Fotos da Parada Gay 2017 zombando do Cristianismo #boato

Boato – Vazaram na internet fotos da Parada Gay 2017 zombando do Cristianismo. Elas são obscenas e mostram desrespeito à Bíblia.

Existem aqueles tipos de boatos que circulam na internet e são sazonais. Em junho de todos os anos, uma série de boatos começam a circular na internet após a realização da Parada do Orgulho LGBT (ou Parada Gay) em São Paulo.

Mal a edição de 2017 se encerrou e começaram a vazar na internet supostas fotos que teriam sido tiradas do evento. Uma página do Facebook publicou as imagens e, em menos de 24 horas, mais de 10 mil pessoas compartilharam o curto texto “Fotos da Parada Gay zombando do Cristianismo”. Depois disso, um site publicou o seguinte:

Gays enfiando Cruz no a… e queima bíblia durante Parada gay e revoltam Evangélicos e Católicos. A Parada Gay realizada no último domingo, 18 de junho, novamente foi palco de manifestações da militância LGBT com ofensas à fé e aos símbolos cristãos. Durante o evento, que segundo a Polícia Militar reuniu milhares pessoas em São Paulo, diversas pessoas fantasiadas de Jesus Cristo zombavam da religião com gestos e dizeres ofensivos.

As imagens de um travesti, nu, com uma coroa de espinhos e “pregado” a uma cruz sobre um trio elétrico percorreram sites, blogs e redes sociais, e geraram repúdio por parte de diversos formadores de opinião. Em outras fotos é possivel ver um grupo queimando um livro que segundo informações seriam a biblia sagrada

Essa foi 21ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo acontece neste domingo (18) em São Paulo. No total, 19 trios elétricos desfilaram em trajeto que começou na Avenida Paulista e desceu a Rua da Consolação, chegando ao Vale do Anhangabaú. Segundo os organizadores, o evento reuniu 3 milhões de pessoas. A Polícia Militar não divulgou números.

Fotos da Parada Gay 2017 zombando do Cristianismo caíram na web?

Um monte de gente já começou a xingar o evento sem saber se a informação e as imagens eram verdadeiras. Para essas pessoas temos um recado. As imagens não são nem da Parada do Orgulho LGBT nem foram tiradas neste ano. Vamos aos fatos.

A solução para o caso está nas origens das imagens que circulam online. As que envolvem símbolos cristãos e pessoas nuas (e não vamos publicar aqui) são da Marcha das Vadias durante a JMJ em 2013 no Rio de Janeiro.

A imagem do “Jesus Gay” é de um concurso realizado durante a Páscoa na Califórnia em 2011. A da Bíblia sendo queimada circula na internet desde 2011 e é usada como ilustração em matérias que falam sobre o assunto como esta que fala do Irã. Não conseguimos achar a origem da foto.

Resumindo: a história que aponta que para fotos tiradas na Parada Gay 2017 que zombam do Cristianismo é falsa. Até podem ter acontecido manifestações contra a religião, mas as imagens que circulam online não têm nada a ver com o assunto.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)