Vazou a lista das delações da Odebrecht homologadas 30/01 #boato

Boato – STF divulgou a lista das pessoas citadas nas delações da Odebrecht homologadas no dia 30 de janeiro de 2017.

Uma das grandes angústias de muitas pessoas que acompanham as investigações da Operação Lava Jato foi resolvida (ou não) no dia 30 de janeiro de 2017. Após o pedido de urgência por parte da Procuradoria-Geral da República, a Cármen Lúcia, presidente do STF, homologou as delações de 77 executivos da empreiteira Odebrecht.

Vazou lista da delação da Odebrecht do dia 30/10, diz boato
Vazou lista da delação da Odebrecht do dia 30/10, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Junto com a homologação, Cármen Lúcia também decretou sigilo no conteúdo dos depoimentos dados pelos executivos. Porém, uma imagem que circula na internet tem apontado que o sigilo das delações não durou muito tempo. Seria uma lista do Supremo Tribunal Federal com os nomes de todos os citados na delação premiada. Leia o conteúdo:

Lista das Delações Homologadas pelo STF! Vejam os Citados!

Supremo Tribunal Federal – 30/01/2017 – Gabinete da Presidência

Pessoas citadas nas delações homologadas

(mais de 100 nomes de pessoas)

Lista de nomes do dia 30 de janeiro vazou na internet, diz boato
Lista de nomes do dia 30 de janeiro vazou na internet, diz boato

Lista das pessoas citadas nas delações homologadas no STF vazou?

Alguns detalhes na lista fizeram ela fazer sucesso entre pessoas simpáticas a Lula e ao PT. Uma delas é a ausência do nome dele e de Dilma. Outra coisa é a inclusão dos nomes de “João Dórea” (João Dória), Irineu Marinho, Reinaldo Azevedo, Soninha Francine e o outros nomes que “não morrem de amor ao partido”. Mas será mesmo que ela é real? A resposta é não. Vamos aos fatos.

O primeiro ponto que denuncia a farsa está na própria lista. Ela mostra diversos erros. Numa primeira olhada, vimos que nomes estão repetidos (como o Romero Jucá e Heráclito Fortes, citados duas vezes). Outra coisa estranha é a inclusão de nomes de jornalistas e membros da Igreja (como Edir Macedo, Silas Malafaia) e de jornalistas (Datena e os citados anteriormente).

Fora isso, ela tem erros de padrões. O nome de Jarbas Vasconcellos Filho aparece em duas linhas enquanto todos os outros aparecem em uma. Uns são tratados por apelidos (gato angorá, munn-rá) enquanto a maioria dos citados é tratado pelo nome. Além disso, nomes de pessoas já citadas em outras delações (como de Lula) não aparecem nessa. E só para terminar, há erros de grafia como no “João Dórea”. Tudo muito mal feito para ser do STF.

Para além disso, essa matéria do BuzzFeed aponta que a assessoria do STF negou que o documento seja verdadeiro: “O STF não tem e nunca teve qualquer lista com nomes mencionados em qualquer tipo de processo”. Ao Boatos.org, a assessoria do MPF apontou que “a lista ainda está sob sigilo”. Vale apontar que, os nomes já seriam amplamente divulgados na mídia se a lista fosse verdadeira. Coisa que não aconteceu.

Resumindo: haverá o momento em que os nomes citados nas delações da Odebrecht virão a público. Mas o momento não é esse e, com certeza, a lista que vazou de nomes citados pela empreiteira é mais falsa do que nota de três reais.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de Laene Mendes, Sérgio Saraiva e diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tem ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Um comentário em “Vazou a lista das delações da Odebrecht homologadas 30/01 #boato

  • 31/01/2017 em 19:20
    Permalink

    Uma montagem muito mal feita, colocaram o nome de Romero Jucá 2x? Cadê os nomes de Lula e Dilma que esses sim foram citados antes da homologação?

    kkkkkkk ridiculo!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)