de uma entrevista feita com o atual Papa Francisco quando ele era o então Cardeal Bergoglio, na Argentina. Na realidade, foi uma emboscada realizada pelo jornalista Chris Matthews da MSNBC, mas Bergolio encurralou Matthews de tal forma que a entrevista nunca foi ao ar porque, ao perceber que seu plano havia falhado, Matthews arquivou o vídeo.

Porém, um estudante de Notre Dame, que prestava serviços sociais na MSNBC, apoderou-se dele e o deu para seu professor. O destaque da entrevista é a discussão sobre a pobreza. A entrevista começou quando o jornalista, tentando embaraçar o Cardeal, perguntou-lhe o que ele pensava sobre a pobreza no mundo.

Matthews pergunta: – O senhor culpa o governo?

– Eu culpo os políticos que buscam seus próprios interesses. Você e seus amigos são socialistas. Vocês (socialistas) e suas políticas, são a causa de 70 anos de miséria, e são culpados de levar muitos países à beira do colapso. Vocês acreditam na redistribuição, que é uma das razões para a pobreza. Vocês querem nacionalizar o universo para poder controlar todas as atividades humanas. Vocês destroem o incentivo do homem, até mesmo para cuidar de sua família, o que é um crime contra a natureza e contra Deus. Esta vossa ideologia cria mais pobres do que todas as empresas que vocês classificam de diabólicas.

– Eu nunca tinha ouvido nada parecido de um cardeal.

– As pessoas dominadas pelos socialistas precisam de saber que não têm que ser pobres.

– E a América Latina? O senhor quer negar o progresso conseguido?

– O império da dependência foi criado na Venezuela por Hugo Chávez, com falsas promessas e mentindo para que se ajoelhem diante de seu governo. Dando peixe ao povo, sem lhes permitir pescar. Se na América Latina alguém aprende a pescar é punido e seus peixes são confiscados pelos socialistas. A liberdade é castigada. Você fala de progresso e eu falo de pobreza. Temo pela América Latina. Toda a região está controlada por um bloco de regimes socialistas, como Cuba, Argentina, Equador, Bolívia, Venezuela, Nicarágua. Quem vai salvá-los (a América Latina) dessa tirania?

O texto é realmente gigantesco e fala de documentos e decretos da Igreja Católica contra o Comunismo como o de 1949. Mas vamos nos ater na história da entrevista do papa ao tal jornalista.

Tentamos achar algumas informações para verificar se a história é realmente verdadeira e descobrimos que, adivinhe, a entrevista nunca existiu. Apesar de o jornalista Chris Matthews, da MSNBC, realmente existir, não há um único indício da tal história que não seja o texto do boato. O primeiro e principal ponto está na ausência do tal vídeo. Vasculhamos pela web e não o encontramos.

O Snopes, site que desvenda boatos na internet, aponta que a história é falsa. O boato, de acordo com o Snopes, o próprio jornalista teceu comentários positivos ao papa no dia em que ele foi escolhido.

O último indício que aponta para a farsa é o próprio comportamento do pontífice. Papa Francisco chegou a ser acusado, inclusive de ser comunista por algumas vezes ter criticado o capitalismo desenfreado e adotado medidas para evitar gastos no Vaticano.

Em um dos casos, ele disse que estar do lado dos pobres é evangelho e não comunismo. Em outra oportunidade, ele disse que o comunismo se apropriou da bandeira de ficar ao lado dos pobres, que era da Igreja.

Resumindo: por não achar indícios de a entrevista ter ocorrido, pelo jornalista ser muito mais simpático ao papa na realidade do que na tal entrevista e pelo próprio comportamento de Mario Bergoglio, podemos cravar que a história é falsa. A entrevista que o papa Francisco fala do comunismo nunca aconteceu.

3 thoughts on “Mentira: papa Francisco desmascara socialismo em entrevista

  1. Felipe

    Então se fosse verdade a ntrevista ele sabe que era pior quando o salario minimo era no máximo 82 dollars, hoje é 300 ou ainda que nos anos 70 de cada 10 crianças nascidas no Nordeste morriam 6.; E não era socialista. Esses idiotas montam entrevista e colocam no nbome de qualquer um. Ninguem acha ess entrevista a não ser nos anti socialidade mais justa.

    Reply
  2. André Cristiano Costa de Melo

    Mesmo essa ” entrevista ” sendo mentira, o pano de fundo dela é verdadeiro. A Igreja Católica Romana sempre teve uma ” simpatização ” com a esquerda. Com o passar do tempo, a Igreja ” descobriu ” que essa ” parceria ” não seria ” divinamente aprovada “. Apesar da esquerda supostamente apoiar os menos desafortunados, ela meche em temas polêmicos da Igreja. A esquerda é a favor do aborto, da legalização das drogas, do casamento entre pessoas do mesmo sexo … enfim, tudo que a Igreja condena, o socialismo apoia. Realmente essa é uma parceria impossível de continuar !

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *