Hoax: PT comprou e violou as urnas eletrônicas nas eleições 2014

Urna eletrônica pode ser fraudada, diz boato
Urna eletrônica pode ser fraudada, diz boato

Boato – O jornalista Gunther Schweitzer revelou o escândalo de corrupção que mudou os rumos da eleição no Brasil.

Para fechar com “chave de ouro” o ciclo da boataria nas eleições de 2014 no Brasil não poderia faltar essa história. Logo após a revelação dos resultados das eleições, começou a circular na internet um texto que apontava que o PT teria armado todo os resultados do pleito por meio de corrupção. Ou seja, o PT comprou e violou as urnas eletrônicas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

De acordo com o texto, Marina Silva já sabia da história, Wall Street Journal of Americas e a VEJA vão revelar a história de que Lula, Dilma e outros membros do governo se reuniram com Dias Toffoli e Ronald Rhovald para comprar as eleições. Helmans Aleatorius também participou do esquema. Por fim, o texto tem a assinatura de Gunther Schweitzer. Leia (mas leia mesmo):

ELEIÇÕES 2014 – DIVULGADO O ESCÂNDALO QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA!

O PSDB PEDE AO TSE, AUDITORIA DAS URNAS ELETRÔNICAS !

Talvez, isso explique a razão de Marina Silva ter declarado a seguinte frase:‘”Se as pessoas soubessem o que aconteceu nas Eleiçoes de 2014, ficariam enojadas!”. Todos os anti-nazistas ficaram chocados e tristes por assistir a maneira como o Aécio perdeu as Eleições. Não deveriam.

O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e a VEJA e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos.

Fato comprovado:

O PT COMPROU e VIOLOU as URNAS ELETRÔNICAS. Alguns ministros, Deputados do PT e a Presidenta Dilma foram avisados, às 08:00 do dia 04 de setembro(1 mês antes das eleições), em uma reunião de emergência envolvendo o Sr. José Inácio Lula da Silva (na única vez que o ex-Presidente compareceu a uma reunião no TSE), a Presidenta Dilma, o Ministro José Dias Tofolli, o Sr. José Maduro Presidente da Venezuela, O Sr Gilberto Carvalho, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da OAS. Membros do staff da Presidenta e os e ministros permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel.

A princípio muito contrariado, o Ministro Tofolli se recusou a violar as urnas eletrônicas por um grande valor em dinheiro. A aceitação veio através do pagamento total de US$7.000.000,00 mais um bônus de US$4000.000,00 para todos os integrantes da alta corte do TSE , num total de US$ 35.000.000,00 trinta e cinco milhões de dólares) através da empresa OAS.

Além disso, cada um dos sete Ministros aceitaram um depósito mensal numa off shore nas Maldívias pelos próximos 4 anos nas mesmas bases de prêmios que os membros da cúpula de elite da empresa, como Paulo Lindolfo, José Beirão, Lúcio Hippolito e Helmans Aleatorius.

Mesmo assim, o Ministro Luiz Fux se recusou, o que obrigou Lula a afastá-lo e colocar o Ministro substituto Teori Zavascky em seu lugar, dizendo que Fux estava com problemas simples nas costas (em primeira notícia divulgada às 15:30 no centro de imprensa).

A sua situação só foi resolvida após o representante da OAS ameaçar denunciar propina paga anos antes para o Ministro, no valor de US$ 30.000 e ainda lhe garantir um depósito vitalício , no valor de US$90.000.,00 (noventa mil dólares) ao longo da sua carreira.

Assim, combinou-se que o Aécio seria derrotado durante a apuração das urnas do Nordeste, porém a apatia que se abateu sobre a militância psdbista ante os resultados das pesquisas do IBOPE (também compradas) fez com que Aécio perdesse também em Mias Gerais e em Pernambuco, sem que absolutamente nenhuma violação àquelas urnas fossem feitas.

O Sr. Fidel Castro, presidente de Cuba, aplaudiu a colaboração dos Ministros brasileiros, uma vez que a vitória de Dilma trouxe equilíbrio à América do Sul num momento de crise jamais registrada naquela região, com crescente xenofobia e o reaparecimento do neoliberalismo.

Garantiu, também, a Lula, através de seu filho, Lulinha, que o seu pai teria seu caminho facilitado para ser Presidente em 2018. Passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda a política! Desde, já agradeço, Um abraço.

