Zeca Dirceu (filho do José Dirceu) sugeriu sequestro de Moro em troca de Lula, diz PF #boato

Boato – Em áudio, deputado federal Zeca Dirceu (PT/PR), filho de José Dirceu, afirma que a CIA está envolvida em prisão de Lula e sugere sequestro do juiz Sérgio Moro por parte dos brasileiros. Foi a Polícia Federal (PF) que identificou o autor.

Quatro dias após Lula se entregar à Polícia Federal (PF), a prisão do ex-presidente ainda tem causado bastante rebuliço nas ruas e nas redes sociais. A polícia, inclusive, já entrou em confronto com manifestantes que faziam vigília na frente da sede da PF, em Curitiba, e deixou vários feridos.

Ao passo que anda a situação, os protestos parecem longe de chegar ao fim (tanto do lado de quem apoia o ex-presidente Lula quanto do lado de quem apoia a prisão). E parece que vem mais “burburinho” por aí depois de um áudio supostamente gravado pelo deputado federal Zeca Dirceu.

De acordo com o áudio, que está circulando nas redes sociais, o filho de José Dirceu teria afirmado que a prisão de Lula é um sequestro político. Ainda segundo o áudio, Zeca afirmou que a CIA (agência de inteligência dos EUA) estaria envolvida na prisão do ex-presidente e sugeriu o sequestro do juiz Sérgio Moro. Confira:

Parece que a PF identificou como sendo o Zeca Dirceu (filho do Jose Dirceu) o autor desta gravação, onde ele pede para sequestrar o juiz Moro e troca-lo pelo Lula, além de chamar os defensores do Lula a pegar em armas e formarem grupos de guerrilhas e fazer terrorismo. Abaixo a transrição:

O Lula na verdade é um seqüestrado político,… seqüestrado pela CIA,…eu recomendo que nós unirmos e começo a organizar a guerrilha armada, fortemente armada, vamos preparar fuzis e armamento, policiais revolucionários, convocar militares revolucionário, vamo seqüestrar o Moro, eu sugiro que seqüestre o Moro, que prenda o Moro, e, troque pelo Lula.

Vamo troca o Moro pelo Lula. Nós temos que unir a esquerda, os brasileiro patriota, prender o Moro, em algum lugar, seqüestrar o Moro, e trocar pelo Lula. É um pelo outro. A CIA tá fazendo essa jogada, nós temo que fazer a mesma coisa. É hora de nos organizarmos urgentemente, começarmos a organizar a defesa do Estado nacional. A defesa do País, a defesa da democracia. Não tem outro meio. Eles vão continuar, a CIA vai continuar jogando pesado, o Lula vai ser assassinado nessa prisão, ela já está assassinado porque não vai ter articulação política nenhuma. Vai a destruição do Lula.

Então recomendo, a quem tiver disponível, começarmos a organizar a guerrilha. Vamos organizar os fuzis, vamos nos organizar em, organizações terroristas, urgente, organizações secretas, nos não precisamos dispor, nós podemos organizar cerca de 100, 200 homens, de maneira operacional, cercar o Moro, sequestrar o Moro, e pegar ele como refém. É a saída, não temos outra, é guerra, nós estamos em guerra, isso é guerra, e nós, o Brasil, o povo brasileiro está perdendo a guerra.

Não temos outra saída, então peço a todos que tenha consciência dessa luta, e, nós temos que organizar realmente, dessa forma. Começa a seqüestrar os, os, agentes da CIA que está dentro do Brasil, inclusive os servidores públicos, agentes públicos que está a serviço da CIA, aqui dentro do Brasil. E Moro vocês sabem que são deles. Nós temos que agir dessa forma e não vejo outra saída. OK. Um grande abraço, vamo articular, urgente, a defesa da democracia, a defesa do ex-presidente Lula. Um grande abraço.”

Zeca Dirceu (filho do José Dirceu) sugeriu sequestro de Moro em troca de Lula, diz PF?

Bom, que o Brasil vive uma situação política delicada e muito particular, isso não é novidade pra ninguém. Mas não estamos aqui para opinar sobre a política brasileira, viemos para esclarecer uma das muitas fake news que surgiram em relação ao tema nos últimos dias. E a verdade é que Zeca Dirceu não é o responsável pelo áudio que está circulando na rede. Quer mais detalhes? Continua lendo.

Vamos aos fatos! A Polícia Federal ainda não se pronunciou sobre a autoria do áudio (e nem falou nada a respeito do conteúdo). Ou seja, a tese que aponta que a PF divulgou o autor do áudio já está derrubada por aí.

Segundo ponto: se você algum dia já ouviu algum pronunciamento do deputado federal, vai perceber que a voz que aparece no áudio não é dele. Quer tirar a dúvida? Dá uma olhada nesse vídeo, que mostra Zeca Dirceu votando no processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, em 2016:

Além disso, vale ressaltar que nenhuma fonte confiável atribuiu o áudio ao deputado Zeca Dirceu. E essa história só aparece em textos que possuem diversas características de boato (vago, alarmista, com erros de português e pedidos de compartilhamento).

Também é importante frisar que na manhã de hoje (quarta-feira, 11), Zeca Dirceu assinou um texto em que fala sobre a prisão do ex-presidente Lula. E, bom, os argumentos usados no texto nada lembram o áudio. Zeca fala sobre “um plano de uma parte do judiciário”, mas não tocou em termos como “sequestrado político”, nem pediu para que as pessoas façam alguma coisa (no texto, ele apenas diz que ele e seus companheiros vão “denunciar essa ilegalidade ao mundo”). Ele sequer tocou no nome do juiz Sérgio Moro.

Isso, por si só, já seria suficiente para cravar que se trata de uma fake news. Entretanto, em uma das versões da história, o texto creditava a autoria do áudio ao militante Urias Rocha. A equipe do Boatos.org entrou em contato com Urias, que confirmou a informação: foi ele quem gravou o áudio.

Urias revelou que, apesar de considerar Lula “um sequestrado político” e Moro um “traidor da pátria”, não “deseja o mal de ninguém”. Ele afirmou que fez a sugestão do sequestro e da guerrilha no calor do momento [prisão de Lula]. Confira um trecho da entrevista:

“Eu quero dizer que eu falei em um momento de ódio, no momento de calor de discussão por que eu não me conformei em ver aquele agente falar para jogar o Lula do avião, que era um lixo. Aquilo me partiu no meio. Me deixou indignado, revoltado…”.

O militante ainda ressaltou que essa é a opinião dele e não tem relação nenhuma com partidos políticos. Ainda segundo Urias, ele estaria afastado da política. Confira:

“É importante frisar que essa é a minha opinião e que não tem nada a ver com partidos. Tem gente usando o nome do PCdoB, mas no momento estou afastado do partido e da política”.

Sendo assim, a história de que o deputado federal Zeca Dirceu teria gravado um áudio em que sugeria o início de uma guerrilha e o sequestro do juiz Sérgio Moro, visando a soltura do ex-presidente Lula, é falsa. A voz e o modo de falar de Zeca Dirceu não tem nada a ver com a pessoa do áudio. Não repasse o áudio como sendo dele! Até a próxima!

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitoras do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)