Cármen Lúcia assumiu Presidência da República para o STF aprovar fim da prisão em 2ª instância #boato

Boato – Temos um “cheiro de aço no ar”. Cármen Lúcia só assumiu a Presidência da República para que o fim da prisão em 2ª instância possa ser aprovado no STF com Dias Toffoli como presidente do Supremo.

No dia 13 de abril de 2018, o Brasil teve, pela segunda vez na história, uma presidente mulher. Em cerimônia discreta no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer passou a faixa para a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia. A “passagem do bastão”, que será provisória, já serviu para fomentar uma teoria da conspiração que circula na internet.

Um texto que começou a circular no WhatsApp aponta que há um “cheiro de aço no ar” (seja lá o que for que isso signifique). De acordo com a mensagem, o fato de Cármen Lúcia ter assumido a Presidência da República foi uma estratégia dos “crápulas” para a afastarem da presidência do STF. O motivo seria apenas um: aprovar o fim da prisão em segunda instância. Leia o texto que circula online:

Cheiro de Aço no Ar? Os crápulas manobraram para afastar Carmem Lúcia da presidência do STF na próxima 6a feira, quando Temer deve viajar para a Cúpula das Américas. Com isso, Carmén assume a presidência da República provisoriamente, até que Temer retorne só no sábado da semana seguinte!

Com Carmén fora do STF, quem assume a presidência do Supremo é Dias Tofolli! Com Carmén fora da votação, contra a prisão em segunda instância, teremos um “empate” de 5 x 5. Nesse caso – empate – os condenados já presos são colocados em liberdade, como Lula e muitos outros! Por isso, Marco Aurélio adiou a votação para daqui a 5 dias, para cair na 2a feira, quando Carmén estará impedida de votar! Infelizmente, os vagabundos conseguirão transformar nosso país em algo muito pior do que já está! Compartilhem o máximo.

Cármen Lúcia assumiu Presidência para que o fim da prisão em 2ª instância seja votado no STF?

Como dito antes, o texto foi muito compartilhado. Mas será mesmo que Cármen Lúcia só assumiu a Presidência da República para abrir caminho para Dias Toffoli colocar em pauta (e aprovar) o fim da prisão em segunda instância? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

De cara, já ficamos desconfiados do texto. Ele tem todas as principais características de boatos online: é vago, alarmista, com erros de português, pedido de compartilhamento e não cita fonte (fechou o pacote completo).

Já com uma pulga atrás da orelha, resolvemos buscar mais informações sobre o assunto. Além de verificar que não há nenhum veículo de credibilidade que fale dessa “teoria da conspiração” (também não achamos ninguém que explicasse o que é “cheiro de aço no ar”), descobrimos que há um erro na mensagem que derruba toda a tese.

De acordo com o texto, Cármen Lúcia ficará como presidente da República da sexta-feira (13) até o “outro” sábado (21). A informação não procede. Essa matéria da Folha aponta que Temer deve reassumir a Presidência da República no sábado (14). Ou seja, não haverá tempo hábil para Marco Aurélio e Dias Toffoli “conspirarem e aprovarem o fim da prisão em segunda instância”, como diz o boato.

Resumindo: a história que aponta que Cármen Lúcia assumiu a Presidência da República para abrir caminho para Marco Aurélio pautar o fim da prisão em 2ª instância no STF com Dias Toffoli como presidente do Supremo é falsa. A tese cai por terra ao descobrirmos que Cármen ficará só um dia como presidente do Brasil.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitoras do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)