Mentira: Fernanda Brum cobra R$ 80 mil de cachê para shows gospel

By | 29/07/2014
Fernanda Brum cobra 80 mil por show, diz boato.

Fernanda Brum cobra 80 mil por show, diz boato.

Boato – Cantora gospel Fernanda Brum cobra no mínimo R$ 80 mil para fazer show e pastor diz “não”.

Dizer que o mundo da fama é caro não é novidade para ninguém. Ainda mais quando se trata do ramo musical. Os cachês de shows de cantores em alta no mercado são bem altos mesmo, independentemente do estilo musical, inclusive a música gospel.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Não é de hoje que cantores gospel têm tido destaque na mídia e no mercado. Uma das artistas com grande visibilidade hoje é a carioca Fernanda Brum. Já faz um tempinho, que circula na internet a informação de que a cantora declarou cobrar R$ 80 mil por show e que um pastor havia recusado pagar tal valor em uma entrevista.

Este texto foi publicado por vários blogs. O primeiro deles foi o Gospel Mais. Além disso, a informação também repercutiu nas redes sociais, como no Facebook. Trecho do texto diz:

“Há 4 anos atrás durante o aniversário da cidade, o então prefeito pediu que Irmão Pedrinho (como é conhecido) trouxesse um cantor evangélico para participar das comemorações. Este, entrou em contato com a empresária da cantora carioca Fernanda Brum que lhe informou o valor do cachê, na época algo em torno de 80 mil reais. Irmão Pedrinho negou-se a fechar o contrato e nunca mais investiu na vinda de celebridades Gospel em sua região.”

Outra versão do boato diz:

Então é isso Fernanda Brum não canta, por menos de 80.000.00 reais, nossa, Pastora pegou mal, continuo te admirando mas isso vai repercutir e muito.

O pastor que teria dado a entrevista chama-se Pedro E. Barbalho, é do estado do Maranhão, na época era vereador pelo PSC no município de Jacundá (sudoeste do estado do Pará), pertencente Igreja Batista Nacional Missionária, como diácono e evangelista. Mas na verdade, pelo contrário do que foi divulgado na internet, Pedro nem é pastor, o texto inclusive diz: “muitas vezes confundido como pastor, exerce seu quarto mandato como vereador”.

A polêmica foi lançada e muitos fiéis ficaram na dúvida se realmente a cantora cobrava tal cachê, até mesmo decepcionados. No entanto, a notícia foi desmentida pela própria colunista que havia divulgado a entrevista em outubro de 2013 sobre o valor de cachê que o vereador havia recusado.

“Lamento o transtorno causado sem intenção e venho relatar a informação correta dos fatos. A Pra. Fernanda Brum não falou a frase polêmica e não tem empresária que possa ter dito tal expressão absurda”, relata a colunista do Gospel Mais.

A colunista ainda afirma que a produtora geral da cantora e pastora Fernanda Brum, manifestou-se através das redes sociais para esclarecer que a pastora não cobra este cachê para fazer shows.

A explicação seria de que, muitas vezes, as participações em eventos são terceirizadas por outras empresas, promotoras de shows e que, através dessas empresas, poderia ter sido divulgado informações de alto valor dos cachês de artistas gospel, como Fernanda Brum.

A produção da cantora realmente se pronunciou nas redes sociais, porém o post foi apagado. A cantora está entre os maiores nomes da música brasileira gospel e seu primeiro álbum foi gravado em 1992, segundo a sua biografia no site Música.

Resumindo, a cantora não cobra um valor tão alto assim para participar de eventos e a notícia foi espalhada por uma colunista, que ouviu a declaração do vereador da cidade que teria recusado o cachê, mas a produtora de Fernanda Brum negou. Ou seja, uma santa de uma boataria.

2 thoughts on “Mentira: Fernanda Brum cobra R$ 80 mil de cachê para shows gospel

  1. jacobiriba

    Já era, já foi lançado ao vento agora não tem mais como desfazer isso.

    Reply
  2. Rafael

    Logíco que ele iriam negar né kkkkkk
    Sabe de nada inocente.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *