Bebê cristão é pisado por extremista do Estado Islâmico #boato

Boato – Grupo extremista Estado Islâmico estaria promovendo esmagamento de crianças. Bebês estariam sendo pisoteados por serem cristãos.

Além do vírus ebola, um dos assuntos que mais têm dominado o noticiário internacional é a crise que ocorre na Síria e no Iraque com o crescimento do Estado Islâmico. Formado por opositores dos governos nos respectivos países, o grupo tem provocado a barbárie no Oriente Médio e fez tropas internacionais começarem a organizar ataques na região.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Uma das formas de terror dos grupos é a divulgação de vídeos e imagens de pessoas contrárias a sua doutrina sendo mortas. Os casos dos jornalistas James Foley e Steven Sotloff e do voluntário britânico David Haines sendo decapitados chocaram o mundo. Imagens com crianças vítimas do grupo também são recorrentes na internet.

Uma dessas fotos tem começado a circular na internet pelo Brasil. Ela mostra uma crianças sendo pisoteada por um rebelde do Estado Islâmico. O texto que acompanha a imagem fala do terror promovido pelo Estado Islâmico:

HORROR! Terroristas do Estado Islâmico estariam esmagando bebês cristãos até a morte. Grupo é o mesmo que decapitou um jornalista norte-americano e divulgou vídeo. Os terroristas do ISIS (sigla que no original quer dizer Estado Islâmico no Iraque e na Síria), organização nascida no seio da Al Qaeda, atualmente opera de forma independente sendo muito mais radical. Após decapitarem jornalistas e divulgarem vídeos bárbaros na Internet, agora chega a informação de que eles estariam matando bebês cristãos.

Ao contrário do que diz o texto, a veracidade das imagens não só não foi confirmada como foi, inclusive, refutada. Os grandes amigos do Snopes (um Boatos.org norte-americano) que mataram a charada.

A mensagem, que começou a circular com força em blogs em inglês, é de um maluco que se dizia curandeiro chamado Amzad Fakir, de Bangladesh. O “pisoteamento do bebê” nada mais é do que parte do ritual. Ele acabou sendo preso pelas práticas nada ortodoxas de cura. Mas nunca fez parte do Estado Islâmico.

Essa não é a única foto que envolve bebês e o Estado Islâmico que tem feito sucesso na internet. Outra imagem que tem viralizado é essa, que mostra um bebê sob a mira de três rifles. Descrições apontam que seria de um bebê que havia virado refém por ter se tornado cristão.

Resumindo: temos certeza de que não a imagem do bebê sendo esmagado não faz parte do Estado Islâmico. Por outro lado, ainda não conseguimos provas conclusivas se a foto do bebê com rifles é verdadeira ou falsa. Conto com a ajuda de vocês.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

6 comentários em “Bebê cristão é pisado por extremista do Estado Islâmico #boato

  • 08/04/2017 em 04:54
    Permalink

    Eu vi e tem o video do cara chutando bebes, não é montagem, é REAL . Uma das piores coisas que ja vi na vida , horrendo. Porcurem o vídeo que existe, mas aviso …. é horrendo

    Resposta
  • 24/07/2016 em 20:58
    Permalink

    Ah então quando eles cortam cabeças dos cristãos, judeus, ateus, gays, ou do grupo rival deve ser algum ritual de “cura” também. #sqn

    Resposta
  • 22/09/2015 em 19:50
    Permalink

    Imbecil, cumplice de assassinos, entra na dep web que voce vai ver todas as fotos desse bebe sendo esmagado até a morte

    Resposta
  • 10/10/2014 em 20:44
    Permalink

    Cambada de endemoniados. Um dia terao que prestar contas de tudo o que estao fazendo e de todo o sangue que derramaram. Malditos imundos

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)