Ferrari FF de Beto Richa chegou ao aeroporto de Curitiba #boato

Boato – A primeira Ferrari FF chegou ao Brasil. Ela pertence ao governador do Paraná Beto Richa e custa R$ 4 milhões.

Todos os casos de corrupção revelados nos últimos tempos têm feito a confiança da população perante os políticos cair cada vez mais. E no meio do “salve-se quem puder”, um lado ataca outro na internet. O último “alvo” é o governador do Paraná, Beto Richa (que, por sinal, está na lista da Lava Jato).

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Circulam na internet (principalmente Facebook e WhatsApp) imagens de um Ferrari chegando a um aeroporto. As imagens do carro estão acompanhadas da informação que se trata do modelo FF, é único do Brasil, custa R$ 4 milhões e o dono é o governador do Paraná, Beto Richa. Leia:

Esta ferrari chegou hoje no aeroporto de Curitiba. Custou 4 milhões e so o frete custou R$ 73.000,00. A fila de espera para adquirir um carro destes é de no minimo dois anos. Sabem quem adquiriu? Seria surpresa se eu disesse que foi um politico…governador…do Paraná. Sim, Beto Richa.

Fabricante: FERRARI!! Valor: R$ 4 milhões! Frete: R$ 73.000,00! Fila de espera: 2 anos! Proprietário: BETO RICHA. Governador do Paraná!! Ps: Citado na Lava Jato!!

Ferrari FF de Beto Richa chegou ao aeroporto de Curitiba?

É claro que um monte de gente não muito simpática ao governador do Paraná compartilhou a história. Mas será mesmo que a tal Ferrari FF pertence a Beto Richa? A resposta é não. Na realidade, o texto que circula online é um festival de informações falsas (vamos deixar a do dono do veículo para o final). Vamos aos fatos.

Buscamos pela fonte das imagens e descobrimos que as imagens foram compartilhadas por uma importadora de carros de São Paulo. E aí caem as primeiras informações do texto.

Primeiro, o carro não é do modelo FF. De acordo com a empresa responsável pela importação, trata-se de um modelo GTC4Lusso. Por sinal, já existem alguns modelos da FF no Brasil. Ou seja, não é nem “Ferrari FF” tampouco a “primeira Ferrari FF”. O carro já é vendido no país desde 2011.

Agora, uma questão técnica: não existe “aeroporto de Curitiba”. Quem já morou no Paraná, sabe que chamar o aeroporto de São José dos Pinhais de aeroporto de Curitiba é tão errado como chamar o aeroporto de Guarulhos de aeroporto de São Paulo. Mas para quem errou até o modelo do carro, esse erro é menor.

Agora, a informação do dono. Antes da Ferrari ser de “Beto Richa”, circulou a informação que o dono era de alguém de Balneário Camboriú. Ou seja, não sabemos de onde brotou a informação de que o governador do Paraná era o dono. Tentamos entrar em contato com a importadora do veículo e não obtivemos a informação do real dono (a empresa alegou sigilo). (atualizado em 04/06: insistimos na pergunta e a empresa responsável pela importação do carro respondeu que o “veículo não pertence ao Sr. Richa). O jornal Gazeta do Povo também conseguiu a negativa de Beto Richa. Leia:

“Infelizmente não é minha”. A frase é do governador Beto Richa ao ser questionado hoje por um amigo sobre a Ferrari que chegou no Aeroporto Afonso Pena. A foto do bólido com placas do Paraguai sendo desembarcado de um cargueiro logo se espalhou nas redes sociais como sendo uma encomenda de Beto Richa.

Recapitulando: uma Ferrari chegou ao aeroporto Afonso Pena e teve fotos compartilhadas pela importadora. Aí pegaram a imagem, atribuíram a um dono e encheram de informações erradas (inclusive o modelo do carro). Depois, atribuíram a um político, que negou a informação (que não tem fonte). O que é o nome disso? Boato, claro.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de Marlene Moura, Carolina Dolny e de diversos leitores pelo WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

18 comentários em “Ferrari FF de Beto Richa chegou ao aeroporto de Curitiba #boato

  • 07/06/2017 em 10:16
    Permalink

    O Aeroporto DE Curitiba existe, sim. Chama-se Afonso Pena Internacional. E o Internacional DE São Paulo também existe e se chama Guarulhos – Gov. Andre Franco Montoro. Esses nomes foram retirados das cartas de aproximação (oficiais) que, infelizmente, têm de ser trocadas toda vez que algum “honrado” legislador resolve criar um projeto de lei de mudança de nome de aeroporto. Coloquei o DE assim mesmo maiúsculo para evidenciar a cidade servida (outro dado oficial). Assim, não está nada errado falar em aeroporto de Curitiba.

    Resposta
  • 06/06/2017 em 10:54
    Permalink

    A e eu recebi no whats com a informação correto do modelo.