Gunther Schweitzer

Central Globo de Jornalismo*

Muito bom. Admito que, ao ler o original, o editor desta humilde página deu muitas risadas. O enredo é digno de filme hollywoodiano, com conspirações à rodo. Mas é claro que toda a informação é só balela.

Apesar de o texto ter sido replicado incansavelmente por pessoas que estavam descontentes com os resultados das eleições, a história é só uma adaptação de outros “filmes” que já vimos no Boatos.org. A história de que a Espanha teria entregue os resultados da Copa das Confederações e a de que o Brasil entregou a Copa de 2014 para Alemanha.

Como já dizemos aqui no Boatos.org, a história surgiu após a derrota do Brasil para a França na Copa de 1998. O tal jornalista Gunther Schweitzer não existe. Ou melhor, o Gunther existe, mas não é jornalista. É apenas um desses caras que encaminhou um e-mail e colocou a assinatura corporativa no final. À época da história da Copa do Mundo de 2014, a ESPN falou com Gunther, que é professor de educação física.

Outros nomes como Ronald Rhovald (que foi uma adaptação de Ronaldo Rivaldo) também voltam a aparecer na trama das eleições. Agora, há outros nomes inclusos na história como os dos executivos Paulo Lindolfo, José Beirão, Lúcio Hippolito e do grande Helmans Aleatorius.

Ficou bem claro que a história é falsa. É apenas mais uma trolagem que apareceu na web e foi compartilhada. Quanto à possibilidade das urnas realmente terem sido fraudadas, falamos sobre isso no texto que fala da segurança das urnas eletrônicas e da que o PT é acusado de usar software livre para fraudar as eleições.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

19 comentários em “Hoax: PT comprou e violou as urnas eletrônicas nas eleições 2014

  • 25/07/2017 em 17:43
    Permalink

    Os 54 milhões de votos justificados para Dilma , realmente é uma façanha e tanto , ainda mais se tratando de uma quase desconhecida . A urna pode ser eficiente não tenha dúvida , agora ,a idoniedade dos partidos políticos aqui no Brasil é zero . Diante disso não dá para duvidar em fraudes , até porque ser eficiente não significa que é segura .

    Resposta
  • 27/11/2016 em 12:26
    Permalink

    Não seria Luiz Inácio Lula da Silva????

    Resposta
    • 27/05/2017 em 22:13
      Permalink

      A mentira é tão absurda que até o nome do ex-presidente foi trocado. Coisa de psicopatas da Internet. O atraso espiritual é de quem compartilha mentiras desse naipe.

      Resposta
  • 24/08/2016 em 13:58
    Permalink

    Pessoal, acorda. Depois do que estamos vendo, o que esta quadrilha dos vermelhos, analfabetos e comedores de salame fizeram com o país, vc ainda duvida. Bobinho, fique esperto. Vc acha que as maiores democracias do mundo, não a usariam se fossem seguras. Vai ver que vcs se acham muito inteligentes e espertos. Uma sistema destes, só vinga em um país subdesenvolvido onde um analfabeto e uma sequestradora ladra de banco se elege presidente. ACORDA BOBINHOS, A boquinha acabou. Tchau querida………

    Resposta
    • 27/05/2017 em 22:21
      Permalink

      Então a eleição do Dória em São Paulo também foi fraudada.
      Lula Foi o “analfabeto” que deixou o poder com 87% de aprovação. Não foi o PT nem Lula quem inventou a urna eletrônica. A verdade está ali na superfície nem precisa mergulhar para apanhá-la mas, apesar do desmentido que merece toda a credibilidade, indivíduos não se convencem. Arre!

      Resposta
  • 27/03/2016 em 17:36
    Permalink

    Minha opinião é que se trata de mais uma estratégia de gerrilha eletrônica de autoria dos próprios petistas para desviar a atenção e desacreditar qualquer investigação séria que esteja em curso. Não acredito que houve fraude nas urnas, mas sim o uso indevido da máquina pública (pedaladas fiscais para maquiar os números, programas sociais em troca de votos etc.).

