Lorota: pracinha da FEB se recusa a receber medalha de Dilma

Boato – Veterano de guerra não aceita receber medalha da presidente Dilma e afirma que não recebe homenagens de terroristas.

Sabemos que a situação do país não é das melhores, que o descontentamento com o governo se espalha e que as pessoas estão meio ‘tensas’ com tudo isso. Em tempos de Operação Lava Jato, inflação e desemprego, as pessoas acabam mais sensíveis a acreditar no que aparece na internet e acabam acreditando em praticamente tudo que envolva o Executivo.

Revoltado, veterano de guerra se nega a receber medalha da presidente Dilma
Revoltado, veterano de guerra se nega a receber medalha da presidente Dilma

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99432-5485 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Pois bem, apesar dos pesares e do mau tempo que paira sobre nós, não acreditem em tudo que concerne ao Palácio do Planalto. Não acreditem na camareira agredida pela presidente, no confisco da poupança, ou no pracinha revoltado que se negou a receber uma medalha da presidente Dilma.

Essa é nossa balela de hoje. A história de que um ex-soldado da FEB (Força Expedicionária Brasileira) atuante na Segunda Guerra Mundial negou-se a receber uma medalha da presidente e acusou de ser terrorista. Confira:

‘O GLOBO

PRACINHA DA FEB RECUSA-SE A RECEBER MEDALHA DE DILMA

O ex-combatente da Força Expedicionário Brasileira, Major Antenor Silveira Guedes, de 93 anos, foi convidado pelo governo brasileiro a participar de um evento em homenagem aos soldados que estiveram na Europa na Segunda Guerra Mundial.

[…]

Major Antenor recebeu muitas honras militares ao longo da vida, muito merecidas. É um homem de muitas estórias, e de muita coragem.

“Lutei pela liberdade do meu país e do mundo. Hoje penso: será que foi em vão? Lutei pro Brasil virar esta grande merda? Um país infectado pelo lulo-comunismo? Valeu a pena?” diz o major.

“Fui convidado a receber uma medalha da presidente Dilma em comemoração aos 70 anos do fim da guerra. É claro que não vou. Não gosto de bandidos. O PT é isso, um partido de vagabundos. O Lula é o chefe do mensalão. A Dilma foi terrorista e metralhava as pessoas”.

[…]’

Junto com a foto de um senhor devidamente uniformizado e com várias condecorações no peito, essa história se espalhou feito pipoca em quermesse de igreja. Para pouparmos tempo, é mentira. Totalmente mentira.

Nenhum Major Antenor Silveira Guedes foi procurado para receber uma medalha da presidente Dilma. Tampouco ele é o homem da foto que se espalhou. O soldado da imagem é Claude Choules, um britânico nacionalizado australiano que morreu em 2011.

Logo, um oficial que não tem nenhuma relação com o Exército Brasileiro. Para melhor esclarecer, de fato a presidente Dilma fez uma homenagem a pracinhas da FEB em comemoração ao aniversário de 70 anos de término da Segunda Guerra Mundial.

Dilma entregou quatro medalhas de Ordem ao Mérito, mas nenhuma para o nome inventado no boato. No O Globo, em uma notícia sobre ao assunto (e que não tem nada a ver com a balela acima) há os nomes dos homenageados no Palácio do Planalto.

Então, fim da história. E só para constar, longe de qualquer partidarismo, mentir é muito feio, seja para qual lado for.

2 comentários em “Lorota: pracinha da FEB se recusa a receber medalha de Dilma

  • 18/05/2015 em 23:09
    Permalink

    Pracinha da CEB? CEB????? Corrija aí vai…

    Resposta
  • 12/05/2015 em 20:06
    Permalink

    É, nós estamos sendo enganados novamente. Agora por notícias falsas e antes era pelo Presidente Lula, que dizia nunca saber de nada. Será que ele não sabia das quadrilhas implantadas no seu governo? que seu filho estava sendo “usado” e se tornado um dos homens mais ricos deste país?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)