    Resposta
  • 06/06/2017 em 01:32
    Permalink

    Dizer que Curitiba não tem aeroporto. Meu deus

    Resposta
  • 05/06/2017 em 23:46
    Permalink

    Se o Lula é dono do triplex, do sítio de Atibaia, porque é que o Beto Richa não pode ser dono desta Ferrari? muito normal, não vejo nada demais, afinal ele não está na lava jato?
    então, que mal tem, político corrupto é político corrupto e daí?
    NÓS PARANAENSES, PAULISTAS, CATARINENSES, GAÚCHOS ADORAMOS CORRUPTOS, QUEREMOS ATÉ SEPARAR DO NORDESTE PARA FICARMOS MAIS AUTÊNTICOS.
    UM PAÍS DO SUL DE CORRUPTOS, TRAFICANTES E BANDIDOS.

    Resposta
  • 05/06/2017 em 18:19
    Permalink

    É uma Ferrarri GTC4 Lusso, não uma FF.

    Resposta
  • 05/06/2017 em 12:13
    Permalink

    Quem escreveu esse boato? Cada comentário que sai depois de uma notícia errada, vocês tem acesso e como fizeram isso. Não tô aqui pra defender ninguém. A Ferrari é uma GTC4Lusso e não o modelo que colocaram na noticia, erraram primeira vez, dizer que é de uma pessoa e ser de outra, brincadeira, quero ver o conserto dessas informações.
    Olhe como cresce a noticia que já viram placa do Paraguay.
    Quero ver meu comentário sair.

    Resposta
    • 06/06/2017 em 14:20
      Permalink

      Exatamente, não é uma FF e sim uma GTC4 Lusso.. FF tem já tem no Brasil há algum tempo.

      Resposta
  • 05/06/2017 em 12:10
    Permalink

    Cada comentário que sai depois de uma notícia errada, vocês tem acesso e como fizeram isso. Não tô aqui pra defender ninguém. A Ferrari é uma GTC4Lusso e não o modelo que colocaram na noticia, erraram primeira vez, dizer que é de uma pessoa e ser de outra, brincadeira, quero ver o conserto dessas informações.
    Olhe como cresce a noticia que já viram placa do Paraguay.
    Quero ver meu comentário sair.

    Resposta
  • 05/06/2017 em 01:24
    Permalink

    Existe uma outra ferrari do Beto Richa em uma garagem de um edifício atras das lojas americanas em Cidade de Leste no Paraguai. Foi fotografada em 27 de março de 2017.

    Resposta
    • 05/06/2017 em 18:52
      Permalink

      “outra Ferrari do Beto Richa”. Leia bem a notícia, ela não diz que é dele, ninguém afirmou que é dele. Falando desse jeito, deu a entender que essa da foto é dele é e ele tem outra no Paraguai. Cadê essa foto dessa suposta Ferrari que ele tem?

      Resposta
  • 04/06/2017 em 23:35
    Permalink

    Desmentir uma notícia sem dar nome aos bois, é mentir duas vezes. Não pode haver sigilo sobre o nome do beneficiário, principalmente, se for um empresário honesto. Não tem porque esconder. Afinal, ele terá que desfilar com este carro. Ou não?

    Resposta
    • 05/06/2017 em 14:18
      Permalink

      Pode ter sigilo sim. É como comprar um quadro em leilão. Além do mais, ser bilionário não é ser desonesto. Deixe de ser pobre. Credo!

      Resposta
    • 05/06/2017 em 14:19
      Permalink

      Pode ter sigilo sim. É como comprar um quadro em leilão. Além do mais, ser bilionário não é ser desonesto. Deixe de ser pobre. Credo!

      Resposta
      • 07/06/2017 em 00:40
        Permalink

        Aí o carro é dele é? provas…

        Resposta
  • 04/06/2017 em 22:42
    Permalink

    Observem que a placa do carro é do Paraguai, portanto, seria loucura pensar que um governador do Paraná teria residência no Paraguai e importar seu carro como turista (importação temporária), pois é expressamente proibida a importação do veiculo USADO.

    Resposta
  • 04/06/2017 em 13:40
    Permalink

    É a regra geral dos políticos brasileiros, enquanto o povo está abandonado sem serviços decentes, eles desfilam como se fossem empresários bem sucedidos, com carros caros, mansões, iates, e outras luxurias que envergonhariam qualquer país que a maioria de seus politicos são pessoas decentes.

    Resposta
  • 04/06/2017 em 03:18
    Permalink

    Curitiba tem dois aeroportos. Um menor do Bacacheri fica em Curitiba e o maior, de São José dos Pinhais é sim confundido como aeroporto de Curitiba.

    Resposta
    • 06/06/2017 em 10:52
      Permalink

      Exato Cláudio.Tanto é que a sigla do aeroporto é CWB. E enquanto não aparecer o verdadeiro dono esse “boato” pode não ser boato sim…..

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)