Mentira: deputado propõe cota de evangélicos em concursos públicos

Rogério Medina teria criado projeto de lei que beneficia evangélicos, diz boato
Rogério Medina teria criado projeto de lei que beneficia evangélicos, diz boato

Boato – O deputado estadual do Espírito Santo Rogério Medina (PMDB) propôs a criação de cotas para evangélicos entrar em concursos públicos.

Religião e política são dois temas que sempre gera muita polêmica e discussão. Tanto que a notícia publicada por blog chamado Bobagento, conhecido por espalhar notícias de cunho humorístico na internet, tem gerado bastante repercussão. O texto diz que o deputado estadual Rogério Medina (PMDB) sugeriu cotas para evangélicos em concursos públicos.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Junto à notícia, havia a foto do suposto deputado rodeado de jornalistas. A notícia se espalhou em sites, blogs e até mesmo em fóruns de discusão na internet. Leia a notícia:

O deputado estadual capixaba Rogério Medina (PMDB) sugeriu a reserva de 10% das vagas em concursos públicos no Espírito Santo para evangélicos. A proposta foi feita na sessão solene em homenagem ao Dia do Evangélico, realizada na Assembleia Legislativa na última quarta-feira.

O autor do projeto alega que os evangélicos são vítimas de preconceito nos departamentos de recursos humanos das empresas privadas. Chegou a afirmar em discurso que “por sermos tementes a lei de Deus e não nos envolvermos em maracutaias os gestores sempre optam por católicos e até mesmo umbandistas na hora de contratar alguém”. 

O projeto segue agora para a comissão de constituição e justiça e se for aprovado vai ser votado em novembro. Caso se torne lei os concurseiros deverão apresentar certidão de batismo e declaração assinada pelo pastor atestando a atuação religiosa do candidato. A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil se manifestou dizendo que o projeto “é vergonhoso, preconceituoso e fruto do oportunismo barato de pastores neopentecostais”.

Como é de se imaginar, o texto é falso. A primeira suspeita é quando o autor afirma que a proposta teria acontecido no Dia do Evangélico, em uma quarta-feira. Acontece que a data é comemorada sempre no dia 30 de novembro e em 2013 aconteceu em um sábado.  Neste ponto, é perceptível a contradição do autor.

E quem seria Rogério Medina? Ao pesquisar na internet não aparece nada sobre o suposto deputado, apenas notícias iguais a do blog sendo compartilhadas. No site da Assembleia Legislativa do Espírito Santo possui uma lista com o nome de todos os deputados e não consta o nome de Rogério Medina.

A notícia trazia a informação que o deputado é do PMDB. Mas no site institucional do PMDB de Espírito Santo possui uma lista com os nomes, telefones e emails de todos os deputados estaduais, federais e senadores, porém não consta o nome de Rogério Medina.

Ao colocar o nome ‘’Rogério Medina’’ no Google imagens a informação que aparece é ‘’A pesquisa não corresponde aos resultados de notícias’’, ou seja, Rogério Medina é fictício. O senhor que aparece na foto é na verdade o vereador no Canadá na cidade de Doug Ford Jr. Conclusão: a notícia é falsa. Mais um trolagem de um site de humor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)