    Resposta
  • 22/03/2016 em 14:54
    Permalink

    Pra ser sincero, acho que a acusação de fraude tem bastante bastante lógica! Muita lógica! Técnicos já provaram que uma urna, como essas adotadas em nossas eleições 2014, é passível, sim, de manipulação. Apenas, desconheço se alguém já provou que houve manipulação! Depois do que o Juiz Sérgio Moro apurou, de forma comprovada, e do que vimos e ouvimos por meio das escutas telefônicas, PASSO A CONSIDERAR ESSE TEXTO da compra dos Juízes do STE como bastante viável! Não vejo tanta clareza assim quanto a essa história ser falsa! O que eu não entendi mesmo é o por quê o Aécio Neves (PSDB) não deu continuidade ao processo de revisão das eleições ou recontagem dos votos? Interessante isso, não?

    Resposta
  • 21/03/2016 em 11:13
    Permalink

    Alguém tem alguma dúvida que essa famigerada urna eletrônica é uma fraude?

    A urna eletrônica é simplesmente um programa em que pode ser manuseado da forma que desejarem. Na época das eleições feitas com papel, existiam a figura do “fiscal”, e hoje, quem fiscaliza?

    Ah, quem fiscaliza é o mesmo quem programou as urnas, o STE? — Tá de brincadeira, deram as ovelhas para os lobos cuidarem. Só trouxas para confiar nessa urna e nesses corruptos…

    Resposta
  • 21/03/2016 em 03:59
    Permalink

    Como acreditar em uma noticia que erra o nome do presidente da Venezuela.

    Resposta
    • 22/03/2016 em 09:31
      Permalink

      E do presidente do Brasil… José Inácio Lula da Silva kkkkkkkkkkkkkkkk

      Resposta
  • 20/03/2016 em 16:32
    Permalink

    Essas urnas são uma vergonha, qualquer pessoa com um mínimo de noção tem acesso a elas. A notícia pode até ser falsa, mas a possibilidade de ter sido fraude é ENORME!!!!!!

    Resposta
  • 20/03/2016 em 01:01
    Permalink

    A imprensa tem que divulgar principalmente a Veja.

    Resposta
  • 18/03/2016 em 21:07
    Permalink

    As urnas vão imprimir confirmações de voto a partir de 2016, para que em caso de dúvidas, possa haver uma re-contagem manual.
    Esse projeto foi amplamente apoiado pela base do PT, mas a turminha da calúnia não cansa de espalhar o mesmo rumor imbecíl de que as urnas foram compradas.
    Sério, melhorem. Melhorem MUITO!

    Resposta
    • 19/03/2016 em 21:10
      Permalink

      Daniel, talvez a história contada seja apenas uma “estória”, porém, se verificar ou conhecer um pouquinho de computação, saberá que a urna eletrônica é fácil de ser violada. Muito fácil mesmo, comprovado por várias universidades e estudiosos, estranhamente, desmentido pelo nosso governo. Se são tão transparentes assim, porque não informa que a urna não é 100% segura. Segundo, não preciso explicar mais nada: com falcatrua ou sem falcatrua, nosso país está quebrado, em crise e o povo está sofrendo para viver. E, me diga uma coisa: quando esse governo, que está mais de uma década no comando, venceu as primeiras eleições, disseram que o governo FHC tinha quebrado o país e coisa e tal. E agora, que o país está novamente quebrado, a culpa é de crise mundial? Vamos analisar economicamente e politicamente, sem politicagens ou partidarismos.

      Resposta
    • 27/05/2017 em 22:26
      Permalink

      Concordo com você. Tem gente que ainda cai nessas esparelas. Só pode ser o ódio que nutrem contra o PT.

      Resposta
  • 10/11/2015 em 07:12
    Permalink

    Isto é boato, onde estão as provas. Vamos usar bem o nosso direito de veicular noticias fidedignas, se não………

    Quando denunciar apresente as provas, se não perde a credibilidade……………

    Resposta
  • 09/02/2015 em 21:20
    Permalink

    E vai ficar por isto mesmo? Se for verdade, tem que haver uma reação. Eu sempre desconfiei, como muitos brasileiros, mas não vi autoridade reagir

    Resposta
  • 04/11/2014 em 00:06
    Permalink

    a turma da computação da UnB, em 2012, desmoralizou nossas urnas eletrônicas em CINCO MINUTOS DE TESTE.
    Decofificaram quem votou em quem, hora e ordem de votação.
    Repito, EM CINCO MINUTOS
    Não são urnas, são caixas de sapato

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)