CUT pede prisão de Lula durante manifestação em SP #boato

Boato – Durante protesto em São Paulo, sindicalista arrependido da CUT pediu a prisão de Lula e foi aplaudido.  

Passados três dias da chamada greve geral (convocada por centrais sindicais no dia 28 de abril), a internet ainda repercute alguns acontecimentos das manifestações ocorridas no dia em que diversos serviços pararam em protesto contra as reformas da Previdência e trabalhista.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Um desses conteúdos tem surpreendido muitas pessoas. Trata-se de um vídeo da manifestação no qual um sindicalista pede a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em redes sociais, a filmagem foi atribuída à Central Única dos Trabalhadores (CUT). Leia textos que circulam online e assista ao vídeo:

Demoro para a cut e os vermelhinhos descobrir que Lula é ladrão, coisa. Que quase todos já sabiam adeus Lula ladrão vagabundo e cachaceiro. acredite se quiser, a CUT, durante a greve de sexta na Avenida Paulista pediu a prisão de Lula!!!!!

Até a Cut já está pedindo a prisão do LULA, será que acordaram e perceberam que o Lula é igual aos demais ladroes corruptos? Em evento da CUT sindicalista arrependido pede a prisão de Lula e plateia apoia (veja o vídeo). Inacreditável, mas é verdade. No braço mais forte do PT, a Central Única dos Trabalhadores (CUT), Lula não obtém mais o apoio de outrora e já tem gente pedindo a sua prisão. Alguns sindicalistas da CUT já começam a reconhecer que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é um criminoso e traidor.

Num evento deste final de semana, um sindicalista conseguiu se apoderar do microfone e num rápido discurso clamar pela prisão do petista. O mais impressionante foi a adesão do público: ‘Lula ladrão, o seu lugar é na prisão’.


CUT pediu a prisão de Lula durante manifestação em SP?

Como é de se imaginar, o vídeo viralizou entre grupos de direita. Muitos elogiaram a postura. Já outros destacaram que a central quer apenas “se salvar”. Mas será mesmo verdade que houve o tal pedido de prisão durante o protesto por parte da CUT? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Antes de falar do boato em si, vale fazer uma contextualização sobre as esquerdas no Brasil. Ao contrário do que muitos pensam, não há apenas uma divisão entre direita e esquerda no cenário político. A coisa é muito mais complexa.

Não vamos falar das divisões da direita e de centro (até porque não cabe neste texto). Mas na esquerda, há diferentes alas e vamos falar de forma simples (só para você entender por cima, porque a coisa é mais complexa). Há uma “esquerda moderada” (que muitos nem acreditam ser de esquerda dada ações como, por exemplo, relação com empresariado e coligações com a direita). Nela está inserida partidos com representação no meio político como o PT, PC do B e PDT.

Há uma ala de esquerda considerada mais “pura” (ou radical) que não considera a hipótese de fazer coligações, pensa em um estado “forte” e condena muito do que foi feito nos governos Lula e Dilma. Nela está inserida o PSOL e partidos menores como o PSTU, PCB e outros.

Pois bem, o discurso foi justamente de um grupo dentro dessas alas. Descobrimos que a fala contra Lula foi do Movimento Negação da Negação. Durante as manifestações do dia 28 de abril, eles conseguiram um espaço no carro de som da CSP-Conlutas, ligada ao PSTU. Veja a postagem da fala e o vídeo completo.

FALA DO MNN NO DIA DE PARALISAÇÃO NACIONAL (28/04/2017). Companheiro do MNN fala em ato do dia de paralisação nacional da classe trabalhadora, 28/04. É preciso fazer frente única com todas as centrais sindicais para colocar a classe trabalhadora em movimento e derrotar os ataques do governo Temer, mas não se pode esquecer que a liberdade de crítica é condição sine qua non de uma verdadeira frente única. Avançar em mais paralisações nacionais! Colocar a classe trabalhadora em movimento! (O MNN agradece aos companheiros da CSP-Conlutas pelo espaço cedido no ato na Av. Paulista).

Vale apontar que a CUT, dentro deste cenário, é um movimento sindical extremamente ligado ao PT. Ou seja, é impossível (pelo menos em um cenário político atual) que a central faça críticas a Lula ou a alguém do partido que está sendo investigado. Seria o mesmo que a Força Sindical pedisse a prisão para o Paulinho da Força.

Resumindo: o vídeo é verdadeiro, mas não é a CUT que está pedindo a prisão de Lula. A fala foi de um movimento de esquerda que apoia as ações da Lava Jato e teve espaço em um carro de um movimento ligado ao PSTU.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)